Quarentena relaxada; Brasil tem 114 mortes num só dia

Quarentena relaxada; Brasil tem 114 mortes num só dia. Esses são destaques da grande mídia impressa, nesta quarta-feira, 08 de abril de 2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Destaques do dia:

“País tem 114 mortes num dia; cidades relaxam quarentena. Número oficial de vítimas da covid-19 sobe para 667; em SP, Prefeitura registra 810 mil passageiros a mais nos ônibus”. Manchete de capa do Estadão.

“Cresce expectativa de perda de renda com coronavírus. Preocupação, majoritária entre os mais pobres, já avança para os mais ricos, segundo o Datafolha”. Manchete de capa da Folha.

“Mais de 18 milhões se inscrevem no 1º dia para receber os R$ 600. Governo estima que mais 7 milhões de pessoas precisem se cadastrar”. Manchete de capa do O Globo.

“Medida deve abrir crédito a empresas inadimplentes. Governo poderá baixar uma MP para permitir a renegociação de débitos a empresas, Estados e municípios que não venham pagando suas obrigações, para que possam voltar a se endividar”. Manchete de capa do Valor Econômico.

“Benefício de R$ 600 será pago a partir de amanhã. Decreto permite que bancos abram agências no DF”. Manchete de capa do Correio Braziliense.

📃 Editoriais do dia:

“Poder destrutivo. À falta de ideias e liderança, Bolsonaro ameaça usar caneta para agravar crise”. Editorial da Folha.

“Máscaras para todos. Mal não fará recomendar o uso geral dos dispositivos, inclusive os caseiros”. Editorial da Folha.

“É preciso criar as condições para o retorno ao trabalho. Presidente nada sabe sobre o assunto e perdeu a noção da realidade”. Editorial do Valor Econômico.

“Trabalho acertado. Usando uma metáfora do filósofo grego Platão, contida em sua obra A República, em que dialoga com seu mestre Sócrates, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deixou cristalina como a água sua intenção de se pautar pelo conhecimento e a ciência, sempre”. Editorial do Correio Braziliense.

“Rede de segurança institucional aparece na crise. Está claro que freios e contrapesos do regime democrático atuam de forma explícita e implícita”. Editorial do O Globo.

“Tratamento com plasma de pessoas curadas da Covid é tentativa válida. Terapia, que começou a ser testada esta semana no Brasil, já foi usada em epidemias como a da Sars”. Editorial do O Globo.

“Os incendiários e os bombeiros. A tarefa dos militares lotados no governo, como o general Braga Netto, tem sido a de proteger o presidente Bolsonaro de si mesmo e do tal ‘gabinete do ódio’.” Editorial do Estadão.

“A educação avança a despeito do MEC. Apesar do desastrado modo como o MEC está sendo gerido, avançou a educação brasileira.” Editorial do Estadão.

“O mês em que o Brasil parou. Primeiros dados de março já indicam a extensão dos danos econômicos da pandemia.”. Editorial do Estadão.

“A falta que faz a União. Ante a lentidão do governo federal, governadores e prefeitos agilizaram suas próprias medidas de amparo aos setores mais debilitados.”. Editorial do Estadão.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira, 07, em alta de 3,08%, a 76.358 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de –1,25%, a R$ 5,23.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments