TSE recomenda: cheque a notícia antes de repassar

“Checar antes de repassar. A tendência é: compartilhar conteúdos que têm a ver com as suas convicções. É por isso que a desinformação muitas vezes circula entre pessoas que não conferem a veracidade das mensagens que encaminham. Para promover a verdade, esse cuidado é fundamental!”.

Esse é o 12º texto da série #DemocraciaEmPílulas, que publica durante todos os dias deste mês de junho mensagens curtas nas redes sociais para reforçar a importância do combate à desinformação no processo eleitoral.

A iniciativa integra uma parceria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o Tribunal Regional da Bahia (TRE-BA) e tem o objetivo de conscientizar cidadãs e cidadãos sobre a relevância do combate às fake news, uma missão de todos.

Toda notícia traz algumas informações, como data de publicação, quem escreveu, imagens e legendas e o endereço do veículo em que foi publicada. Antes de passar uma notícia adiante, busque por essas informações. E caso você não consiga identificar alguma, preste atenção.

O melhor caminho antes de repassar uma notícia é sempre buscar por outras fontes. Dificilmente, apenas um veículo de comunicação divulga um fato. Fazer essa busca é fácil. Basta digitar o título da notícia ou palavras-chaves que tenham a ver com o assunto no Google e pesquisar. Na dúvida, não compartilhe.

Siga os perfis do TSE nas redes sociais e fique por dentro: InstagramFacebookTwitterFlickrYouTube e TikTok. Para mais informações sobre voto seguro, estatísticas eleitorais e serviços úteis ao eleitor, converse com o chatbot do Tribunal no WhatsApp.

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments