Sinopse: atos públicos, relações políticas e Previdência são os destaques das manchetes dos grandes jornais

? Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 233 – A 183 dias do fim do ano de 2019, hoje é segunda-feira, 01 de julho de 2019, 182º dia do ano.

Sinopse dos grandes jornais impressos que circulam nacionalmente

?Edição: Sérgio Botêlho

? Manchetes do dia:

“Mais de 80 cidades têm atos em apoio à Lava-Jato. Desagravo ao ministro teve adesão do governo e críticas ao Congresso”. Manchete de capa do O Globo.

“Atos em favor de Moro fazem críticas ao STF e ao Congresso. As manifestações ocorreram em 26 Estados e no DF; a Lava Jato e a reforma da Previdência foram defendidas”. Manchete de capa do Estadão.

“Bolsonaro contraria mote de campanha e mantém toma-lá-dá-cá. Balanço dos primeiros seis meses mostra que governo negociou emendas e cargos em troca de apoio político”. Manchete de capa da Folha.

“Susep facilita comparação entre planos de previdência. Para incentivar o investidor, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) reuniu, pela primeira vez, as informações necessárias para uma comparação completa entre planos disponíveis”. Manchete de capa do Valor Econômico.

? Editoriais do dia:

“Falta apurar quem comandou desastre no crédito externo. De 2003 a 2015, governos Lula e Dilma usaram BNDES para emprestar dinheiro a países ‘amigos’”. Editorial do O Globo.

“Desafio do governo do Panamá é limpar o seu sistema financeiro. País recebeu sanção e foi colocado na lista dos que não cooperam com prevenção à lavagem de dinheiro”. Editorial do O Globo.

“As razões das críticas. A crítica será necessária sempre que um presidente demonstrar descaso pelos preceitos republicanos ainda que se alegue ser este o preço a pagar para impedir o ‘mal maior’”. Editorial do Estadão.

“Perspectivas para aposentadoria. Estudo mira recomendações para gestores públicos e privados e seus investidores e beneficiários”. Editorial do Estadão.

“A qualidade do debate político. É urgente reverter tendência de restringir o debate político a círculos fechados e homogêneos”. Editorial do Estadão.

“Enfim, um acordo. A partir do entendimento com a UE, Mercosul pode abandonar orientação protecionista”. Editorial da Folha.

“Alerta do sarampo. Governo e entidades devem estudar como divulgar informações sobre vacinas”. Editorial da Folha.

“Mais um atraso na votação da reforma da Previdência. O presidente Jair Bolsonaro precisa se empenhar com mais afinco para o bem do seu próprio governo”. Editorial do Valor Econômico.

? Outros destaques de capa:

“Atos a favor da Lava Jato miram STF e Congresso. Organizadas por grupos de direita em ao menos 70 cidades do país, as manifestações minimizaram o vazamento de conversas envolvendo o ministro da Justiça, Sergio Moro. Ministros do Supremo e os chefes do Legislativo foram os alvos dos ataques. Pelas redes sociais, Jair Bolsonaro disse que a “população brasileira mostrou novamente que tem legitimidade”. Na capa da Folha.

“Discurso raivoso predomina na avenida Paulista”. Na capa da Folha.

“Manifestantes do MBL são hostilizados em atos pró-Moro no Rio e em SP”. Na Folha.

“Toffoli atuou para atenuar crise política. Segundo participantes de jantares, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Antonio Dias Toffoli, se mostrou preocupado com a turbulência política, que esperava que refluísse após a posse de Bolsonaro”. Na capa do Valor Econômico.

“Anvisa acelera liberação de agrotóxicos no país. Este ano, foram 239 autorizações. Agência afirma que celeridade não afeta controle de produtos perigosos para a saúde humana.” Na capa do O Globo.

“Governo institui ponto eletrônico de servidor. Cerca de 410 mil servidores públicos federais de todo o Brasil serão obrigados a bater o ponto por meio eletrônico, o que vai acabar com o controle ainda feito de forma precária em papel em muitos órgãos. O processo de implantação deve durar 12 meses e, segundo Wagner Lenhart, secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, “vai ficar mais complicado burlar”. A marcação – que começa hoje para os servidores da Advocacia-Geral da União, Agência Nacional do Cinema e Universidade Federal do Tocantins – poderá ser feita por computador, pela digital ou por meio de um aplicativo instalado no celular.” Na capa do Estadão.

“Ex-presidente da Funai ataca ruralistas”. Na capa do Estadão.

“Presidente da Caixa defende ação social”. Na capa do Estadão.

“Bancos centrais já preparam moedas digitais. Os bancos centrais globais poderão ter de emitir suas próprias moedas digitais mais cedo que o esperado. A afirmação é do diretor-gerente do Banco de Compensações Internacionais (BIS), depois que o Facebook anunciou recentemente seus planos de criação de sua própria moeda”. Na capa do Valor Econômico.

“Acordo UE-Mercosul já causa polêmicas. A margem para a União Europeia (UE) barrar importações agrícolas do Mercosul, pelo acordo de livre-comércio anunciado sexta-feira, já causa divergências de interpretação”. Na capa do Valor Econômico.

“CVM investiga investimento ‘clandestino’ e ‘pirâmides’. Comissão de Valores Mobiliários (CVM) viu um salto no número de reclamações e questionamentos de investidores sobre gestão e ofertas irregulares e suspeitas de golpes. Foram abertas 369 apurações resultantes de queixas entre 2014 e 2018, com um volume crescente ano após ano”. Na capa do Valor Econômico.

“20 anos de lições. Bernardo Paiva, presidente da Ambev, lembra-se de um grande calote que levou no Carnaval de Recife, quando era gerente comercial. Hoje, 20 anos após a criação da empresa, ele ainda usa os erros como uma chance de aprendizado. No período, o valor de mercado da cervejaria cresceu mais 3.500%”. Na capa do Valor Econômico.

“Maioria das cidades criou vagas formais. Seis em cada dez municípios tiveram saldo positivo de vagas formais entre 2014 a 2018, segundo o Caged, a base de dados do governo sobre o mercado com carteira assinada”. Na capa do Valor Econômico.

“Janot cria seu escritório de advocacia. Em entrevista ao Valor, Rodrigo Janot diz que a suposta troca de mensagens entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol, divulgada pelo site Intercept, não deveria anular a condenação do ex-presidente Lula no caso do tríplex, porque a sentença de Moro foi confirmada em outras instâncias”. Na capa do Valor Econômico.

“Construtoras perdem 85% da receita. Do auge, em 2015, a receita líquida do grupo que inclui Odebrecht, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Queiroz Galvão, Galvão Engenharia, UTC e Constran caiu 85%, de R$ 71 bilhões para R$ 10,6 bilhões em 2018, segundo levantamento do Valor.” Na capa do Valor Econômico.

“Em 25 operações no Rio, R$ 1,7 bi apreendido. A Lava-Jato do Rio já apreendeu mais de R$ 1,7 bilhão, além de 699 imóveis e outros bens, mostrou reportagem do “Fantástico””. Na capa do O Globo.

“Acordo com UE entrará em vigor com trâmite rápido. O acordo entre Mercosul e União Europeia entrará em vigor no Brasil assim que aprovado pelo Congresso brasileiro, sem precisar esperar o aval dos parlamentos dos outros sócios sul-americanos. Na União Europeia (UE), bastará a aprovação do Parlamento Europeu, os congressos dos 28 países apenas ratificarão o acordo depois.” Na capa do O Globo.

“Passo histórico na Coreia do Norte. Donald Trump cruzou ontem a fronteira da Zona Desmilitarizada e se tornou o primeiro presidente americano a pisar na Coreia do Norte. Em encontro acertado às pressas, após a reunião do G-20, Trump e Kim Jong-un disseram que pretendem retomar as negociações sobre o programa nuclear norte-coreano.” Na capa do O Globo.

“Juro baixo afeta o planejamento de investidores. A queda acentuada dos juros atrapalha planos de investimento. Quem quiser mais rentabilidade terá que ir para aplicações de maior risco.” Na capa da Folha.

“Preço do gás natural para a indústria é o mais alto desde 2012”. Na capa da Folha.

“Trump é o 1º a pisar na Coreia do Norte. Em gesto simbólico, Donald Trump tornou-se no domingo (30) o primeiro presidente em exercício dos EUA a pisar na Coreia do Norte. Trump foi recebido p e lo ditador Kim Jong-un na chamada zona desmilitarizada, em frente à linha que separa o Norte do Sul. O ato marca a relação conturbada entre os norte-americanos e o país asiático. “É um grande dia para o m undo”, disse Trump.” Na capa da Folha.

? Colunas e artigos:

“É pouco provável que palavras de ordem sejam definidoras quando os ministros do STF forem analisar a suspeição de Moro.”. Na coluna de Vera Magalhães, no Estadão.

“Presidente corre risco de perder o protagonismo; mas será que o Congresso está disposto a assumir esse papel?”. Na coluna de Carlos Pereira, no Estadão.

“Alemanha que Bolsonaro criticou já foi inspiração para o Brasil”. Na coluna de Fernando Gabeira, no O Globo.

“Seis meses de Bolsonaro. Na política, governo derrapa. E economia aposta tudo na reforma da Previdência”. Na coluna de Leandro Colon, na Folha.

“Sua majestade, o presidente. O presidente perdeu o chicote, mas não se converteu em rainha da Inglaterra”. Na coluna de Leandro Colon, na Folha.

“A Lava Jato e Bolsonaro. Moro e Deltan foram nadar em águas muito mais profundas do que lhes seria seguro”. Na coluna de Leandro Colon, na Folha.

“O Brasil terá de se alinhar aos avanços civilizatórios, muitos deles detalhados no acordo entre Mercosul e União Europeia.” Na coluna de Carlos Pereira, no Estadão.

“Brasil retoma a lentidão do século 19. Tendência de estagnação da renda per capita lembra centenária paralisia do Oitocentos”. Na coluna de Vinicius Mota, na Folha.

? Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) volta a funcionar nesta segunda-feira, 01, após o fim de semana.

Destaque histórico:

“Em 1° de julho de 1916, 24 estados americanos proibiram as bebidas alcóolicas, em um prenúncio da Lei Seca. A 18° emenda entrou em vigor em 1920 e durou quase 14 anos, proibindo a fabricação, transporte, venda ou porte de qualquer bebida alcóolica. A clandestinidade fez proliferar os gangsters e a corrupção policial.” No portal Terra.

?Positivo:

“Brasília se consolida como grande centro de festivais de música”. No Correio Braziliense.

?Negativo:

“Incêndio florestal por onda de calor na Espanha força retirada de moradores”. Na Isto É online.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments