Sinopse 27.07.2019: revelações do hacker que invadiu celular de Moro e Dallagnol são destaques das manchetes

? Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 259 – A 157 dias do fim do ano de 2019, hoje é sábado, 27 de julho de 2019, 208º dia do ano.

Sinopse da grande mídia impressa:

? Edição: Sérgio Botêlho

? Manchetes do dia:

“Hacker diz que não alterou material encaminhado a site. Manuela D’Ávila fez ponte com Intercept, relata suepeito; ex-deputada confirma”. Manchete de capa da Folha impressa.

“Invasão de privacidade. Hacker diz que Manuela D’Ávila fez ponte com site. À Polícia Federal, Delgatti detalha clonagem de aplicativo de autoridades”. Manchete de capa do O Globo impresso.

“Manuela D’Ávila repassou contato de Glenn, diz hacker. Ex-deputada afirma que foi procurada em maio, após ter Telegram invadido; suspeito teve prisão prorrogada”. Manchete de capa do estadão impresso.

? Editoriais do dia:

“Juízo afoito. Moro confunde público e faz intromissão injustificável na apuração sobre hackers”. Editorial da Folha.

“Bolsonaro e o Irã. Alinhamento voluntarista do presidente aos EUA expõe o Brasil além do necessário”. Editorial da Folha.

“Aperfeiçoar, não desfigurar. É preciso evitar que, em nome de seu aperfeiçoamento, a regra de ouro, que impede o governo de se endividar para pagar gastos correntes, seja deturpada”. Editorial do Estadão.

“Aprendizes pela vida. Mais do que apreender conteúdos úteis para sua vida, os alunos devem aprender a se tornar ‘aprendizes pela vida’”. Editorial do Estadão.

“A batalha contra a realidade. Como presidente, Jair Bolsonaro deve se ater aos problemas reais e dar-lhes soluções”. Editorial do Estadão.

“Venda de controle da BR é parte de plano estratégico. Negócio compõe um projeto de mudança do perfil da Petrobras, com o fim de alguns monopólios”. Editorial do O Globo.

“Inoperância estatal agrava crise nos presídios e fomenta a insegurança. Apenas 7,2% dos R$ 383 milhões destinados em 2016 à criação de vagas foram efetivamente usados”. Editorial do O Globo.

? Outros destaques:

“BNDES dobra a aposta no patrimônio cultural do Rio. A Escadaria Selarón, na Lapa, e o Museu de Imagens do Inconsciente, no Engenho de Dentro, estão entre os seis projetos selecionados na primeira etapa do Matchfunding de Cultura do BNDES, que vai financiar propostas voltadas ao patrimônio cultural. A cada R$ 1 obtido pelos projetos em vaquinha on-line, o banco entrará com R$ 2.”. Na capa do O Globo.

“Portaria permite deportação de forma sumária. Assinada pelo ministro Sergio Moro, portaria prevê expulsão sumária do país de “pessoa perigosa” ou que tenha violado a Constituição. O Ministério da Justiça esclareceu que o texto, que complementa a Lei de Migração de 2017, não atinge quem é casado com brasileiro ou tem filho nascido no país.” Na capa do O Globo.

“MP do saque do FGTS vai apertar cerco a devedores. Medida provisória já em vigor determina que empregadores informem ao governo débitos com o Fundo para agilizar cobranças.” Na capa do O Globo.

“Importação de equipamentos eletrônicos será facilitada. O governo vai reduzir impostos para facilitar a importação de bens de capital e de informática sem equivalentes nacionais. Hoje já é possível importar com tributo menor 7 mil produtos sem similares produzidos no País. A equipe econômica também quer definir critérios mais claros para decidir se um bem tem ou não equivalente nacional. Movimento tem gerado preocupação na indústria, que teme um a abertura “velada” do mercado”. Na capa do Estadão impresso.

BC estuda uso de índice de inflação na casa própria. O Banco Central estuda a aplicação de indicadores como o IPCA para o reajuste das parcelas de financiamento da casa própria pelo Sistema Financeiro de Habitação. Esse índice substituiria a Taxa Referencial (TR), hoje usada como indexador nas operações. A expectativa é de que a mudança baixe os juros nos novos contratos.” Na capa do Estadão impresso.

“Acordo sobre Itaipu abre crise no Paraguai Internacional.” Na capa do Estadão impresso.

“Para ministros e congressistas, ação de Moro cruzou limites. O envolvimento do ministro Sergio Moro na Operação Spoofing reacendeu a pressão sobre ele vinda de alas do STF e do Congresso. Para ministros e parlamentares, ele extrapolou limites ao indicar que teve acesso a dados sigilosos da PF e deveria se afastar do cargo até a conclusão das investigações.” Na capa da Folha impressa.

“Deltan pode ser alvo de processo em conselho”. Na capa da Folha impressa.

“Após 8 anos sem postar, suspeito voltou às redes com críticas a Moro“. Na capa da Folha impressa.

“Entenda como hackers conseguiram invadir o celular de autoridades’. Na capa da Folha impressa.

“Perícia vê elementos de autenticidade em áudio atribuído a procurador”. Na capa da Folha impressa.

“Ministério autoriza deportar em até 48 horas ‘perigosos’. Sergio Moro (Justiça) publicou portaria que prevê deportar estrangeiros “perigosos” ou que tenham agido contra a Constituição. Estes devem se defender ou sair do país em 48 horas. Especialistas veem arbitrariedade.” Na capa da Folha impressa.

“Incorporadoras apostam em construir para alugar imóveis. Empresas procuram se adaptar a novo perfil de clientes, como jovens de classe média que não têm dinheiro para comprar apartamento em áreas centrais e estão dispostos a mudar de cidade caso troquem de emprego.” Na capa da Folha impressa.

“Bolsonaro rebate planos de saques do FGTS maiores que R$ 500”. Na capa da Folha impressa.

? Artigos e colunas:

“Se nosso monitoramento de desmate for abandonado, organizações do exterior assumirão a tarefa. Isso é abandonar soberania.” Na coluna de Fernando Reinach, no Estadão.

“Redes sociais ampliam a solidão, são responsáveis por alto índice de depressão e, pior, roubam dados dos usuários.” Na coluna de Marcelo Rubens Paiva, no Estadão.

“Portaria do Ministério da Justiça que permite a deportação sumária de estrangeiros considerados “perigosos” aumentou pressão no mundo jurídico e político para que o ministro Sérgio Moro mantenha distância do caso dos hackers.” Na Coluna do Estadão, no Estadão.

“Não parece provável que um estelionatário seja movido apenas por ‘fazer justiça, trazendo a verdade para o povo’”. Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

“Palestra de Deltan a citado em delação constrange Procuradoria; CNMP estuda nova ação contra ele”. Na coluna Painel, da Folha.

? Mercado: A Bolsa de Valores de São Paulo fechou a sexta-feira, 26, em alta de 0,16%, a 102.819 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,26%, a R$3,77. O euro fechou em baixa, também, de -0,50%, a R$ 4,19.

Destaque histórico:

Em 24 de julho de 1798, Maria Quitéria, heroína das lutas da Independência da Bahia e da Independência do Brasil, é batizada na capela de São Vicente, em Salvador, Bahia.” No portal Terra.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments