Sinopse da grande mídia impressa em 25.05.2019

? Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 196

?Edição: Sérgio Botêlho

? A 220 dias do fim do ano de 2019, hoje é sábado, 25 de maio de 2019, 145º dia do ano.

? Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo fechou o dia de ontem em baixa de -0,30%, a 93.628 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,79%, a R$4,02, e o euro também em baixa de -0,57%, a R$4,50.

?Economia:

“Suspensão de voos abre caminho para o fim da Avianca. Ao suspender ontem, temporariamente, as operações da Avianca por questões de segurança, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) abriu caminho para o fim da empresa, avaliam integrantes do governo e analistas. Sobrecarga de trabalho dos pilotos foi um dos motivos.” Na capa do O Globo.

?Economia:

“Mercado de trabalho gera 129 mil vagas em abril. Em resultado considerado surpreendente, o País registrou a criação de 129.601 empregos formais em abril. O governo e o mercado esperavam cerca de 80 mil vagas, após a perda de 42 mil postos de trabalho em março. No acumulado do 1° quadrimestre, o saldo é positivo em 313.835 vagas.” Na capa do Estadão.

? Governo:

“Guedes pode sair se reforma não for aprovada, diz Bolsonaro. Presidente e ministro negam atrito e alertam Congresso e governadores de risco de caos econômico”. Manchete de capa do O Globo.

? Governo:

“Governo quer usar Fundo Amazônia para desapropriações. Doado por Noruega e Alemanha para combater O desmatamento, dinheiro serviria para indenizar donos de propriedades que ficam em áreas de conservação”. Manchete de capa do Estadão.

? Governo:

“Refis de ganho de capital. A estimativa do presidente Bolsonaro de o governo arrecadar mais de R$ 1 trilhão com a permissão da atualização do valor venal dos imóveis no Imposto de Renda, em troca de uma taxação menor do imposto sobre a valorização patrimonial, está baseada no montante de bens e direitos declarados pelos brasileiros em 2017, e não apenas nos imóveis: R$ 8,9 trilhões.” Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

? Governo:

“Governo deve refletir sobre seu desgaste. Desgaste da avaliação é natural, mas não é comum que aconteça tão rapidamente como no governo Bolsonaro”. Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

? Governo:

“Guedes e Bolsonaro veem caos em 2020 se reforma não sair. Jair Bolsonaro (PSL) elevou o tom ontem do discurso em tomo da urgência da aprovação da reforma da Previdência, após o ministro Paulo Guedes afirmar que renunciará se a proposta do governo virar uma “reforminha”.” Manchete de capa da Folha.

? Governo:

“Mais Médicos encolhe nas regiões mais populosas. Governo Bolsonaro optou por renovar vagas apenas em cidades classificadas de maior vulnerabilidade, até que haja a substituição do Mais Médicos por programa a ser criado. Cidades de perfis maiores, como capitais, municípios em regiões metropolitanas e outras com mais de 50 mil habitantes, têm ficado de fora de editais e de reposições”. Na capa da Folha.

?Internacional:

“Brexit causa saída de May. Sem conseguir aprovar acordo, May renuncia e deixa problema ao sucessor”. Na capa do O Globo.

?Investigações:

“Queiroz já pagou mais de R$ 133 mil em dinheiro vivo para equipe médica e hospital por cirurgia. Advogado diz que gastos estão dentro da capacidade financeira do ex-motorista e de sua família, de cerca de meio milhão de reais ao ano”. No O Globo.

?Investigações:

“Empresas do cartel de trens em SP devem ser condenadas. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deve julgar em junho as empresas acusadas de formação de cartel para fraudar licitações de trens e metrô em São Paulo. A tendência é de condenação, informa Lorenna Rodrigues. A área técnica do Cade, a procuradoria-geral do órgão e o MPF pediram punição. O caso envolve contratos que somaram R$ 9,4 bilhões entre 1998 e 2013.” Na capa do Estadão.

?Investigações:

“Governo de SP apoia Cade. A Secretaria de Transportes Metropolitanos afirmou ser de seu interesse que empresas que fraudaram licitações sejam punidas.” Na capa do Estadão.

?Investigações:

“Mantega vira réu em ação sobre empréstimo do BNDES à JBS”. Na capa da Folha.

?Investigações:

“Palocci diz que André Esteves pagou para ser o ‘banqueiro do pré-sal’”. Na capa da Folha.

?Investigações:

“Justiça bloqueia R$ 3,6 bi de MDB-RO, PSB e de políticos na Lava Jato”. Na capa da Folha.

⚖️Justiça:

“TRF bloqueia R$ 258 mi de senador líder do governo. Em investigação de esquema de corrupção na Petrobrás, o TRF-4 determinou bloqueio de R$ 3,6 bilhões de políticos de MDB, PSB e PP e de empresas. Entre os alvos está o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). O senador terá bens congelados no valor de até RS 258 milhões.” Na capa do Estadão.

?Política:

“Congresso toca agenda própria. Manifestações dirão se deve seguir nesse caminho.”. Na capa do Estadão.

? Saúde:

“Crescem serviços de internação fora de hospitais. Tendência mundial, desospitalização mira pacientes internados que podem ser cuidados fora de hospitais. Apesar do crescimento da demanda por esses serviços no país, ainda não há regulamentação das agências reguladoras de saúde (Anvisa e ANS).” Na capa da Folha.

Destaque histórico:

“No dia 25 de maio de 1993, o Conselho de Segurança da ONU aprova a criação de um Tribunal Internacional de Crimes de Guerra para julgar o ex-presidente da antiga Iugoslávia, Slobodan Milosevic (foto). Ele foi responsabilizado pelo assassinato de milhares de civis albaneses em Kosovo e também pelo genocídio na Bósnia e na Croácia.” No portal Terra.

?Sextilha:

(SB)

?Positivo:

“Mantida condenação ao Google por não retirar postagens ofensivas de blog”. No portal do STJ.

?Negativo:

“Para autoridades, gás de aquecedor pode ser causa da morte de brasileiros”. No O Globo.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments