SINOPSE DO NOTICIÁRIO 963 – ANEXO 6 – Ano IV – 2.7.21

ANEXO 6 – SINOPSE DO NOTICIÁRIO 963: Manchetes abordam, em sua maioria, a CPI e a vacinação. CPI suspeita de último depoente. Possibilidade de apagão faz empresas buscarem proteção.

*Manchetes do dia*:

“Vendedor reafirma pedido de propina por vacinas à CPI. Luiz Dominguetti, que relatara episódio à Folha, exibe áudio de deputado e tem celular apreendido’”.*Manchete de capa da Folha*.

“Governo pediu à OMS mínimo de vacinas, só para grupos de risco. Parecer interno em agosto de 2020 dizia não ser preciso imunizar todos os brasileiros. *Manchete de capa do O Globo*.

“‘PM depõe à CPI, causa tumulto e senadores o veem como ‘infiltrado’. Policial disse que deputado Luis Miranda estaria envolvido em negociação de vacina” *Manchete de capa do Estadão*.

“Vacinação no DF, agora, vai se basear apenas na idade. O novo esquema de vacinação contra a covid-19 foi anunciado ontem pela Secretaria de Saúde. Atualmente, a aplicação de doses por faixa etária está nos 46 anos.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Empresas adotam medidas para se proteger de apagão. Grupos industriais têm optado pela compra de equipamentos que tragam redução do consumo de energia e investimentos em cogeração nas plantas” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Saúde loteada. Suspeitas escancaram repartição da pasta entre militares e interesses políticos” 

“Paradoxo centenário. É de questionar se o Partido Comunista Chinês acomodará repressão e prosperidade.”

_*O GLOBO*_. 

“Ricardo Barros não tem condição de permanecer como líder do governo. A cada dia, com mais denúncias de corrupção se empilhando à porta do Palácio do Planalto e sem respostas convincentes, fica mais insustentável a permanência do deputado Ricardo Barros (PP-PR) como líder do governo na Câmara.”

“Estudo aponta caminho para Brasil na educação. Já bateu o sinal para o ministro Milton Ribeiro, do MEC, entender que nossas prioridades reais nada têm a ver com ensino doméstico, escolas cívico-militares, “ideologia de gênero” ou as outras balelas do bolsonarismo.”

*ESTADÃO*_

“O impeachment e o compadrio. É no mínimo estranha a certeza de Arthur Lira de que ainda faltaria materialidade aos 23 crimes relatados de Jair Bolsonaro”

“Salários e disparidade de gênero. Fim à discriminação salarial entre homens e mulheres continua causando polêmica.” 

“Um TCU perplexo. Com 28 ressalvas, Corte de Contas aprovou as contas do governo Bolsonaro em 2020.”

“O protecionismo contido, mesmo na pandemia. OMC pode ter desempenhado um importante papel para assegurar o fluxo mais livre de mercadorias e serviços durante a pandemia.”  

_*VALOR ECONÔMICO*_

Tentações eleitorais podem reverter o alívio fiscal. As expectativas sobre o desempenho fiscal podem piorar e ressuscitar os piores temores, como no passado recente.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quinta-feira, 1, em baixa de -0,90%, a 125.666. O dólar terminou o dia em alta de 2,08%, a R$ 5,05.

Destaques:

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.
Notícias sobre Economia do Turismo

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments