Bolsonaro entrega proposta de reforma previdenciária dos militares ao Congresso

O presidente Jair Bolsonaro foi ao Congresso Nacional, nesta quarta-feira (20), para entregar pessoalmente a proposta reforma da aposentadoria dos militares. O projeto era o que faltava para que os deputados começassem a apreciar a Reforma da Previdência para todos os brasileiros.

Bolsonaro, que retornou recentemente de viagem aos Estados Unidos, pediu aos parlamentares celeridade na votação da proposta. Ele espera que a Câmara dos Deputados aprove as duas propostas até o fim do ano. “Assim, vamos sinalizar que o Brasil está mudando”, afirmou.

J. Batista / Câmara dos Deputados
Maia recebe Bolsonaro na Presidência da Câmara dos Deputados – Foto: J. Batista / Câmara dos Deputados

Por sua vez, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, disse que a Casa tratará as propostas “com toda celeridade e importância”.

O presidente da República levou consigo ao Congresso seus principais ministros: Paulo Guedes (Economia), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Fernando Azevedo e Silva (Defesa), além do secretário de Previdência, Rogério Marinho.

Principais mudanças para os militares

  • elevação da alíquota previdenciária de 7,5% para 10,5%;
  • aumento do tempo para o militar passar para a reserva (de 30 para 35 anos na ativa);
  • taxação de 10,5% nas pensões recebidas por familiares de militares.

>> Clique aqui e conheça a proposta do Governo

 

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu