Vírus subnotificado; equipamentos em falta; jornada e salário reduzidos

Vírus subnotificado; equipamentos em falta; jornada e salário reduzidos. Esses são destaques da grande mídia, nesta quinta-feira, 02 de abril de 2020, na seção DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA, do Anexo 6.🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Destaques do dia:

“Estados e municípios relatam subnotificação de coronavírus. Médicos apontam falta de testes e inexistência de portaria do ministério para padronizar registros.” Manchete de capa da Folha.“Mandetta: com equipamentos em falta, é preciso reforçar isolamento. Compras em massa dos EUA prejudicaram aquisições do Brasil na China.” Manchete de capa do O Globo.“Governo libera redução de jornada de trabalho e salário. Para evitar demissões, programa permite redução salarial de até 70%.” Manchete de capa do Estadão.“Governo adia impostos e entrega da declaração do IR. Cobrada pela demora em efetivar medidas, equipe econômica anuncia novo pacote de ações para dar mais fôlego de caixa às empresas e tentar garantir empregos. ” Manchete de capa do Valor Econômico.📃 Editoriais do dia:“Procura-se estadista. Em meio à crise da geração, Bolsonaro do discurso ponderado foi exceção fugaz.” Editorial da Folha.“Vírus autoritário. Hungria é caso extremo, não único, de país que solapou democracia por pandemia.” Editorial da Folha.“Bolsonaro encontrou na terça o melhor tom. Pronunciamento foi bem-vindo por indicar a necessária união diante de uma crise histórica.” Editorial do O Globo.“Compra de testes por prefeituras é boa saída para ampliar diagnóstico. Em São Paulo, cidades do ABC vão adquirir um milhão de kits. No Rio, Niterói planeja testagem em massa.” Editorial do O Globo.“Socorro à economia tem de ser mais pronto. Falta converter em realidade as medidas, muito bonitas no papel, adotadas pelo Banco Central para facilitar empréstimos.” Editorial do Estadão.“O mesmo de sempre. Para levar a metamorfose de Bolsonaro a sério, é preciso muita boa vontade – ou ingenuidade.” Editorial do Estadão.“São Paulo vai à luta. O vírus será feroz com SP, mas o Estado pode liderar o País na superação da crise.”. Editorial do Estadão.Saldo comercial recua ao ritmo da retração global. Os principais mercados para o Brasil, com exceção da China, terão recessão, com pico no segundo trimestre”. Editorial do Valor Econômico.

📈 Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 01, em queda de -2,81%, a 70.967 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,27%, a R$5,26.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


0 0 vote
Article Rating
Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments