Mundo celebra Dia Mundial contra Violência a Idosos

As estatísticas de violência sobre violência a idosos no Brasil vêm aumentando, não apenas pelo maior número de pessoas nesse segmento da população, como também pelo aumento das denúncias, que foram facilitadas com um canal próprio, o Disque 100.

Para ajudar no combate a esse tipo de crime, a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado no dia 15 de junho. Em 2020, o tema da violência a idosos ganha ainda mais relevância diante do aumento de agressões domésticas durante a pandemia de covid-19.

Ampliação

A agência, ligada à Organização das Nações Unidas, pretende ampliar em 1 bilhão o número de pessoas com acesso a saúde no mundo. Entre as metas, há as que impactam diretamente na vida da população idosa. Principalmente, o controle de doenças crônicas não transmissíveis, o impacto de pandemias e cuidados na atenção primária, entre outros.

A população idosa (acima de 60 anos) deve dobrar no Brasil até o ano de 2042, na comparação com os números de 2017. Os dados são de projeções do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em 2031, o número de idosos (43,2 milhões) vai superar pela primeira vez o número de crianças e adolescentes, de 0 a 14 anos (42,3 milhões). Antes de 2050, os idosos já serão um grupo maior do que a parcela da população com idade entre 40 e 59 anos.

O IBGE ainda calcula que a população brasileira deve continuar crescendo até 2047 (233,2 milhões). A partir de então, o número de habitantes começa a cair lentamente, chegando a 228,2 milhões em 2060.

O artigo 46 no Estatuto do Idoso dispõe que “a política de atendimento ao idoso far-se-á por meio do conjunto de ações governamentais e não governamentais da União, Estados e municípios”. Mesmo com a conquista do Estatuto do Idoso, ainda são poucas as instituições que o defendem e o colocam em prática.

Menos crianças

Enquanto o número de idosos aumentará, o de crianças de 0 a 9 anos deve cair nas próximas décadas. Hoje, essa faixa etária representa 14% da população (29,3 milhões). Em 2038, crianças até 9 anos serão 11,1% do total de brasileiros, ou 25,8 milhões.

 

 

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments