Sinopse: pedido de demissão de Joaquim Levy domina manchetes da hora

📰 Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 218 – A 198 dias do fim do ano de 2019, hoje é domingo, 16 de junho de 2019, 167º dia do ano.

🖋Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

“Joaquim Levy pede demissão do BNDES após críticas de Bolsonaro. Presidente disse estar ‘por aqui’ com o chefe do banco, que estaria ‘com a cabeça a prêmio’” Manchete da hora do O Globo online.

“Joaquim Levy se demite da presidência do BNDES após críticas de Bolsonaro”. Manchete da hora do Estadão online.

“Joaquim Levy pede demissão da presidência do BNDES. Saída é mais uma crise do governo; ontem, Bolsonaro disse que economista estava ‘com a cabeça prêmio’”. Manchete da hora da Folha online.

“Governo sofre mais de um ataque digital por hora. Computadores de órgãos do Executivo tiveram 9,9 mil incidentes em 2018”. Manchete de capa do O Globo impresso.

“Petrobrás faz maior descoberta de gás desde o pré-sal. De seis novos campos de Sergipe devem ser extraídos 20 milhões de metros cúbicos por dia, o equivalente a um terço da produção do País”. Manchete de capa do Estadão impresso.

“Seis carreiras levam R$1,7 bi em bônus e honorários em 2018. Servidores do executivo federal, incluindo aposentados, incrementam remuneração em até 30% com penduricalho”. Manchete de capa da Folha impressa.

📃 Editoriais do dia:

“Nova Previdência. Modificação se mostra satisfatória; doravante cumpre restringir concessões e incluir estados e cidades”. Editorial da Folha.

“Conflito inglório. A investida de Ricardo Salles contra Fundo Amazônia faz parecer que a motivação tem origem dogmática”. Editorial da Folha.

“A longa história do desmonte da economia. Num cenário em que uma crise alimenta a outra, reforma da Previdência é essencial para recuperar a confiança”. Editorial do O Globo.

“Política em tempo real. Há sinais sombrios de que, justamente no momento em que o País mais precisa da política, ela está dando lugar à pura e simples algaravia”. Editorial do Estadão.

“Justiça criminal e prescrição. Nº de ações que não foram julgadas por causa da lentidão no sistema é mais baixa do que se pensava”. Editorial do Estadão.

“Socorrer quem nos socorre. O socorro às Santas Casas é mais do que um gesto de caridade, é obrigação do Estado”. Editorial do Estadão.

📃 Outros destaques de capa:

“Bolsonaro diz que Levy está ‘com a cabeça a prêmio’ no BNDES. O presidente Bolsonaro ameaçou demitir o presidente do BNDES, Joaquim Levy, caso ele não desista da nomeação de um diretor que trabalhou na gestão petista. “Já estou por aqui com o Levy”, afirmou. O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que entende a “angústia do presidente”.” Na capa do O Globo.

“Bolsonaro diz que Levy está com ‘cabeça a prêmio’. Jair Bolsonaro afirmou que o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, está com a “cabeça a prêmio”. Bolsonaro ameaçou demiti-lo caso não exonere Marcos Pinto do cargo de diretor de mercado de capitais do banco. Após as declarações, o diretor entregou carta de renúncia.” Na capa do Estadão.

“Levy está com ‘cabeça a prêmio’ no BNDES, ameaça Bolsonaro. O presidente Jair Bolsonaro disse estar “por aqui” com o economista Joaquim Levy, em razão de eventual nomeação no BNDES. Sobre o ministro Sergio Moro (Justiça), Bolsonaro disse inexistir confiança 1OO%.” Na capa da Folha.

“Malan: ‘Previdência é o desafio mais urgente, mas não é panaceia’. Em entrevista ao GLOBO, o ex-ministro da Fazenda Pedro Malan diz que reforma é condição para alcançar outros objetivos.” Na capa do O Globo.

“Governo tem 23 de 49 votos em comissão da Previdência. Levantamento da Folha mostra que ao menos 23 dos 49 integrantes da comissão especial deverão ser favoráveis à proposta, que precisa de maioria simples. Alguns, porém, querem mais mudanças no texto. Na enquete, 11 estão contra o projeto, 4 se dizem indecisos e 11 não responderam. O presidente do colegiado quer votar a favor.” Na capa da Folha.

“Investimento privado. Metade da produção de gás de Sergipe virá da Celse, empresa controlada por sócios de Noruega, EUA e Brasil. O projeto de US$ 5 bilhões inaugura a concorrência em mercado dominado pela Petrobrás.” Na capa do Estadão.

“Moro tenta fazer plebiscito da crise. Com aval do Planalto, Sérgio Moro transforma vazamento de conversas com procuradores em “plebiscito” dos que são contra e a favor da Lava Jato.” Na capa do Estadão.

“Acesso a Sergio Moro em Curitiba era para poucos. Oito defensores que atuaram em dezenas de casos da Lava Jato relatam um Sergio Moro diferente do que aparece nas mensagens de Deltan Dallagnol. Nenhum jamais teve o celular do ex-juiz.” Na capa da Folha.

“Fundo da Lava Jato corre o perigo de perda com câmbio”. Na capa da Folha.

“Ao acusar rivais, Azul mancha setor, diz presidente da Latam. Em entrevista à Folha, Jerome Cadier nega alegação de que a Latam e a Gol se uniram para acabar com a Avianca e impedir a entrada da Azul na ponte aérea Rio-SP. “Fica parecendo que o setor não é sério.” Na capa da Folha.

“Sonho de viver nos EUA passa pelo Brasil. O México quer organizar um plano de “gestão migratória” que incluirá o Brasil, rota de africanos. Na travessia de florestas, angolano Dewa Nguibebe só bebeu água durante uma semana.” Na capa do Estadão.

📃 Colunas e artigos:

“Bolsonaro não admite diversidade em seu governo”. Na coluna de Merval Pereira, no O Globo. “

“Essência do vazamento é o seu conteúdo”. Na coluna de Elio Gaspari, no O Globo.

“Era uma vez o governo de superministros”. Na coluna de Vinícius Torres Freire, no Estadão.

“As lições de jornalismo de Clóvis Rossi”. Na coluna de Dorrit Harazim, no O Globo.

“O papel da oposição é reduzir danos”. Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

“Tenista Djokovic processa o Estado do Rio por calote”. Na coluna de Lauro Jardim, no O Globo.

“Há dois Bolsonaros: o populista paz e amor dos estádios e o capaz de confrontar Poderes e demitir três generais numa semana.” Na coluna de Eliane Catanhêde, no Estadão.

“Ninguém se iluda: banco não paga imposto. Banco recolhe imposto e repassa débito a cliente, funcionários ou acionistas.” Na coluna de Celso Ming, no Estadão.

📊 Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não funciona nos finais de semana.

Destaque histórico:

“No ano de 1903, os norte-americanos obtiveram o arrendamento perpétuo sobre o Canal. Depois da Segunda Guerra Mundial, aumentam os protestos panamenhos contra a presença norte-americana em seu território. No dia 16 de junho de 1978, os EUA assinam o tratado para a devolução do Canal do Panamá no ano de 2000.” No portal Terra.

👍Positivo:

“Comissão discute nesta segunda-feira situação dos povos e comunidades tradicionais”. Na Agência Câmara.

👎Negativo:

“Venda de terras na Amazônia pode gerar prejuízo de R$ 118 bilhões. Preços do governo são inferiores à média do mercado; ruralistas defendem”. No O Globo.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu