Safra recorde de grãos mostra força do agro para economia do Paraná

Sérgio Souza *

O anúncio da previsão de um novo recorde histórico na safra de grãos, em 2019, é uma boa oportunidade para revelarmos a importância do setor agropecuário na economia brasileira e paranaense. Ao todo, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção de grãos no Brasil deve passar de 240 milhões de toneladas, 13 milhões a mais que na última safra.

Os números impressionam, mas temos de nos atentar no que realmente eles representam na cadeia de emprego e renda. Vamos regionalizar isso. Pensar em que o agronegócio representa para nosso Paraná, que é o segundo maior produtor de soja, com mais de 5 milhões de hectares plantados; segundo maior produtor de milho, com exportações na casa de US$ 5 bilhões; maior produtor brasileiro de trigo; e maior produtor de feijão, com três safras por ano.

Todo o setor gera emprego e renda. O agro emprega 840 mil pessoas e representa 33% do Produto Interno Bruto do Paraná. Isso faz com que a taxa de desemprego no nosso Estado seja uma das menores do País, de 7,8%. Para se ter ideia, a taxa nacional é de 12,5%.

O mais impressionante e que talvez nem todo mundo saiba é que um agro forte reflete em diversos segmentos da sociedade. Quando colhemos uma safra recorde de grãos, isso quer dizer que houve aquecimento no mercado de insumos agrícolas, fertilizantes, sementes, maquinários… E, claro, significa que haverá o mesmo aquecimento no transporte, nas exportações, nas vendas, entre outros. Ou seja, de forma indireta, o agro ainda emprega muito mais pessoas.

Mesmo com toda essa importância em nossa economia, mesmo levando riqueza a milhares de famílias, mesmo assim ainda encontramos pessoas e organizações que trabalham para enfraquecer o agronegócio brasileiro. E isso nos leva a uma única pergunta, que deve ser respondida por cada um de nós: A quem interessa o agro fraco?

(*) Sérgio Souza é deputado federal e vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments