Com retorno de 400 a 500%, governos de São Paulo e capital não pretendem reduzir gastos na cultura

Diferentemente do que está sendo decidido pelo atual governo da União, que pretende reduzir drasticamente os limites de financiamento da Lei Rouanet, o governo de São Paulo e a prefeitura da capital paulista vão continuar investindo na cultura nos mesmos patamares do que acontece hoje.

O que move o governador João Dória (PSDB), e seu colega de partido, prefeito Bruno Covas é uma conta simples de chegar, no campo econômico, o que permite uma tomada de posição longe de contornos ideológicos.

Segundo a colunista Sônia Racy, do Estadão, “estudos encomendados pelo secretário Sérgio de Sá Leitão, ainda quando ministro da Cultura de Temer, apontavam que o retorno de cada real investido em cultura, via empregos e outros ganhos, era de quatro ou cinco vezes mais.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments