Projeto segunda instância, Coaf, porteiro e desmate se destacam na mídia

Projeto segunda instância, Coaf, Caso Marielle, desmatamento e economia são destaques da mídia, nesta quinta-feira, 21 de novembro. Chegamos ao 325º dia de 2019 e, portanto, bem próximos de ver encerrado mais um ano. Isso, porque estamos a apenas 40 dias para o réveillon 2019-2020.? Edição: Sérgio Botêlho

? Manchetes do dia:

Segunda instância

“Projeto para prisão em segunda instância avança na Câmara. Texto altera artigos da Constituição que tratam de recursos e segue agora para comissão especial”. Manchete de capa do O Globo.“CCJ aprova projeto de prisão em 2ª instância. Proposta que altera dois artigos da Constituição passou por 50 votos a 12 e ainda precisa ser votada em Plenário e no Senado”. Destaque de capa do Estadão.

STF/Coaf

“Toffoli vota por fixar restrições para uso de dados. Relator do caso que está sendo discutido no STF sobre o compartilhamento de dados de órgãos de controle com o Ministério Público, o presidente da Corte, Dias Toffoli, defendeu que sejam fixadas regras para o repasse de informações. Ainda faltam votar os outros 10 ministros.”. Destaque de capa do O Globo.“Toffoli defende limites ao ‘Coaf’ e decisão é adiada. O ministro Dias Toffoli manifestou-se pela imposição de limites à Receita e à UIF – ex-Coaf – no compartilhamento de informações com o MP para fins penais”. Destaque de capa do Valor Econômico.

Caso Marielle

“Caso Marielle: na PF, porteiro muda versão. O porteiro mudou a versão dada em dois depoimentos anteriores à Polícia Civil, no inquérito sobre a morte de Marielle Franco. Segundo ele disse à Polícia Federal ter “anotad oerrado ”o número da casa do presidente Bolsonaro”. Destaque de capa do O Globo.“Porteiro ‘se enganou’ ao citar Bolsonaro. Funcionário de condomínio afirma à PF que se equivocou ao escrever que acusado de matar Marielle iria à casa que pertence a Bolsonaro”. Destaque de capa do Estadão.

5G

“Empresas investem para leilão de 5G. O leilão de 5G, que pôs o Brasil no centro da disputa entre EUA e China, já movimenta investimentos das operadoras. Até o fim do ano que vem, Oi, Vivo, Claro e TIM destinarão R$ 33 bilhões à ampliação de suas redes de fibra ótica, essenciais para usar a quinta geração de telefonia móvel.”. Destaque de capa do O Globo.

Aposentadoria

“Novo cálculo de aposentadoria deve ser barrado. Após o Senado aprovar, dentro da PEC que trata da Previdência dos servidores, uma mudança na regra de cálculo da aposentadoria de todosostrabalhadores,aCâmaradeveengavetar a proposta. Outro ponto da PEC, que reduz penalidades a estados que descumprirem regras fiscais, também preocupa o governo.”. Destaque de capa do O Globo.

Violência

“Comerciante mata moradora de rua a tiros. Moradora de rua abordou comerciante para pedir R$ 1 e acabou sendo morta com dois tiros no Centro de Niterói. Ele foi preso.”. Destaque da hora do O Globo.

Óleo nas praias

“Desde 2018 não havia plano para conter óleo”. Destaque de capa do O Globo.

Tela quebrada na Câmara

“Tela quebrada por deputado voltará à mostra. A tela do cartunista. Câmara vai reinstalar obra destruída por deputado. Painel com charge de homem negro atacado por policial foi quebrado por deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) na terça-feira. Cartunista diz que episódio foi uma agressão à liberdade de expressão e cobra providências”. Destaque de capa do O Globo.

Desmatamento

“País vai a conferência da ONU ‘cobrar’ verba contra desmatamento. Ministro do Meio Ambiente diz que reivindicará na COP-25 recursos ‘prometidos’ ao País”. Manchete de capa do Estadão.“Desmate é cultural e não vai acabar, diz Bolsonaro”. Destaque de capa da Folha.

Prisão

“Ex-presidente da Braskem é preso em Nova York. Executivo foi detido no Aeroporto JFK, em Nova York, sob a acusação de crimes como pagamento de propina e lavagem de dinheiro durante o período em que liderou a petroquímica, controlada pela Odebrecht; Justiça nega pedido de liberdade sob fiança”. Destaque de capa do Estadão.Trump“Trump pediu pressão sobre Ucrânia, diz embaixador. Em depoimento na Câmara dos Deputados, Gordon Sondland confirma que presidente americano suspendeu ajuda militar aos ucranianos para pressionar pela abertura de uma investigação sobre o democrata Joe Biden, seu rival na eleição de 2020”. Destaque de capa do Estadão.

Saneamento

“Pressão pode mudar lei de saneamento. Geninho Zuliani (DEM-SP) permite renovação de contratos de saneamento em vigor, mas veta novas obras sem licitação após marco legal”. Destaque de capa do Estadão.

Economia

“Consumo, em 2020, deve voltar ao nível pré-recessão. Com juros menores e liberação de FGTS, famílias sustentam retomada enquanto investimento ainda patina”. Manchete de capa da Folha.“Governo quer 35% de IR para salários de R$39 mil”. Destaque de capa da Folha.“Com China, preço da carne sobe e vai continuar alto”. Destaque de capa da Folha.“Mercado interno sustentou os balanços no 3º trimestre. A demanda mais firme no mercado doméstico sustentou os balanços das empresas no terceiro trimestre”. Manchete de capa do Valor Econômico.“Cresce número de municípios bilionários. Apesar do desempenho morno da economia nos últimos anos, o número de municípios com receita orçamentária acima de R$ 1 bilhão aumentou”. Destaque de capa do Valor Econômico.“Sinais de alerta levam Bolsonaro a moderar o tom. Sinais de alerta foram o leilão frustrado do pré-sal, o dólar a R$ 4,20 e a saída cambial recorde”. Destaque de capa do Valor Econômico.“Técnicos esperam déficit acima de R$ 80 bi. Projeção no Ministério da Fazenda é maior que a do ministro Paulo Guedes”. Destaque de capa do Valor Econômico.“Economia global ensaia recuperação. Os mercados financeiros têm mostrado força neste mês, sinal de que o otimismo em relação à economia mundial aumentou”. Destaque de capa do Valor Econômico.

? Editoriais do dia:

Política

“Bancada do atraso. Forças de esquerda e de regiões pobres travam avanço do marco do saneamento “. Editorial da Folha.

Oriente Médio

“Aposta no conflito. Em nova posição, EUA decidem considerar legais assentamentos na Cisjordânia “. Editorial da Folha.

Reformas

“Não se pode retardar a reforma administrativa. Bolsonaro erra ao adiar projeto de mudanças que visam a melhorar o atendimento à população”. Editorial do O Globo.

Paraguai

“Pedido de prisão de Cartes poderá mudar cenário político do Paraguai. Ex-presidente se destaca entre os empresários mais ricos dos pais e lidera parte do hegemônico Partido Colorado”. Editorial do O Globo.

Economia

“Confiança, mas condicional. CNI aponta alta da confiança do empresário industrial. Os índices podem prenunciar uma recuperação mais firme, mas a conexão está longe de ser imediata” Editorial do Estadão.

Saúde

“A saúde no Brasil. Se o Brasil pleiteia a sério o ingresso na OCDE, deve começar pela superação da miséria crônica.” Editorial do Estadão.

Educação

“O canal de denúncias nas escolas. Apelar para o denuncismo expressa uma perigosa forma de autoritarismo”. Editorial do Estadão.

Desmatamento

Desmatamento acelerado põe por terra álibis do governo. O governo e o ministério da área empenharam-se em destruir a credibilidade do Ibama e do ICMBio. Não há mais política ambiental”. Editorial do Valor Econômico.

? Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não funcionou nesta quarta-feira, 20, por conta do feriado do Dia da Consciência Negra, em São Paulo.

⏳ Destaque histórico:

“Há exatos 57 anos, em 21 de novembro de 1962, uma turma de músicos, compositores e cantores brasileiros realizou um show memorável no Carnegie Hall, em Nova York. Era a turma da Bossa Nova fazendo história.” Mais informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


0 0 vote
Article Rating
Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments