Semana curta no Congresso e no Supremo, mas intensa na política e na economia

Sérgio Botêlho

Semana curta, no Congresso e no Supremo, mas intensa na política e na economia, tem início nesta segunda-feira, 11, com promessa de muita polarização no cenário político.

Polarização

A semana tem início à sombra da soltura do ex-presidente Lula. Liberto, Lula já fez discursos de impacto político, com críticas dirigidas a “parte do Judiciário, da Polícia Federal e do Ministério Público”. E, mais diretamente, ao presidente Bolsonaro e ao ministro Moro. As falas de Lula indicam, segundo especialistas, aumento da polarização política no país, com reflexos no Congresso.

Bolívia

Outro fato, já nesse domingo, 10, que vai elevar os decibéis da política nacional é o da renúncia do presidente da Bolívia, Evo Morales. Os acontecimentos ainda se desenrolam e durante a semana aparecerão mais detalhes, o que, certamente, provocará intensos debates entre esquerda e direita. Ou seja, ampliando a polarização. Lula já criticou os acontecimentos da Bolívia como sendo “golpe”. Bolsonaro, pelo contrário, defendeu como sendo ato democrático.

Segunda instância

Como reação àquilo que foi deliberado no Supremo, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, Felipe Francischini (PSL-PR) promete colocar em votação, já nesta segunda-feira, 11, proposta de emenda à Constituição que permite a prisão após condenação em segunda instância.

Brics e feriado

Francischini vai precisar de quórum, um desafio diante da semana curta no Congresso. Isso, por conta de dois eventos: a reunião dos países que compõem o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), nas próximas quarta e quinta feiras, 13 e 14; e, ainda, o feriado da Proclamação da República, na próxima sexta-feira, 15.

A reunião do Brics fez com que o Supremo Tribunal Federal decretasse ponto facultativo. Também o governo do Distrito Federal decidiu o mesmo. E, não é difícil prever que haja esvaziamento da atividade no parlamento, mesmo porque a Esplanada dos Ministérios vai estar sob rígido esquema de segurança, devido aos líderes mundiais presentes.

Reforma paralela

Dessa forma, outro desafio será a votação, no Senado Federal, de quatro destaques referentes à PEC paralela da Previdência, votada em primeiro turno na semana passada. Com toda a movimentação dos Brics e polaridade política, a promulgação da Reforma da Previdência, ato oficial e de grande valor simbólico, está confirmada para esta terça-feira, 12 (amanhã), às 10 horas da manhã.

Mercado

De olho em tudo isso, e, mais no cenário econômico no Brasil e no exterior, o mercado, leia-se, a Bolsa de Valores de São Paulo, por seu lado, funcionará normalmente.

Serviços e comércio

No Brasil, esta terça-feira, 12 (amanhã) marcará a divulgação da pesquisa mensal de serviços. Depois de amanhã, quarta-feira, 13, será a vez da pesquisa mensal do comércio. Bons ou maus números influenciam não apenas o Ibovespa como, também, o preço do dólar.

Prévia do PIB

Ainda no cenário nacional, na quinta-feira, 14, será conhecido o Índice de Atividade Econômica do Banco Central, referente a setembro. São números que mostram uma prévia mensal do PIB calculado pelo Banco Central.

China X EUA

De outra parte, como sempre acontece nos últimos tempos, o mercado brasileiro vai permanecer à espreita dos avanços ou dos recuos da briga comercial entre China e EUA.

Economia dos EUA

Aumentando a expectativa, haverá a divulgação, na próxima quarta-feira, 13, dos dados da inflação ao consumidor norte-americano, que influenciará, pouco depois, a fala do presidente do FED (Banco Central dos EUA). Na sexta-feira, 15, será a vez dos dados do varejo nos EUA. No entanto, com a Bovespa fechada por conta do feriado nacional.

China, Japão e Reino Unido

Também na seara econômica internacional, todos de olho na divulgação, depois de amanhã (quarta-feira, 13) dos dados sobre a produção industrial e do varejo na China. Também, depois de amanhã, serão divulgadas informações sobre o PIB japonês. Um dia depois, da Zona do Euro. Antes, nesta segunda-feira, 11, saem dados sobre o PIB do Reino Unido.

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments