Servidor, STF, Brics, Bolívia, Lula e economia se destacam na mídia

Servidor, STF, Brics, Bolívia, acidentes, Lula e economia são destaques da grande mídia nesta sexta-feira, 15 de novembro. Chegamos ao 319º dia de 2019 e, portanto, bem próximos de ver encerrado mais um ano. Isso, porque estamos a apenas 46 dias para o réveillon 2019-2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

Servidores

“Elite dos servidores age para barrar reforma administrativa. Fim da estabilidade, redução de salários iniciais e congelamento de progressões de carreira são pontos contestados”. Manchete de capa do Estadão.

“Governo prevê economia de R$ 10,5 bi em 2020 com corte de salários e jornada de servidores. Medida está prevista em PEC encaminhada ao Congresso”. Manchete da hora do O Globo.

“Governo conta com R$ 10,5 bi de redução de jornada de servidores. Secretário de Fazenda diz que dinheiro irá para investimentos “. Manchete de capa do O Globo.

STF

“Toffoli obteve investigações sobre seis mil contribuintes. Presidente do Supremo requisitou dados dos últimos três anos de mais de 6 mil contribuintes; Banco Central também enviou relatórios produzidos pelo antigo Coaf”. Destaque de capa do Estadão.

“PGR decide não contestar decisão de Toffoli sobre acesso a relatórios sigilosos”. Destaque da hora do Estadão.

“STF deve limitar acesso a dados de órgão de controle. Ministros costuram regra para não atingir ações antigas”. Destaque de capa do O Globo.

Brics

“Declaração final do Brics ignora crises na América Latina. Divergências entre Brasil e demais países do bloco, especialmente sobre a crise na Venezuela, impediu consenso sobre tema”. Destaque de capa do Estadão.

“Putin promete a Bolsonaro acelerar derrubada de embargos à carne brasileira”. Destaque da hora do Estadão.

“China põe fundos de US$ bilhões à disposição do país. Acordo prevê investimentos em infraestrutura e confirma abertura do governo Jair Bolsonaro ao gigante asiático”. Manchete de capa da Folha.

“Brics sem consenso sobre crise na América Latina. Sem consenso, declaração de cúpula do Brics ignora Bolívia e Venezuela”. Destaque de capa do O Globo.

“China põe US$ 100 bilhões de fundos à disposição do Brasil. Maior parte dos recursos deverá financiar projetos de infraestrutura no país; Pequim também sinalizou expansão do crédito”. Manchete da hora da Folha online.

Bolívia

“Bolívia se reaproxima de EUA e Chile. Chanceler diz que pretende trocar embaixadores que foram nomeados por Evo e não sejam de carreira, com o objetivo de acabar com as indicações partidárias e diplomacia ideológica; presidente interina promete diálogo com todas as forças do Congresso”. Destaque de capa do Estadão.

Acidentes

“Passarela desaba na Marginal, fere 2 e trava o trânsito. Estrutura metálica que caiu é de responsabilidade de empreiteira que faz obras no Piqueri, segundo a Prefeitura; queda fechou as pistas no sentido da Castello Branco, causando congestionamento. Feridos tiveram apenas escoriações leves, segundo bombeiros”. Destaque de capa do Estadão.

“Para especialistas, sobrepeso fez marquise cair. Especialistas sugerem uso equivocado de cargas de argamassa na estrutura; engenheiro vistoriou prédio em julho”. Destaque de capa do Estadão.

“Passarela desaba, fere dois e trava trânsito na Marginal do Tietê. ‘Balançou uma vez e caiu em cima do ônibus’, conta passageira que viajava para Brasília”. Manchete da hora do Estadão online.

Embraer

“Embraer anuncia recall de jato executivo. Cerca de 150 aeronaves Phenom 300, um dos modelos mais vendidos, terão de fazer revisão”. Destaque de capa do Estadão.

Lula

“Lula diz que PT ‘não nasceu para ser partido de apoio’ e que ‘vai polarizar em 2022’”. Destaque da hora do Estadão.

Economia

“Prévia do PIB aponta atividade econômica em recuperação. Índice do Banco Central sobe 0,44% em setembro e fecha o trimestre com alta de 0,91%. Itaú calcula que a economia do país está crescendo a um ritmo anual próximo de 2% e deve ganhar fôlego em 2020”. Destaque de capa do O Globo.

“BNDES vai pagar mais de R$ 132 bilhões ao Tesouro em 2019. O anúncio foi feito pelo presidente do banco, Gustavo Montezano”. Manchete da hora do Valor Econômico online.

📃 Editoriais do dia:

República

“Sentido da República. Aos 130 anos, e apesar dos avanços, regime ainda não torna nação menos desigual “. Editorial da Folha.

Governo

“Pragmatismo de Bolsonaro é uma boa novidade. Apesar de críticas à China no passado, presidente se curva à importância do país para o Brasil “. Editorial do O Globo.

Infraestrutura

“Relatório sobre situação precária de viadutos não pode ser ignorado. Estudo do TCM mostra que estruturas malconservadas correm risco até de desabar”. Editorial do O Globo.

República

“Os desafios da República. Persistem no país profundas desigualdades e perversos privilégios, mas os valores republicanos inspiram muitas iniciativas e projetos que trabalham pelo bem público.” Editorial do Estadão.

Embaixada da Bolívia

“Um ato grave. Como poucas vezes se viu, Bolsonaro agiu como chefe de Estado ao lidar com invasão de embaixada.” Editorial do Estadão.

Economia

“Um trimestre de recuperação. Aumento do consumo reforça os sinais de recuperação da economia no 3º trimestre”. Editorial do Estadão.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quinta-feira, 14, em alta de 0,48% a 106.557 pontos. Dólar terminou o dia em alta de 0,19%, a R$ 4,19.

⏳ Destaque histórico:

“Em 15 de novembro de 1889 é proclamada a República no Brasil.” Mais informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu