Reprovação a Crivella e Enem aceito no exterior são destaques da mídia

Reprovação a Crivella e Enem aceito no exterior. Estes são os destaques da grande mídia, neste domingo, 15 de dezembro de 2019.

? Edição: Sérgio Botêlho

? Destaques do dia:

Manchetes

“Crivella, reprovado por 72%, é superado por Paes e Freixo. Prefeito do Rio, que busca reeleição, é mal avaliado até entre os evangélicos.” Manchete de capa da Folha.

“Gestão Crivella é reprovada por 72% dos eleitores cariocas. Saúde é o principal problema; Paes e Freixo saem na frente para 2020”. Manchete de capa do O Globo.

“Enem já é aceito em universidades de EUA, Canadá e Europa. Prova brasileira começa a ser usada por instituições no processo de seleção de alunos”. Manchete de capa do Estadão.

Destaques de capa do O Globo

“Comandante do Exército nos governos Dilma e Temer, o general Eduardo Villas Bôas revela que sofreu pressões por intervenção militar no período do impeachment da petista e do escândalo da JBS, mas avalia que as instituições cumpriram seu papel e, hoje, não vê “risco à democracia”. Destaque de capa do O Globo.

“Vestidos de HomemAranha e Pantera Negra, Thiago Reis e Lucas Rafael driblam a crise nos trens do ramal de Japeri. Aceitam até cartão (débito e crédito) para as gorjetas. Outros artistas também fazem sucesso nas ruas do Rio”. Destaque de capa do O Globo.

“Governo argentino eleva taxa de exportação, e pão pode subir no Brasil”. Destaque de capa do O Globo.

Destaques de capa do Estadão

“Em 11 anos, 1 condenação por venda de sentenças. Dos 17 magistrados punidos pelo CNJ entre 2007 e 2018 sob a acusação de obter vantagens com decisões judiciais apenas um foi julgado e condenado criminalmente”. Destaque de capa do Estadão.

“Belo Monte quer térmicas para suprir baixa geração. Após gastar R$ 40 bilhões, usina fica até cinco meses por ano sem produzir energia”. Destaque de capa do Estadão.

“Micropetroleiras avançam na extração em terra. Com a Petrobrás concentrada no pré-sal, companhias gastam a partir de R$ 3 milhões para furar poços pequenos, onde se chega a retirar petróleo em baldes”. Destaque de capa do Estadão.

“Planalto abriga ‘ideólogos’ do Aliança. O principal redator do manifesto do Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro quer criar, foi Felipe Cruz Pedri, assessor da Casa Civil da Presidência. Pedri teve a colaboração de Filipe Martins, assessor internacional do Planalto, e do deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP)”. Destaque de capa do Estadão.

“A volta dos integralistas. Movimento criado por Plínio Salgado nos anos 1930 se reorganiza e deve realizar congresso nacional e lançar candidatos próprios em 2020”. Destaque de capa do Estadão.

“Ilan Goldfajn: ‘País tem de insistir em reformas’. Para ex-presidente do BC, ansiedade pode levar País a não insistir nessa agenda, que começa a dar resultados”. Destaque de capa do Estadão.

“À espera da mãe de todas as batalhas. Cinema. Estreia, no dia 19, ‘A Ascensão Skywalker’; nono filme da série sai 42 anos após primeiro”. Destaque de capa do Estadão.

Destaques de capa da Folha

“Aparelhos auditivos já têm inteligência artificial, mas alto custo é obstáculo”. Destaque de capa da Folha.

“Clubes brasileiros melhoram menos que europeus com troca de técnicos”. Destaque de capa da Folha.

“Ernesto promove guinada {conservadora} inédita no Itamaraty em um ano. Mas, sempre encontrou limites quando se chocou com setores influentes, como os militares e o agronegócio”. Destaque de capa da Folha adfsdfo.

“Série de propostas sobre segurança pública não avança”. Destaque de capa da Folha.

“Moraes fez lobby quando era secretário, sugere grampo. Um grampo da PF de 2015 sugere que o ministro do STF, Alexandre de Moraes, quando era secretário de Segurança Pública de São Paulo, atuou informalmente como advogado de um desembargador suspeito de cometer ilegalidades”. Destaque de capa da Folha.

“Sob ameaça, Minha Casa depende de doação de terreno”. Destaque de capa da Folha.

? Editoriais do dia:

“Pós-Previdência. Inabilidade, excesso de propostas e indefinição de prioridades travam agenda”. Editorial da Folha.

“Superioridade federal. Atacadas por ministro, universidades ligadas ao MEC lideram de novo em qualidade”. Editorial da Folha.

“Impunidade deixa assembleias em situação próxima da anarquia. Falta de critérios comuns de zelo com o dinheiro público favorece desvios e apropriação de recursos”. Editorial do O Globo.

“Chance real de um salto no saneamento. Novo marco regulatório abre espaço para iniciativa privada e permite ampliar investimentos”. Editorial do O Globo.

“Renovação auspiciosa. Atuação de deputados estreantes é positiva, com sinais claros de uma nova cultura de trabalho no Congresso..” Editorial do Estadão.

“Brexit done. Nos últimos quatro anos, o Brexit dominou o debate no Reino Unido e no restante da Europa. É chegada a hora de sua concretização.” Editorial do Estadão.

“Alta pausada do comércio varejista. Há convicção de que o crescimento do Produto Interno Bruto será igual ou superior a 1% em 2019”. Editorial do Estadão.

? Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não funciona nos finais de semana.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments