Rio tem 93% das cidades infectadas; compras para covid são investigadas

Rio com 93% das cidades infectadas; compras para covid são investigadas. Esses são destaques da grande mídia, nesta segunda-feira, 11 de maio de 2020, na seção DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA, do Anexo 6.

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“Rio já tem 93% das cidades com casos de Covid-19. Índice de disseminação do vírus no Brasil só é superior em municípios do Amapá.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Compras sem licitação por covid-19 são investigadas em 11 Estados. Governos viram alvo de ações policiais e do Ministério Público; DF também tem apuração.” *Manchete de capa do Estadão*.

“Semana será decisiva para apuração sobre Bolsonaro. Investigação pode levar a afastamento do presidente, que fala em ficar até 2026.” *Manchete de capa da Folha*.

“União pagará dívida de R$ 81 bilhões a Estados. Ideia é pagar, ainda no exercício de 2020, 90% de uma dívida de R$ 81,3 bilhões cuja quitação se arrasta há mais de cinco anos. ” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Depoimentos sobre a PF pressionam o governo. Bolsonaro refuta impeachment e diz que só sairá em janeiro de 2027. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

📃 *Destaques de capa*:

_O GLOBO_

“Leitos precisam ser abertos mesmo sem respiradores”.

“De 2.700 novas vagas prometidas no Rio, só 20% funcionam. Das 12 unidades previstas no Estado do Rio, três entraram em funcionamento; a quarta será inaugurada hoje pela iniciativa privada na Barra”.

“Fernando Gabeira: Bolsonaro se limita a atacar o isolamento, em vez de agir”. 

“Portal de favelas e Consulado dos EUA se unem contra fake news”. 

“Natalia Pasternak: Falar em cloroquina agora é perda de tempo e esperança”.

“Militares avançam em cargos na área da Saúde. TEICH COLOCA MILITARES EM POSTOS-CHAVE”.

“Programas de milhas sofrem com crise aérea. Crise das aéreas afeta empresas de milhas”. 

“Tributo desperta importância de contar histórias das vítimas. Projeto dos Inumeráveis no GLOBO repercutiu nas redes sociais e no exterior”. 

“Batalha das narrativas. Para cientista política Karoline Postel-Vinay, especialista no estudo de narrativas nas relações internacionais, prioridade é reinventar contrato social, mas Trump e Bolsonaro não têm interesse. Para a cientista política da prestigiosa Sciences-Po, em Paris, período pós-pandemia verá acirramento da luta por influência.”.

_FOLHA_

“Entrevista da 2ª. Rogério Arantes. Crise mostra limites para interferência da PF”.

“Morre Sérgio Sant’Ana”.

“Celso R. de Barros: O presidente é o centrão armado”. 

“Gestão atual gasta mais no cartão da Presidência”. 

“Vídeo do Planalto usa sentença que lembra lema nazista. A Secom usou em propaganda do governo Bolsonaro sentença que remete à inscrição nazista: ‘o trabalho liberta’”.

“Bolsonaristas reviram lixo para atacar imprensa”.

“Com escritórios vazios, firmas da Faria Lima, em SP, já avaliam manter trabalho remoto”.

“Com juros baixos, brasileiros buscam as ações em queda”. 

“Sarampo cresce no país com pandemia do coronavírus ”. 

“Megarrodizídio de carros cresce na cidade de São Paulo”.

“Governo de SP não consegue conter Covid-19 nas prisões”.

“Segundo estudo, uso da hidroxicloroquina não reduz nem intubações nem mortes”.

“Fisioterapia pode ajudar na prevenção e em todas as etapas do tratamento da nova doença”. 

_ESTADÃO_

“Prefeituras podem adiar contribuição à Previdência. Senado aprovou dispositivo no projeto de socorro a Estados e municípios para que as prefeituras suspendam pagamento de sua parte na contribuição previdenciária, mas Ministério da Economia vê risco de buraco nas contas comprometer até o pagamento de benefício”.

“Reajuste de servidores. Projeto foi aprovado no Senado e chance de aumento ao funcionalismo atropelou orientação de Guedes, que quer salários congelados”.

“Interior de SP já teme sobrecarga hospitalar. Entre os dias 3 de abril e 1º de maio, o Estado registrou crescimento de 2.532% nos contaminados no interior, enquanto na região metropolitana o avanço foi de 625%. Ao menos 90 cidades com até 10 mil habitantes tinham casos positivos de coronavírus até sábado”. 

“Entrevista. Paulo Niemeyer Filho. ‘Vemos cada vez mais AVCs ligados à covid-19’. Segundo o médico neurologista, há sinais de que o vírus pode penetrar nos neurônios”. 

“LOCKDOWN COM RUA CHEIA EM BELÉM. No centro, onde havia fiscalização, comércio até fechou mais cedo; na periferia, ainda havia aglomerações”.

“Em busca de vacina. VOLUNTÁRIOS DOAM SANGUE PARA PESQUISA. A enfermeira Waldineia Campos, 43 anos, pegou a covid-19 e ficou 13 dias internada”.

“Com mais casos, Ásia teme nova onda de contágio. China e Coreia do Sul registraram aumento de infectados por coronavírus menos de uma semana depois de reabertura parcial”.

“Trump tenta conter vírus na Casa Branca. Assessor do presidente e porta-voz do vice têm diagnóstico positivo para a covid-19; com os resultados, Mike Pence e as três principais autoridades da força-tarefa do governo contra o coronavírus adotam o autoisolamento, enquanto aumenta o monitoramento de funcionários”. 

“Avianca Holdings pede recuperação judicial. Em dificuldades há mais de um ano, empresa pode ser primeira grande aérea a falir por causa da crise do coronavírus”. 

“Claudio de Moura Castro: Para promover suas agendas, políticos e oportunistas de todos os matizes reivindicam ser verdade científica o que dizem.”.

“Fareed Zakaria: O verdadeiro escândalo não é o que a China nos fez, e sim aquilo que, juntos, estamos fazendo com o planeta.”.

_VALOR ECONÔMICO_

“Negociação favorece o novo TRF-MG. Palácio do Planalto costurou a votação do projeto com a nova base de apoio, o Centrão”.

“Estudo mostra concentração na agricultura. Desigualdade da distribuição de terras no Brasil é uma das mais altas do mundo”.

“Moro enfrenta clima hostil nos três Poderes. Ex-ministro viu seu prestígio político erodir aos poucos, a partir dos vazamentos de diálogos que manteve com procuradores da Lava-Jato quando conduzia a operação”. 

“‘Bolsonaro fará país pagar caro’. Para Obstfeld, ex-economista-chefe do FMI, atitude do presidente pode levar a uma segunda onda de infecção ou a um confinamento mais severo à frente”. 

“Varejistas vão ao mercado buscar recurso para o caixa. Via Varejo vai buscar cerca de R$ 5 bilhões e a Centauro quer levantar ao menos R$ 500 milhões”.

“Procuram-se técnicos em cibersegurança. Mercado emprega 2,8 milhões de profissionais em dez países, mas o déficit global chega a 4 milhões”.

“Petróleo impõe perdas ao Nordeste. Choque de preços do petróleo deve reduzir em 18% a arrecadação de royalties dos municípios do Nordeste este ano e ANP estima perda de R$ 200 milhões”.

“IPCA caminha para deflação no semestre, mesmo com pressão do câmbio no atacado. Fraqueza da demanda evita repasses da desvalorização do real para os preços ao consumidor”. 

“Incerteza alarga distância entre projeções para o PIB. Levantamento mostra que projeções do Focus são mais precisas que as do Fundo Monetário”. 

“Corte de juro com sabor de aperto. Banco Central agora parece menos preocupado com as condições financeiras”.

“União quer pagar dívida para aliviar Estados. Ideia é quitar este ano 90% de débito de R$ 81 bi com fundo educacional que se arrasta há cinco anos”.

“Guedes quer fazer da Economia o modelo de reforma da gestão. Ministro quer levar experiência da unificação de cinco pastas sob seu comando no início do governo para toda a administração federal”.

“Desemprego pode ser o maior dos últimos 25 anos, preveem analistas. Ibre projeta que, na média, taxa de desemprego deste ano subirá para 18,7%, depois de ter fechado 2019 com média de 11,9%”. 

“Caixa do governo recuou em março com elevação de gasto. Situação fica ainda mais delicada com dificuldade do Tesouro em rolar a dívida pública”. 

“‘Lockdown’ deve vir ‘antes tarde que nunca’, diz especialista. Médica Margareth Dalcolmo, pesquisadora da Fiocruz, considera que o país perdeu o “timing” para a medida”.

“Mortes superam 11,1 mil, mas Bolsonaro quer mais categorias como ‘serviços essenciais’. Brasil permanece como o país com o sexto maior número de mortes por causa da covid-19”.

 _CORREIO BRAZILIENSE_

“China e Coreia veem segunda onda da covid-19”.

“Covid mata o escritor Sérgio Sant’Ana”.

“Artistas repudiam Regina Duarte”. 

“Brasil tem 162 mil contaminados”. 

“No DF, mortes chegam a 41”.

“Dengue tem 2 mil casos em uma semana”.

“Servidores em home office passarão por avaliação”.

“PIB deve encolher por dois anos seguidos”. 

“Saúde mental. Apoio contra a ansiedade. Voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV) prestam assistência efetiva a quem enfrenta a solidão e o desamparo”. 

“Roubo no Lago Sul. Assaltante é morto a tiros por delegado”.

📃 *Editoriais do dia*:

_FOLHA_

“Pressão deflacionária. Queda de preços em abril reforça corte de juros; dólar e dívida são riscos.” 

“Álcool no isolamento. Pandemia eleva consumo caseiro de bebida; dano deve ser tratado com informação.”

_O GLOBO_

“É preciso preparar a base industrial para o SUS. Hoje 90% da produção global de insumos e equipamentos se concentram na China e na Índia.” 

“Crise vai impor uma reestruturação ampla à indústria global de petróleo. Entre mudanças de regulação que o abalo neste mercado força está o fim do regime de partilha no Brasil.” 

_ESTADÃO_

“Assombrações. No Brasil sob a Presidência de Jair Bolsonaro, todos os que não devotam total lealdade ao governo são vistos não como opositores, mas como inimigos que almejam destruir o País.”.

“Pobreza, paraíso para o vírus. Contágio é facilitado em casas pobres, superlotadas e sem saneamento básico.” 

“A pandemia expõe as desigualdades. Quanto mais a epidemia avança, mais as disparidades vêm à tonas.”. 

_VALOR ECONÔMICO_

Toffoli disse o óbvio ao presidente Bolsonaro. O presidente gostaria de poder reabrir a economia por decreto”. 

_CORREIO BRAZILIENSE_

“A dengue e a covid-19. Em que pese o número de mortes provocadas pela covid-19 já tenha superado, em muito, as causadas pela dengue no Brasil, a luz amarela acendeu para as autoridades sanitárias devido ao iminente colapso do sistema de saúde, que será incapaz de acolher os infectados pela pandemia do novo coronavírus.”. Editorial do Correio Braziliense.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments