Sinopse do noticiário (14.07.2016)

Principais jornais e sites de notícias, da política à economia, noticiam vitória de Rodrigo Maia. A grande maioria das manchetes e dos destaques associa o resultado ao apoio do governo Temer.

Segue a SINOPSE DE 14 DE JULHO DE 2016

Edição: Sérgio Botêlho

MANCHETES DOS JORNAIS: Aliado de Temer, Rodrigo Maia derrota centrão e presidirá Câmara. Deputado do DEM do Rio vence Rogério Rosso por larga margem: 285 a 170. Ao fim da votação em segundo turno, plenário grita ‘Fora, Cunha’, dando adeus ao parlamentar afastado que renunciou ao cargo semana passada e inaugurando um novo tempo na Casa. Manchete do jornal O Globo. (…) Rodrigo Maia vence disputa na Câmara e Planalto se fortalece. Deputado do DEM recebeu 285 votos no segundo turno, desbancou Rogério Rosso e vai presidir a Casa até fevereiro. Manchete do jornal Estado de São Paulo. (…) Rodrigo Maia bate aliado de Cunha e chefiará a Câmara. Manchete do jornal Folha de São Paulo. (…) Eleição de Maia detona Cunha e fortalece Temer. Manchete do jornal Correio Braziliense. (…) Temer ganha com Maia na presidência da Câmara. Manchete do jornal Estado de Minas. (…) Com apoio do governo e da oposição, Rodrigo Maia vai presidir Câmara.  Manchete do jornal Zero Hora, do RS (…) Governo prepara elevação marginal de impostos. Embora ainda prefira não elevar impostos, realizando o ajuste das contas públicas por meio do corte de despesas, o governo identificou de 10 a 15 modalidades de tributação que poderão ter elevação marginal de alíquota em 2017. Técnicos trabalham com a possibilidade de fazer ajustes pontuais em várias alíquotas. Manchete do jornal Valor Econômico. (…) Expectativa para concessões inclui mais segurança jurídica. Manchete do jornal DCI-Diário, Comércio, Indústria e Serviços online. (…) Trabalhador poderá usar FGTS como garantia para consignado. Manchete do Jornal do Senado. (…) Presidente da Câmara é Rodrigo Maia. Manchete do Jornal da Câmara. (…)

MANCHETES DOS SITES DE NOTÍCIAS: Rodrigo Maia supera Rogério Rosso e é eleito presidente da Câmara. Deputado do DEM teve 285 votos, contra 170 de Rosso (PSD); vencedor chefiará a Casa até fevereiro, quando novo presidente será escolhido para o mandato de dois anos. Manchete da hora da Folha online. (…) Maia derrota Centrão com ajuda do Planalto e vai presidir a Câmara. Apoiado pelo PSDB, deputado do DEM é eleito presidente da Casa em 2º turno e terá mandato-tampão. Manchete da hora do Estadão online. (…)Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara dos Deputados. Deputado pelo Democratas Rio de Janeiro recebeu 285 votos no segundo turno, contra 170 dados a Rogério Rosso (PSD). Manchete da hora de O Globo online. (…) Rodrigo Maia chora e diz que vai governar com simplicidade.Manchete da hora do Correio Braziliense online. (…) Rodrigo Maia (DEM-RJ) é eleito presidente da Câmara com 285 votos. Manchete da hora do Estado de Minas online. (…) Seis horas de sessão. Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos Deputados com 285 votos. Manchete da hora do jornal Zero Hora, do RS, online (…) Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos Deputados e adota discurso conciliador. Manchete da hora do Valor Econômico online. (…) Começa sessão que irá definir o presidente da Câmara. Expectativa é de que a eleição entre pela madrugada de quinta-feira. Manchete da hora do DCI-Diário, Comércio, Indústria e Serviços online. (…) Plenário aprova regulamentação de audiência de custódia. Manchete da hora da Agência Senado. (…) Novo presidente da Câmara, Rodrigo Maia quer construir agenda de consenso. O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito presidente da Câmara dos Deputados, com 285 votos. Ele venceu o segundo turno disputado com o deputado Rogério Rosso (PSD-DF), que teve 170 votos. Manchete da hora da Agência Câmara. (…) Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara. Deputado venceu a disputa contra Rogério Rosso (PSD-DF) por 285 votos contra 170. Com o resultado, DEM volta a comandar a Casa após 13 anos.  Manchete da hora da revista Veja online. (…) Com apoio do Planalto, Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara dos Deputados. Apoiado por PSDB e outras siglas da antiga oposição, deputado do DEM é eleito presidente da Câmara para mandato-tampão; resultado final foi recebido aos gritos de ‘Fora, Cunha’. Manchete da hora da revista Isto É online. (…) Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos Deputados. Manchete da hora da revista Exame online. (…) Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos Deputados. Manchete da hora da revista Época online. (…) Rodrigo Maia, do DEM, é eleito novo presidente da Câmara. Sucessor de Eduardo Cunha, deputado vai comandar a Casa até fevereiro de 2017 e é aliado do presidente interino Michel Temer. Manchete da hora da revista Carta Capital online. (…) Com 285 votos, Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara. Manchete da hora da InfoMoney/Bloomberg online. (…)

SUCESSÃO NA CÂMARA. Apoiado pelo governo Temer, por parte da antiga oposição (PSDB, DEM e PPS) e da atual (PT e PCdoB), Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito ontem presidente da Câmara, derrotando o centrão, ligado ao ex-presidente e deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). No segundo turno, Rodrigo Maia teve votação acima da esperada, com 285 votos, contra 170 de Rogério Rosso (PSD-DF), do centrão. Ao longo do dia, o Planalto atuou para enfraquecer a candidatura de Marcelo Castro, ex-ministro do governo Dilma, que teve só 70 votos e ficou de fora do segundo turno. Rodrigo já assumiu o cargo para mandato-tampão que será encerrado em 31 de janeiro do ano que vem. O discurso dele, ao assumir, foi de abertura ao diálogo. Primeira página do jornal O Globo. (…) Defesa de credibilidade dos políticos foi boa surpresa nos discursos. Na coluna de Merval Pereira, em O Globo. (…) Com ajuda do Planalto, Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito ontem presidente da Câmara para mandato-tampão até fevereiro. Com 285 votos no segundo turno, ele derrotou Rogério Rosso (PSD-DF), do Centrão, bloco ligado a Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ao ser anunciado o resultado, deputados gritaram “Fora Cunha”. O triunfo de Maia representa vitória dupla para Michel Temer. Mais cedo, o Planalto atuou para esvaziar a candidatura de Marcelo Castro (PMDB-PI), que foi ministro de Dilma Rousseff. No segundo turno, a eleição de Maia – que teve apoio formal de PSDB, DEM e PPS – significou o fortalecimento do governo frente ao Centrão. Também representou a volta do antigo PFL ao cargo que o partido ocupou de 1995 a 1997 com Luís Eduardo Magalhães. “Temos de pacificar esse plenário, temos de dialogar. A maioria precisa dialogar com a minoria”, disse Maia, após a vitória. Primeira página do jornal Estado de São Paulo. (…) Temer derrota Dilma e Lula. Planalto comemora vitória contra PT, quer se afastar do peso de Cunha e ser independente do Centrão. Artigo de Vera Rosa, no jornal Estado de São Paulo. (…) Escolha perigosa. Novo presidente poderá ajudar o País a sair da crise que o corrói, ou nos levar mais claramente ao caos. Artigo de Roberto Romano, no jornal Estado de São Paulo. (…) Temer e Maia devem se encontrar nesta quinta-feiraAssim que foi anunciada a vitória, por volta da 0h30, depois de várias tentativas, conseguiu falar com o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para cumprimentá-lo.Destaque da hora do Estadão online. (…) Eleição disputada da Câmara desafia Temer. A eleição do novo presidente da Câmara dos Deputados provocou desgaste entre aliados do Palácio do Planalto, impondo mais um desafio à sustentação política do governo do presidente interino Michel Temer. Primeira página do jornal Valor Econômico. (…)

EDUARDO CUNHA. Manobras de aliados dão sobrevida a Cunha na Câmara. Embora sua derrota seja dada como certa, o deputado afastado Eduardo Cunha ganhou sobrevida de mais um dia na Comissão de Constituição e Justiça, que adiou para hoje, com manobras de aliados, decisão sobre recurso do acusado contra o Conselho de Ética. Primeira página do jornal O Globo. (…) Fantasma de Cunha domina campanha. Proibido de entrar no plenário, Eduardo Cunha viu de casa a escolha do sucessor. Antes da votação, Rodrigo Maia e Rogério Rosso eram citados como coadjuvantes. O personagem principal era Cunha, que trava uma batalha para não ser cassado. Primeira página do jornal Estado de São Paulo. (…) O último atrevimento – Em resumo, Eduardo Cunha disse: “Não se pode mais roubar em paz. Corruptos, unamo-nos!”Editorial do jornal Estado de São Paulo. (…)   

GOVERNO TEMER. Tesouro descarta nova ajuda ao Rio. Os estados em melhor situação fiscal terão prioridade da União no aval a novos financiamentos, informa a secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi. Primeira página do jornal O Globo. (…) Caixa nega esqueletos, mas indícios são fortes. Na coluna de Miriam Leitão, no jornal O Globo. (…) Temer dá R$ 2,9 bilhões ao Rio e tira R$ 390 milhões. De Ancelmo Gois, em sua coluna no jornal O Globo. (…) Comprando Brasil – Maior contribuição para valorização do real e de empresas brasileiras vem do otimismo com a perspectiva de correção de desajustes da gestão Dilma. Matéria no jornal Estado de São Paulo. (…) Temer e o monstrinho – Michel Temer causará dano muito grave à economia brasileira se aceitar o ressurgimento da CPMF. Editorial do jornal Estado de São Paulo.(…) Temer anuncia verba de R$ 2,7 bi a prefeitos, que cobram mais. Valor deveria ser de R$ 3,4 bilhões, segundo presidente da Confederação Nacional de Munícipios. Destaque da hora de O Globo online. (…)

JUDICIÁRIO.  Sem transparência. Do descrédito geral que engolfou o Executivo e o Legislativo, o Judiciário emergiu não apenas como instituição comparativamente ilesa de suspeitas, mas também como instrumento decisivo para a regeneração do quadro de dissolução de comportamentos instituído na democracia brasileira. Sua cúpula, entretanto, parece ter-se dedicado nos últimos dias a desencorajar expectativas tão ambiciosas. Quando trata de defender os seus, o que o Poder dá mostras, para ficar na superfície visível, é de pequenez. Editorial do jornal Folha de São Paulo. (…)

SENADO. Em bate-boca, Caiado insinua que Lindbergh estaria usando drogas. Primeira página do jornal Estado de Minas. (…)

OLIMPÍADAS/TERRORISMO. França suspeita de ameaça terrorista. Após jornal francês noticiar que um brasileiro ligado ao Estado Islâmico planeja atacar a delegação de atletas do país durante a Olimpíada, responsáveis pela segurança dos Jogos entraram em alerta. Segundo o Ministério da Defesa, porém, a França negou a informação. Agentes da Força Nacional protestaram contra condições de trabalho. Primeira página do jornal O Globo. (…) Abin desconhece ameaça de atentado do EI à delegação francesa no Rio de Janeiro. Primeira página do jornal Estado de Minas. (…)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments