Sinopse da grande mídia

Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 195

?Edição: Sérgio Botêlho

? A 221 dias do fim do ano de 2019, hoje é sexta-feira, 24 de maio de 2019, 144º dia do ano.

? Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fecha em baixa de -0,48%, a 93.910 pontos. O dólar fechou o dia em alta de 0,17%, a R$4,05, e o euro, também em alta de 0,42%, a R$ 4,53.

?️ Cidades:

“Cidades devem valorizar a vida e o convívio”. Na coluna de Ruth de Aquino, no O Globo.

?Economia:

“No Rio, 69% dos servidores têm direito a aposentadoria especial”. No O Globo.

?Economia:

““Serviço público tem 7 das 10 ocupações mais bem pagas do país: veja qual Poder lidera”. No O Globo.

?Economia:

“Boeing Brasil é o nome da empresa resultante da compra da Embraer”. Na capa da Folha.

?Economia:

“Custos caem e empresa tenta resgatar título. Empresas que emitiram debêntures incentivadas para projetos de infraestrutura estão levando ao governo um pedido para que possam resgatar os papéis, de longo prazo e emitidos a taxas mais altas que as atuais, para trocá-los por novos, mais baratos”. Na capa do Valor Econômico.

?Economia:

“A taxação de imóveis pode dar R$ 300 bi. O projeto que, segundo o presidente Jair Bolsonaro, pode gerar mais caixa do que a reforma da Previdência, prevê a taxação da reavaliação dos imóveis declarados no Imposto de Renda das pessoas físicas. Segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, essa taxação poderia ser de 3% a 4%”. Na capa do Valor Econômico.

?Economia:

“Beleza exterior. Com aquisição da Avon, a Natura avança na diversificação geográfica: 68,3% das vendas estarão fora do Brasil, segundo João Paulo Ferreira, presidente da empresa, e Roberto Marques, presidente executivo do conselho de administração da Natura & Co”. Na capa do Valor Econômico.

? Governo:

“Bolsonaro contraria líder e defende manter MP dos ministérios como passou na Câmara dos Deputados”. No O Globo.

? Governo:

“Bolsonaro pode ser tudo, menos mito. Foi uma ignorância que deu certo, ao menos nas eleições”. Na coluna de Nelson Motta, no O Globo.

? Governo:

“Deputado diz uma verdade ao general preferido de Bolsonaro. Ao sair do esvaziado encontro de Jair Bolsonaro com a bancada nordestina, quarta-feira, no Palácio do Planalto, Roma virou-se para general Heleno e disse que a havia considerado a agenda absolutamente inócua, visto que Bolsonaro não apresentou um projeto sequer para a região”. Na coluna de Lauro Jardim, no O Globo.

? Governo:

“Receita estuda nova tributação na venda de imóvel. Medida permitiria atualizar o valor da propriedade na declaração do Imposto de Renda, o que reduziria a mordida do Leão na hora de se desfazer do bem. Técnicos, no entanto, não detalham como ideia seria posta em prática”. No O Globo.

? Governo:

“Após cancelar radares fixos em rodovias, presidente quer fim dos radares móveis”. No O Globo.

? Governo:

“Bolsonaro critica ataques ao Congresso e ao STF. O presidente Bolsonaro não quer que seus apoiadores defendam o fechamento do STF e do Congresso nos atos de domingo. “Isso é manifestação a favor de Maduro, não de Bolsonaro”, disse ele, citando o presidente venezuelano. Bolsonaro disse que pretende eliminar radares móveis das estradas.” Na capa do O Globo.

? Governo:

“Bolsonaro diz que atos não são para atacar Congresso”. Na capa do Estadão.

? Governo:

“Corpo técnico do Senado vê decreto {de armas} ilegal”. Na capa do O Globo.

? Governo:

“Doação dos terrenos. O Ministério do Desenvolvimento Regional estuda doação de terrenos e imóveis de prefeituras, Estados e União para construtoras que, em contrapartida, ergueriam condomínios do Minha Casa.” Na capa do Estadão.

? Infraestrutura:

“Sem acordo, MP do saneamento deve caducar. A medida provisória do saneamento, que, segundo estimativas, poderia atrair investimentos de R$ 700 bilhões para universalizar o acesso a água e esgoto no país até 2033, perderá a validade se não for votada até o dia 3. Esse é o desfecho provável, devido à falta de acordo entre governo, estados e Congresso.” Na capa do O Globo.

?Internacional:

“Theresa May anuncia sua renúncia ao cargo. Primeira-ministra vai deixar o governo no dia 7 de junho.” No O Globo.

?Internacional:

“EUA oficializam apoio à entrada do Brasil na OCDE”. Na capa do O Globo.

?Investigações:

“Para PF, advogada e policial obstruíram a investigação {sobre o assassinato de Marielle}. Na capa do O Globo.

⚖️Justiça:

““Justiça determina que Bolsonaro pague indenização a Maria do Rosário em 15 dias”. No O Globo.

⚖️Justiça:

“Justiça liberta militares que fuzilaram 2 no Rio. O Superior Tribunal Militar determinou a soltura do nove militares do Exército que fizeram 257 disparos contra o carro do músico Evaldo Rosa e o catador de papel Luciano Macedo, que tentou socorrê-lo, em Guadalupe, em abril. O STM entendeu que o grupo não pode ficar preso sem condenação”. Na capa do O Globo.

⚖️Justiça:

“’Está em pânico’, diz advogado sobre esposa de músico após saber de habeas corpus a militares”. No O Globo.

⚖️Justiça:

“Supremo iguala homofobia ao crime de racismo. Em julgamento interrompido, mas no qual já se configurou maioria, o STF decidiu equiparar a homofobia ao crime de racismo, sendo inafiançável e imprescritível, com o infrator sujeito a pena de até três anos de prisão. Seis dos 11 ministros já votaram, todos a favor da mudança.” Na capa do O Globo.

⚖️Justiça:

“’A votação traduz muito mais o que é o Brasil de 2019′, diz Daniela Mercury sobre julgamento para criminalizar a homofobia no STF”. No O Globo.

⚖️Justiça:

“Ao julgar homofobia, ministros do STF criticam ‘inércia legislativa’”. No Estadão.

⚖️Justiça:

“Corte reafirma seu papel perante o Legislativo. Engana-se quem pensa que estava em jogo tão somente a discriminação historicamente perpetuada contra LGBTs no Brasil. Estava em julgamento o papel do Tribunal frente ao Legislativo.” Na coluna de Thiago Amparo, no Estadão.

? Mídia:

“O poder arrasador das ‘deepfakes’. As “fake news” evoluíram. São as “deepfakes” (falsificações profundas). Este é o termo que está sendo usado para designar a simbiose entre a inteligência artificial (IA) e as notícias falsas”. Na capa do Valor Econômico.

? Negócios:

“Disputa pela Netshoes faz ação subir 43%. As ações da varejista on-line Netshoes fecharam com alta de 42,86% na Bolsa de Nova York após o Grupo SBF, dono das lojas Centauro, fazer uma oferta de compra superior à proposta apresentada pelo Magazine Luiza. A decisão sobre quem vai levar a Netshoes será tomada em assembleia no dia 30”. Na capa do Valor Econômico.

?Política:

““Bancada das ‘lives’: o que disseram os deputados do PSL durante sessão que retirou Coaf de Moro”. No O Globo.

?Política:

“A rejeição do partido do presidente Jair Bolsonaro a tudo o que vem da esquerda vai virar regra oficial nas próximas semanas. O PSL paulista incluirá, em seu novo estatuto, uma norma para que ex-filiados de legendas e movimentos esquerdistas fiquem proibidos de entrar na sigla”. Na coluna de Bela Megale, no O Globo.

?Política:

“Bancada da selfie {do PSL} não vê entorno”. Na coluna de Bernardo Mello Franco, no O Globo.

?Política:

“Congresso, sociedade e ONGs se movem”. Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

?Política:

“Ouvindo o outro lado. Nas ruas, professores, pais e alunos levantam suas vozes em defesa da educação. Espero que esses gritos ecoem, porque só ela transforma de verdade”. Artigo de Luciano Huck, na capa do Estadão.

?Política:

“MP vai para o Senado, mas governo e PSL batem cabeça. Um dia após a votação na Câmara expor racha na articulação política, a apreciação da MP que reestrutura o governo no Senado virou motivo debate-cabeça entre os próprios aliados. Enquanto o centrão e o próprio Jair Bolsonaro (PSL) defendem a votação do texto aprovado ontem na Câmara, parlamentares do PSL insistem em tentar devolver o Coaf para Sérgio Moro (Justiça).” Na capa da Folha.

?Política:

“Doria afirma que não faz política como PT nem se opõe a Paulo Guedes”. Na capa da Folha.

? Política:

“PSL tentará no Senado devolver o Coaf a Moro. Mesmo com risco de a MP 870 perder a validade, senadores da base aliada vão tentar devolver o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro”. Na capa do Valor Econômico.

? Política:

“Pela floresta. Com três décadas de vida pública, o ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung assumiu a Ibá, entidade das empresas de florestas. Missão: tornar a indústria conhecida dos brasileiros”. Na capa do Valor Econômico.

? Tragédia:

“A ameaça que paira sobre uma cidade. A foto acima mostra a estrutura que pode se romper na Mina de Gongo Soco, da Vale, em Barão de Cocais (MG).” Fotolegenda na capa do Estadão.

Destaque histórico:

“Em 24 de maio de 1844, Samuel Morse (foto) emite a primeira mensagem telegráfica, enviada de Washington a Baltimore. Em 1872, o continente americano já era cruzado por mais de 300 mil quilômetros de linhas.” No portal Terra.

?Positivo:

“Dona da Fiat reitera estratégia e busca por mais espaço no Brasil com investimento bilionário.” No Infomoney, site do mercado.

?Negativo:

“Após manifestações, Bolsonaro vê rejeição superar aprovação pela primeira vez, mostra XP/Ipespe. Segundo levantamento, grupo de entrevistados que classifica a atuação do governo como ruim ou péssima chegou a 36% – alta de 5 pontos percentuais em duas semanas.” No Infomoney, site do mercado.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments