As incertezas na Venezuela: resumo da situação

A Venezuela vive momentos de incerteza depois dos protestos dessa terça-feira, 30. Liderados pelo autoproclamado presidente do país, Juan Guaidó, as manifestações atraíram militares de baixa patente. Contudo, os generais seguem apoiando o governo de Nicolás Maduro. Os militares que participaram do movimento ao lado de Guaidó e da oposição já pediram asilo ao Brasil. O líder oposicionista Leopoldo López deixou sua prisão domiciliar e também solicitou asilo, inicialmente, na Embaixada do Chile, e, na sequência, na representação diplomática da Espanha. Guaidó manteve apelo ao povo venezuelano para novas manifestações nesta quarta-feira, 01, Dia do Trabalho. Maduro também convocou seus apoiadores para manifestações, hoje. Analistas consideram que o movimento oposicionista liderado por Guaidó, ontem, tenha sido precipitado. Na verdade, as manifestações estariam marcadas para hoje.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments