Decisões do governo na política e na economia, e suicídio de ex-presidente peruano são os destaques das manchetes dos jornais de grande mídia.

Crédito da foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Decisões do governo na política e na economia, e suicídio de ex-presidente peruano são os destaques das manchetes dos jornais de grande mídia. “Governo cede e votação da reforma na CCJ é adiada”, diz O Globo. “Pressionado por legendas de centro, o governo cedeu e permitiu que cinco pontos com menor impacto fiscal já sejam excluídos do projeto de reforma da Previdência pela CCJ”, conta o Valor Econômico. “Guedes quer antecipar até R$ 6 bilhões aos estados para ampliar apoio à reforma”, adianta O Globo. “Guedes ‘dobra’ Bolsonaro e Petrobrás reajusta diesel”, aponta o Estadão. “Alvo da Lava Jato peruana, ex-presidente, se suicida”, noticia a Folha. Autuado pela Receita, pai de Neymar se reúne com Guedes e presidente. Revista Time inclui Bolsonaro em lista dos 100 mais influentes. Liberdade de expressão não deve alimentar ódio, diz Toffoli.

📰 Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 159

🖋Edição: Sérgio Botêlho

📅 A 257 dias do fim do ano de 2019, hoje é quinta-feira, 18 de abril de 2019, 108º dia do ano.

📊 Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 17, em queda de -1.11%, a 93.285 pontos. Enquanto isso, o dólar terminou o dia em alta de 0,85%, a R$3,94, e o euro também em alta de 0,86%, a R$4,44.

🏙️ Cidades:

“A novela dos lixões. Cinco anos depois, cerca de metade dos municípios brasileiros ainda tem lixões.” Editorial do Estadão.

💲Economia:

“Congelamento de preços na Argentina vai afetar o Brasil. O presidente argentino, Mauricio Macri, anunciou ontem pacote que inclui o congelamento dos preços de 60 produtos e das tarifas de energia, gás, transportes e pedágio, em uma tentativa de amenizar a crise econômica no país às vésperas da eleição presidencial. Após o anúncio, analistas já reviam para baixo as previsões de crescimento esperado para a indústria brasileira.” Na capa do Estadão.

💲Economia:

“O Futuro Dos Combustíveis. Tanque em pátio da distribuidora Raízen, em São Paulo; monopólio em diferentes partes da cadeia, insegurança regulatória, diferenças tributárias entre os estados e falta de infraestrutura logística são alguns dos gargalos do setor.” Na capa da Folha.

👨‍🎓Educação:

“Ex-Denatran e ex-piloto da FAB será responsável pelo Enem.” Artigo de Francisco Geronce, no O Globo.

👨‍🎓Educação:

“Medida Polêmica. Militares reformados vão atuar em escolas estaduais, anuncia Witzel.” Na capa do O Globo.

🏛 Governo:

“Bolsonaro garante não intervir na Petrobras, porém situação preocupa. Crise de confiança é reversível, mas não se pode prometer o impossível aos caminhoneiros.” Editorial do O Globo.

🏛 Governo:

“A crise ignorada por Bolsonaro. É preciso ser generoso para classificar apenas como medíocre o desempenho econômico do Brasil. E nem a equipe econômica projeta algo além da mediocridade.” Editorial do Estadão.

🏛 Governo:

“O presidente ‘entendeu’. Bolsonaro mandou dizer que ‘não quer’ e ‘não pode’ intervir na política de preços da Petrobrás.” Editorial do Estadão.

🏛 Governo:

“Guedes ‘dobra’ Bolsonaro e Petrobrás reajusta diesel. Uma semana depois de presidente barrar alta do combustível, empresa anuncia aumento de R$ 0,10 por litro.” Manchete de capa do Estadão.

🏛 Governo:

“Ouvido na pista. Bolsonaro anuncia medidas pouco promissoras para contentar os caminhoneiros.” Editorial da Folha.

🏛 Governo:

“Política viciosa. Governo Bolsonaro revisita velha fórmula em recém-lançada estratégia antidrogas.” Editorial da Folha.

🏛 Governo:

“Petrobras anuncia alta menor do diesel. A Petrobras reajustou em R$ 0,10 o preço do diesel nas refinarias. A alta, de 4,8%, ficou abaixo do reajuste de 5,7% divulgado na quinta-feira passada e suspenso pelo Planalto. A estatal disse que suas operações de proteção à variação do dólar e a queda do frete marítimo nos últimos dias permitiram o aumento menor, mas não explicou qual passará a ser a periodicidade dos reajustes.” Na capa do O Globo.

🏛 Governo:

“Exército cobra mais recursos. Sob chuva, Jair Bolsonaro participa de cerimônia ao lado do comandante do Exército. O general Edson Pujol pediu mais verbas e salários para os militares. A revista Time incluiu Bolsonaro na lista das cem pessoas mais influentes do mundo, mas o restaurante Cipriani, em Nova York, também rejeitou evento com o brasileiro.” Na capa do Estadão.

🏛 Governo:

“Autuado pela Receita, pai de Neymar se reúne com Guedes e presidente.” Na capa da Folha.

🌐Internacional:

“Argentina ressuscita acordo de preços contra a inflação. O objetivo agora é congelar uma situação econômica ruim e fazer de tudo para que ela não piore.” Editorial do Valor Econômico.

🌐Internacional:

“Alvo da Lava Jato peruana, ex-presidente, se suicida. Causa de estar na lista de propina da Odebrecht, Alan García atirou na cabeça após receber ordem de prisão.” Manchete de capa da Folha.

🌐Internacional:

“Ex-presidente do Peru se mata após ordem de prisão. Presidente do Peru por duas vezes (1985-1990 e 2006-2011), Alan García, de 69 anos, suicidou-se ontem quando a polícia cumpria ordem de prisão contra ele, que era acusado de receber suborno da Odebrecht. O ex-presidente seria o destinatário de US$ 4 milhões que a empreiteira teria dado a Luis Nava, secretário de seu último governo, pela obra do metrô de Lima. Mais três ex-chefes de Estado do Peru são acusados de receber suborno da construtora.” Na capa do O Globo.

🌐Internacional:

“Suicídio explicita a tragédia da corrupção na AL.” Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

🌐Internacional:

“Coreia do Norte faz 1º teste com arma desde encontro com Trump”. Na capa da Folha.

🌐Internacional:

“Notícia {do suicídio de Alan García} cai como uma bomba na empreiteira.” Na coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

🕵Investigações:

“Polícia identifica homem que ergueu prédios. A polícia procura José Bezerra de Lira, o Zé do Rolo, apontado como o construtor dos dois prédios que desabaram na Muzema. Ontem, foi encontrado o 20º corpo, e ainda há três desaparecidos.” Na capa do O Globo.

⚖️Justiça:

“Inquérito do STF atropela a lei e afeta imagem da Corte. Investigações abertas por Toffoli, já com relator, atingem a instância que dá a palavra final do Judiciário.” Editorial do O Globo.

⚖️Justiça:

“‘Liberdade de expressão não é absoluta’, diz Toffoli. O presidente do STF, Dias Toffoli, afirmou que alimentar o ódio e a intolerância é um “uso abusivo” da liberdade de expressão. Inquérito polêmico aberto por ele investiga ofensas à Corte e mirou sete pessoas na terça-feira. Só na última semana, milhares de perfis de uma rede social atacaram o tribunal com apenas duas hash tags.” Na capa do O Globo.

⚖️Justiça:

“Alexandre de Moraes produziu bomba atômica”. Na coluna de Ascânio Seleme, no O Globo.

⚖️Justiça:

“Inquérito do STF ‘poupará’ parlamentares. Em tentativa de evitar atritos com o Congresso, a investigação aberta pelo STF para apurar supostas ameaças e notícias falsas contra integrantes da Corte vai poupar deputados federais e senadores. O Senado discute a instalação de CPI para investigar o Judiciário.” Na capa do Estadão.

⚖️Justiça:

“A censura imposta pelo STF não é só inconstitucional e execrável. Trata-se de um grotesco erro numa luta política.” Na coluna de William Waack, no Estadão.

⚖️Justiça:

“Liberdade de expressão não deve alimentar ódio, diz Toffoli. O presidente do STF afirmou que os limites da liberdade de expressão estão estabelecidos na Constituição e que não se pode deixar o ódio entrar na sociedade. Sete meses após assumir a presidência, ministro enfrenta desgaste após inquérito para apurar fake news.” Na capa da Folha.

⚖️Justiça:

“STF fragiliza sua independência. A cada decisão excepcional o tribunal se afasta de sua legitimidade.” Artigo de Eloísa Machado de Almeida, na Folha.

⚖️Justiça:

“A democracia tem limites? Quais? Postagens de investigados pelo STF não são de crítica, são pregações contra o Estado de Direito.” Na coluna de Jânio de Freitas, na Folha.

💼Política:

“O populismo sacrifica os sonhos latinos.” Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

💼 👴 Política e Previdência:

“Governo cede e votação da reforma na CCJ é adiada. Pressionado por legendas de centro, o governo cedeu e permitiu que cinco pontos com menor impacto fiscal já sejam excluídos do projeto de reforma da Previdência pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).” Manchete de capa do Valor Econômico.

💼 👴 Política e Previdência:

“Guedes quer antecipar até R$ 6 bilhões aos estados para ampliar apoio à reforma. Ainda sem maioria, governo cede e votação do texto na CCJ é adiada para a próxima semana.” Manchete de capa do O Globo.

💼 👴 Política e Previdência:

“Centrão quer mudar pontos da Previdência antes da CCJ. O Centrão obrigou ontem o governo a sentar para negociar mudanças na reforma da Previdência ainda na CCJ da Câmara, onde a equipe econômica queria aprovar o texto sem alterações. Os partidos – PP, PR, DEM, PRB e Solidariedade – propõem a alteração de pontos sem impacto fiscal. Diante do impasse, a votação na comissão ficou para a próxima terça.” Na capa do Estadão.

🚛 Protestos:

“Caminhoneiros divididos. O aumento do diesel anunciado ontem dividiu os caminhoneiros. Ala mais radical articula paralisação nos próximos dias, enquanto outros tentam apaziguar a situação.” Na capa do Estadão.

Destaque histórico:

“Em 19 de abril de 1946, a Sociedade das Nações é dissolvida, transferindo suas funções para a ONU.” No portal Terra.

👍Positivo:

“Cientistas conseguem reativar células nos cérebros de porcos mortos.” Na Veja online.

👎Negativo:

“89% das cidades têm risco de descumprir meta de matricular alunos de 6 a 14 anos.” No G1.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu