Semana abriu pesada

Sérgio Botêlho Foi uma jornada de acontecimentos importantes no campo das investigações em curso, esta terça-feira, 24. Começou logo pela manhã, com buscas nos gabinetes e residências do senador

Sérgio Botêlho

Foi uma jornada de acontecimentos importantes no campo das investigações em curso, esta terça-feira, 24. Começou logo pela manhã, com buscas nos gabinetes e residências do senador Ciro Nogueira e do deputado federal Eduardo da Fonte, ambos do PP, o Partido Popular.

Na operação foi preso o ex-deputado federal Márcio Junqueira, enquanto a PF encontrou R$200.000,00 em dinheiro na casa do senador Ciro Nogueira, que, pelo seu advogado, disse que o dinheiro havia sido declarado no Imposto de Renda. A ação contra o PP é por obstrução da justiça.

No meio da tarde, veio a notícia de Minas Gerais, dando conta de que a Justiça estadual havia confirmado a condenação do ex-presidente nacional do PSDB, e ex-governador mineiro, Eduardo Azeredo. Agora, a prisão do político tucano pode acontecer a qualquer momento.

Por outro lado, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal retirou de Moro a parte da delação da Odebrecht que se reporta a Lula, no que se refere ao sítio de Atibaia e ao Instituto Lula, sem relação com a Lava-Jato, enviando o material para a Justiça Federal de são Paulo.

Ao mesmo tempo, a procuradora geral da República, Raquel Dodge, decidiu acatar denúncia crime feita pelo cantor e compositor Caetano Veloso contra o deputado federal Marco Feliciano. Feliciano havia chamado Caetano de “peódifo”. No Supremo Tribunal Federal o processo será relatado pelo ministro Luís Roberto Barroso.

Nesse ínterim, pela palavra do ministro Luiz Fux, presidente do Tribunal Superior Eleitoral veio a advertência: fake news podem até anular eleições, caso fique comprovado que essas notícias falsas, justamente, as fake news, acabaram beneficiando algum candidato.

Enfim, fica a expectativa sobre o que pode decidir a Segunda Turma do Supremo que está julgando, no plenário virtual, pedido da defesa do ex-presidente Lula para que seja revogada sua prisão. Não há prazo para a votação, podendo acontecer a qualquer momento.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.