Economia e corrupção no Rio são destaques das manchetes dos grandes jornais

Crédito da foto: Agência Petrobras
P-69

Economia é tema das manchetes de dois (Estadão e Folha) dos três principais jornais do país, enquanto O Globo veicula levantamento sobre relações ruins entre prefeitos do Rio e Justiça. “Na crise, aplicativos como Uber e iFood viram maior ‘, diz a do Estadão. “Governo quer reduzir preço do gás com fim de monopólio”, adianta a da Folha. “Um em cada 5 prefeitos já foi afastado ou preso no Rio”, conta a do O Globo.

📰 Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 169

🖋Edição: Sérgio Botêlho

📅 A 247 dias do fim do ano de 2019, hoje é domingo, 28 de abril de 2019, 118º dia do ano.

📊 Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não funciona nos finais de semana.

🇧🇷 Brasil:

“Obra que fechará pista do S. Dumont já causa polêmica.” Na coluna de Ancelmo Gois, no O Globo.

🔬 Ciência:

“Quadro de servidores da Fiocruz encolhe.” Na coluna de Elio Gaspari, no O Globo.

🔬 Ciência:

“Pesquisa vive penúria no laboratório; tome ciência, presidente.” Na coluna de Marcelo Leite, na Folha.

📜 Denúncias:

“Crítico de radares, Jair Bolsonaro acumula com a família 44 multas. O presidente, três de seus filhos e a mulher receberam essas infrações nos últimos cinco anos. A primeira-dama Michelle e o senador Flávio extrapolaram o limite de 20 pontos permitido por lei para o período de um ano.” Na capa da Folha.

💲Economia:

“Próximos passos após a reforma da Previdência. É natural que o tema concentre as atenções, mas existe uma agenda econômica robusta para depois.” Editorial do O Globo.

💲Economia:

“Razões para as preocupações da indústria. Fatores políticos afetam a disposição, a confiança e a disposição de investir do empresariado da indústria e também de outros segmentos da economia.” Editorial do Estadão.

💲Economia:

“O oásis das contas externa. A equipe econômica pode concentrar-se na tarefa de arrumação das contas fiscais, incluída a reforma da Previdência, sem se preocupar com o risco próximo de uma crise cambial.” Editorial do Estadão.

💲Economia:

“A inovação de R$ 50 bilhões. O STF inovou uma vez mais ao criar benefício tributário que terá impacto negativo nos cofres da União de pelo menos R$ 49,7 bi ao longo de cinco anos.” Editorial do Estadão.

💲Economia:

“União cria gastos para municípios, mas repasses são insuficientes.” Na capa do O Globo.

💲Economia:

“Na crise, aplicativos como Uber e iFood viram maior ‘empregador’ do País. Se contratassem formalmente, teriam 35 vezes mais funcionários que os Correios.” Manchete de capa do Estadão.

💲Economia:

“Governo quer reduzir preço do gás com fim de monopólio. Cade, responsável por concorrência, vai negociar venda de ativos da Petrobras.” Manchete de capa da Folha.

👨‍🎓Educação:

“Falar do futuro da educação é inquietante.” Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

🏛 Governo:

“Corte no orçamento não afetará qualidade técnica do Censo 2020. Setor público precisa se adaptar à escassez de recursos, e isso vale também para a pesquisa do IBGE.” Editorial do O Globo.

🏛 Governo:

“O fator Congresso. Só com muito esforço o governo pode superar sua inapetência para lidar com o Legislativo.” Editorial da Folha.

🏛 Governo:

“Eduardo atua como ‘chanceler’ de Bolsonaro. Articulador de viagens do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) virou um tipo de chanceler paralelo. Ele visita outros países e atua informalmente com o ministro de Relações Exteriores na política externa brasileira.” Na capa do Estadão.

🙏 Igrejas:

“Livro revela pedofilia em seminário do Rio.” Na coluna de Ascânio Seleme, no O Globo.

🌐Internacional:

“Instável Espanha. País realiza neste domingo sua terceira eleição geral em pouco mais de três anos.” Editorial da Folha.

🌐Internacional:

“Estável, Peru abriga refugiados do chavismo. País virou opção para venezuelanos. Há 10 meses, Lila Valera deixou Caracas com US$ 20 e não conseguiu chegar a Lima. Um leitor do Estado na Austrália pagou o bilhete aéreo e a enfermeira está empregada, relata Luiz Raatz.” Na capa do Estadão.

🌐Internacional:

“Documentos da CIA – Operação Condor. O Brasil tentou liderar a Operação Condor – ação coordenada de ditaduras do continente –, mas, segundo a CIA, enfrentou resistência dos países-membros, revela Marcelo Godoy.” Na capa do Estadão.

🕵Investigações:

“A verdade libertará. TJ do Rio frustra outra tentativa do senador Flávio Bolsonaro de barrar investigação.” Editorial do Estadão.

🕵Investigações:

“Um em cada 5 prefeitos já foi afastado ou preso no Rio. Em oito municípios houve cassações, e seis tiveram novas eleições.” Manchete de capa do O Globo.

💼Política:

“Mourão promete a si mesmo ignorar Olavo.” Na coluna de Lauro Jardim, no O Globo.

💼Política:

“Vice-presidente pode ser nada, mas pode ser tudo.” Na coluna de Dorrit Harazim, no O Globo.

💼Política:

“Simplicidade é um valor, uma qualidade, mas quando se trata do presidente, simples pode ser confundido com simplório.” Na coluna de Eliane Castanhêde, no Estadão.

💼Política:

“Maturidade independe de idade e é requisito fundamental na política para evitar perda de tempo com infantilidades.” Na coluna de Vera Magalhães, no Estadão.

💼Política:

“‘Pelo menos não é um bando de cachaceiros’, rebate o presidente. Jair Bolsonaro retrucou crítica do ex-presidente Lula, que declarou à Folha que o Brasil está sendo governado por “um bando de maluco”. Já o governador paulista João Doria (PSDB) disse que o petista está “esclerosando”. Na capa da Folha.

💼 👴 Política e Previdência:

“PSDB assume protagonismo na reforma.” Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

👥 Social:

“Aposta no poder da reza. Abstinência contra as drogas. Governo prioriza investimento em comunidades terapêuticas para tratar dependentes químicos, com foco em abstinência e isolamento. O remédio usado é a oração. Até agora, o sistema público adotava a política de redução de danos.” Na capa do O Globo.

Destaque histórico:

“Em 28 de abril de 1945, Benito Mussolini e sua amante, Clara Petacci, são executados em Dongo (norte da Itália) por ordem do Comitê de Liberação da Alta Itália.” No portal Terra.

👍Positivo:

“Empresas públicas podem ter que destinar 5% de patrocínio de futebol para o feminino.” Agência Câmara.

👎Negativo:

“Homem abre fogo contra sinagoga, mata 1 e fere 3 na Califórnia.” No G1.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu