Sinopse: anúncio de reeleição feito por Bolsonaro é destaque das manchetes

📰 Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 223 – A 193 dias do fim do ano de 2019, hoje é sexta-feira, 21 de junho de 2019, 172º dia do ano.

🖋Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

“Bolsonaro contraria discurso de campanha e admite reeleição. Presidente falou sobre a possibilidade de nova disputa ao Planalto em 2022 durante evento evangélico em SP”. Manchete de capa do Estadão impresso.

“’Lá na frente todos votarão em mim, diz Bolsonaro. Em discurso, presidente sinaliza reeleição; quando candidato, prometeu fim do segundo mandato”. Manchete de capa da Folha impressa.

“Estados que fizeram ajuste investem 4 vezes mais. Valor é de R$ 381 por habitante, contra R$ 91 nos governos endividados”. Manchete de capa do O Globo impresso.

“Governo planeja reduzir salário inicial de servidor. O governo prepara para o segundo semestre proposta de reforma das carreiras do funcionalismo. O projeto vai levar em conta algumas ideias que já vinham sendo analisadas no governo de Michel Temer para melhorar a produtividade dos servidores e reduzir os custos fiscais da folha”. Manchete de capa do Valor Econômico impresso.

“General Floriano Peixoto vai deixar a Secretaria-Geral para presidir os Correios. A cadeira de Floriano ainda não tem um substituto. Uma das possibilidades seria o Secretário da Previdência, Rogério Marinho”. Manchete da hora do Valor Econômico online.

“Só reforma não basta mais para crescer, afirma secretário de política econômica. Segundo Adolfo Sachsida, ‘tem de ficar claro que economia não está indo bem’”. Manchete da hora do Estadão online.

“Desviar recurso do BNDES para Previdência desfalcará Tesouro. Para analistas, proposta de relator também prejudica programas de emprego”. Manchete da hora da Folha online.

📃 Editoriais do dia:

“No horizonte, juros menores. Há razões para acreditar numa postura nova do Copom, mais aberta a um afrouxamento da política no segundo semestre”. Editorial do Estadão.

“A prisão é a exceção. Em um Estado Democrático de Direito, a prisão não pode ser um capricho do juiz”. Editorial do Estadão.

“Fim do monopólio no refino. Acordo entre Cade e Petrobrás representa avanço importante”. Editorial do Estadão.

““Expectativas de queda nos juros tendem a crescer. Confirmada a tendência à estagnação, pressão por cortes na Selic aumentará”. Editorial do O Globo.

“Conservadorismo e xenofobia fazem cerco ao Papa Francisco. Pontífice enfrenta resistências à modernização, à punição de pedófilos e é atacado por xenófobos”. Editorial do O Globo.

“Início de maratona. Força de Moro depende das novas revelações de diálogos e das habilidades do ex-juiz”. Editorial da Folha.

“Exemplo de cima. Deputados pressionam para que Previdência afrouxe regras para próprios benefícios”. Editorial da Folha.

“Fed e BCE preparam nova rodada de corte de juros. O pano de fundo da guinada dos bancos centrais em direção ao relaxamento monetário é a desaceleração global”. Editorial do Valor Econômico.

📃 Outros destaques de capa:

“Parlamentar deve ter alívio na reforma da Previdência. Texto deve incluir regra de transição igual à de servidor, para parlamentar se aposentar com benefício acima do teto do INSS, ou acabar com o regime especial da categoria em troca de devolução de contribuições já feitas”. Na capa do O Globo.

“‘Só a reforma não basta mais para crescer’. Segundo secretário, ‘tem de ficar claro para todo mundo que a economia do País não está indo bem’.” Entrevista com Adolfo Sachsida, secretário de Política Econômica, na capa do Estadão.

“Recurso do BNDES para Previdência prejudica Tesouro. A proposta do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da reforma da Previdência, de desviar recursos do FAT-BNDES para pagar benefícios previdenciários compromete a saúde financeira das duas instituições e aprofunda o déficit do governo, dizem especialistas. Na capa da Folha.

“Escolha de meta não considera estudos sobre a inflação. Nos últimos 20 anos, o Conselho Monetário Nacional (CMN) nunca utilizou de estudos técnicos mais aprofundados para amparar suas decisões sobre a fixação da meta de inflação. É o que revelam os votos dos integrantes do Conselho, jamais divulgados e solicitados pelo Valor”. Na capa do Valor Econômico.

“Novos veículos elétricos surgem em limbo legal. Enquanto se debate a regulamentação do aluguel de patinetes em São Paulo,“ citycocos” — patinetes com pneus largos, assento e guidão alto—escooters alugadas por aplicativos e tornam cada vez mais comuns.” Na capa da Folha.

“Bolsonaro não é tutelável, diz Ramos. Nomeado para a Secretaria de Governo, cargo que assumirá em 4 de julho, o atual comandante do Comando Militar do Sudeste diz que o amigo o ouve, mas tem uma intuição política que deve ser respeitada e “não é tutelável””. Na capa do Valor Econômico.

“Augusto Heleno e a vocação para viver no olho do furacão. Ministro mais próximo do presidente Bolsonaro, o general da reserva Augusto Heleno tem opiniões fortes e não se acanha em expressá-las, como demonstrou “À Mesa com o Valor “. Não gosta do PT nem dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso.” Na capa do Valor Econômico.

“Aceno. Bolsonaro na marcha dos evangélicos, em São Paulo: “Sem boa reforma política, estaremos aí para mais quatro anos”. Foto legenda na capa do O Globo.

“Governo troca quarto ministro, e general vai assumir Correios. Quarto militar a deixar cargo, Floriano Peixoto assume estatal que será privatizada”. Na capa do O Globo.

“General deixará Secretaria-Geral e vai para Correios. Floriano Peixoto deixa a Secretaria-Geral e presidirá os Correios; é a 4ª baixa militar”. Na capa do Estadão.

“Governo vai lançar plano para baratear gás. Programa, que promete reduzir preço em até 50%, deve sair nos próximos dias”. Na capa do Estadão.

“Mulheres são minoria na chefia dos partidos. Participação feminina é de 1/3 nas executivas das legendas com representação na Câmara”. Na capa do Estadão.

“Após Irã derrubar drone, Trump diz que Teerã cometeu ‘um erro’. Teerã derruba drone que afirma ter invadido seu espaço aéreo; Trump nega”. Na capa do O Globo.

“Irã abate drone dos EUA e tensão aumenta. Oriente Médio. Em novo atrito entre os dois rivais no Estreito de Ormuz, governo iraniano afirma que aeronave de vigilância estava em seu espaço aéreo quando foi abatida, mas presidente dos EUA nega e garante que ela sobrevoava águas internacionais”. Na capa do Estadão.

“Em derrota para Trump, Senado rejeita venda de armas à Arábia Saudita”. Na Folha.

“Definidos nomes para disputar lugar de May. Boris Johnson e Jeremy Hunt se enfrentam pelo comando do Partido Conservador”. Na capa do Estadão.

“Polícia investiga trama familiar em assassinato de pastor. Rapaz envolve deputada Flordelis e três irmãs em morte de pastor”. Na capa do O Globo.

“Advogado é morto a tiros em posto em SP. Francisco Rocha, de 57 anos, foi baleado ao sair de temakeria em posto de combustível”. Na capa do Estadão.

“Rapaz morre eletrocutado ao fazer selfie em estação de trem. Para tirar selfie, estudante de 21 anos, que voltava de uma festa, pulou guarda-corpo e se apoiou em fios. Segundo amigos, vítima levou choque e caiu de cabeça na linha férrea. Circulação de composições foi interrompida durante a manhã”. Na capa do O Globo.

📃 Colunas e artigos:

“Remarcando território. Num momento em que a reforma da Previdência avança, Bolsonaro decidiu que já era hora de remarcar território na centro-direita. Jair Bolsonaro verbalizou o que os políticos mais perspicazes já haviam percebido: o presidente, a seu modo e estilo, tem trabalhado para manter a pista livre rumo a mais um mandato a partir da eleição de 2022.” Na coluna de Alberto Bombig, no Estadão.

“Feliciano de olho na chapa de Bolsonaro. O enfático aceno de Jair Bolsonaro à reeleição, justamente no meio do eleitorado evangélico, fez o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) sonhar mais alto. O pastor, um dos mais expressivos líderes do grupo religioso, está de olho na Vice-Presidência em 2022.” Na Coluna do Estadão, no Estadão.

“Após diálogos de Moro com procuradores, a nova lei contra abuso de autoridade volta à pauta do Legislativo.” Na coluna de Eliane Catanhêde, no Estadão.

“Caso vá adiante, a libra, moeda virtual lançada por Zuckerberg, pode mudar radicalmente a estrutura monetária global.” Na coluna de Pedro Doria, no Estadão.

“Decisão histórica. A decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) de bloquear R$ 1,1 bilhão das contas pessoais dos controladores da Odebrecht, Emílio e Marcelo Odebrecht, abre um novo capítulo na relação institucional entre a Justiça brasileira e empresas envolvidas em corrupção contra o Estado.” Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

“Reação ao pacote de Moro. O escândalo da troca de mensagens entre o então juiz Sergio Moro e o ainda chefe da força-tarefa da Operação Lava-Jato, Deltan Dellagnol, deu ao país a oportunidade de refletir um pouco mais sobre o chamado Projeto de Lei Anticrime, que o governo tenta aprovar no Congresso Nacional paralelamente à reforma da Previdência.” Na coluna de Flávia Oliveira, no O Globo.

“Senadores receberam dossiê com casos de Moro que geraram pedidos de suspeição”. Na coluna Painel, da Folha.

“Havendo lei, condenação de Lula é nula. Se o devido processo legal não existe, então tudo é permitido”. Na coluna de Reinaldo Azevedo, na Folha.

“Quedas mostram falhas do governo. O presidente Jair Bolsonaro mostra seu estilo ao demitir: de forma intempestiva e, às vezes, com humilhação pública”. Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

“Um presidente bicameral. Nada indica que Bolsonaro vá alterar seu estilo de gestão”. Na coluna de Helio Schwartsman, na Folha.

“Escalada de impopularidade pressiona o STF em momento delicado. Pesquisa mostra que 38% dos brasileiros acham que presidente pode fechar a corte”. Na coluna de Bruno Boghossian, na Folha.

“Perguntar quem somos. O Brasil está batendo todos os recordes de crueldade”. Na coluna de Ruy Castro, na Folha.

“Populismo e privilégios, o medo de perder e a raiva do inimigo errado. Corações vão sendo conquistados com propostas simplistas para questões complexas”. Na coluna de Cláudia Costin, na Folha.

“Weintraub não representa o Povo do Livro. Postura anti-intelectual destoa da comunidade judaica”. Artigo de Flávio Goldenberg, na Folha.

📃 Mais notícias:

“Facebook bloqueia Carlos Bolsonaro por foto com arma. Vereador compartilhou imagens de homem armado e foi banido por uma semana por ‘não seguir ‘padrões da comunidade’; ele reclamou em outra rede social”. No O Globo.

“Lava-Jato mudou escala após Moro pedir, diz site”. No O Globo.

“Presidente diz que ex-ministro é ‘página virada’. Em entrevista, ex-ministro disse que governo é um ‘show de besteiras’: ‘Todo dia tem uma bobagem para distrair a população’”. No O Globo.

📊 Mercado: Em virtude do feriado de Corpus Christi, a Bolsa de Valores de São Paulo não funcionou, ontem.

Destaque histórico:

“21 de junho de 1905: Nascimento de Jean Paul Sartre, escritor e filósofo francês.” No portal Terra.

👍Positivo:

“97% dos brasileiros aprovam vacinação infantil em meio a ameaça global de volta de doenças”. Na BBC-Brasil.

👎Negativo:

“Rede antivacina no Brasil importa teorias da conspiração dos EUA e cresce com sistema de recomendação do YouTube”. Na BBC-Brasil.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu