Prisão de político, maquininhas, STF e garantias se destacam na mídia

Prisão de político, ganho com maquininhas, crédito tributário e juiz de garantias. Estes são os destaques da grande mídia, nesta segunda-feira, 13 de janeiro de 2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Destaques do dia:

“Câmara articula votar fim do foro com restrição a prisão de político. Emenda prevê que juiz de 1ª instância não poderá decretar medidas cautelares contra parlamentar”. Manchete de capa do O Globo.

“Competição pressiona ganho com ‘maquininhas’. PagSeguro, que dá prioridade a microempreendedores, deve apresentar pela primeira vez lucro líquido superior ao da Cielo”. Manchete de capa do Valor Econômico.

“Julgamento do STF aquece venda de crédito tributário. Corte decidirá o alcance do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins”. Manchete de capa da Folha.

“Moro espera que STF corrija ‘falhas’ no juiz de garantias. Ministro vê ‘problemas técnicos graves’ na figura incluída no pacote anticrime e diz que ‘faltou debate’ na Câmara”. Manchete de capa do Estadão.

“Novas UPPs terão câmera em uniforme de PM. Nova UPP começa pela Rocinha com câmera em uniforme de policial”. Destaque de capa do O Globo.

“Legislativo e Judiciário terão de conter gastos. Judiciário e Legislativo terão de reduzir à metade ritmo de crescimento das despesas”. Destaque de capa do O Globo.

“Irã reforça policiamento contra protestos. Regime reforça repressão no Irã e impede crescimento de protestos por queda de avião”. Destaque de capa do O Globo.

“Abertura oficial do carnaval acaba em tumulto. Uma hora após apresentação do Bloco da Favorita, que reuniu 300 mil foliões, em Copacabana, houve correria e assaltos”. Destaque de capa do O Globo.

“Base brasileira na Antártica será reinaugurada. Oito anos após o incêndio que destruiu suas instalações, a base brasileira na Antártica será reinaugurada amanhã com 17 laboratórios. Ao longo deste ano, 120 cientistas passarão pela base.”. Destaque de capa do O Globo.

“Fernando Gabeira: Como se preparar para um mundo em chamas. Destaque de capa do O Globo.

“Antonio Gois: É preciso garantir acesso à educação sexual”. Destaque de capa do O Globo.

“Mudança no Bolsa Família prevê aumento de benefício. Novas regras do programa e pagamento de abono equivalente ao 13º vão gerar despesa de R$ 7 bilhões neste ano; ministro da Cidadania fala em usar receitas do petróleo e combater fraudes do BPC, concedido a idosos e pessoas com deficiência, para fechar conta”. Destaque de capa do Estadão.

“Protestos antigoverno se intensificam no Irã. População se enfureceu com o fato de o governo iraniano passar dias negando antes de admitir que suas forças armadas derrubaram um avião de passageiros por engano na semana passada; repressão nas ruas da capital aumentou e aiatolá culpa os EUA”. Destaque de capa do Estadão.

“Inteligência artificial contra o tumor de pele. Projeto de cientistas da Unicamp treina computadores para identificar melanoma; taxa de acerto do algoritmo é de 86%, ante 67% na avaliação de dermatologistas. Ideia é usar algoritmo para compreender padrões de malignidade não percebidos pelos humanos”. Destaque de capa do Estadão.

“Década passada foi a pior para o PIB no Brasil. Estudo do economista Roberto Macedo indica que a variação média no período foi de 1,39%”. Destaque de capa do Estadão.

“No Rio, bala perdida mata 4 idosos em 1 mês. Ao menos três foram atingidos em confrontos de suspeitos com a PM, conforme relatos; polícia afirma que atua para preservar vidas”. Destaque de capa do Estadão.

“CPIs na Alesp têm resultados quase nulos. No ano em que assessores acamparam para evitar investigação da Dersa, comissões terminam esvaziadas”. Destaque de capa do Estadão.

“Moisés Naím: Eliminar Qassim Suleimani certamente trará benefícios aos EUA e aliados, mas este será um assassinato caro.”. Destaque de capa do Estadão.

“Daniel Martins de Barros: As tentativas de censura são mais comuns sobre as sátiras. A liberdade de tirar sarro é sempre a primeira a ser atacada.”. Destaque de capa do Estadão.

“Iranianos voltam às ruas contra o governo”. Destaque de capa da Folha.

“Morre ícone da direita. Crítico da esquerda, filósofo britânico Roger Scruton foi um dos expoentes do conservadorismo”. Destaque de capa da Folha.

“Empresas apostam em cílios, quepes e quimonos como adereços de carnaval”. Destaque de capa da Folha.

“Mathias Alencastro: O impasse do centro na Europa”. Destaque de capa da Folha.

“EUA querem mais voos fretados para deportar brasileiros”. Destaque de capa da Folha.

“No Rio já é carnaval. Foliões se concentram em Copacabana para a abertura oficial do Carnaval, que terá 50 dias, ante 23 de 2019.”. Destaque de capa da Folha.

“Entrevista da 2ª. Manuel L. Matheu. Monogamia é cômoda e barata, mas muito frágil”. Destaque de capa da Folha.

“Menina de quatro anos sobrevive cinco dias na floresta amazônica”. Destaque de capa da Folha.

“Para sair do cadastro positivo é preciso fazer um cadastro”. Destaque de capa da Folha.

“Tribunais pressionam para adiar adoção de juiz de garantias”. Destaque de capa da Folha.

“Governo estuda projeto que prevê adoção de isosos”. Destaque de capa da Folha.

“Odebrecht pagou R$ 1,5 bi a 77 delatores. Acordo corporativo com Brasil, Estados Unidos e Suíça, possível devido aos relatos dos seus executivos, ficou em R$ 3,83 bilhões, com parcelas anuais até 2040”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Triênio de expansão. No ano passado, o segmento industrial foi responsável por 70% do faturamento da Método Engenharia; construção ficou com os 30% restantes”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Empresas buscam novo perfil para seus trainees. Habilidades como trabalhar em grupo, propor soluções rápidas para problemas de negócios e realizar tarefas orientadas por resultados continuam em alta nas “peneiras””. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Dedução de IR de domésticos é extinta. Mudança aumentará a arrecadação do governo em cerca de R$ 700 milhões neste ano”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Nissan apressa plano secreto para separação da Renault. Decisão faz parte de planejamento de contingência em razão da fuga de Carlos Ghosn do Japão ter forte repercussão interna na aliança”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“PT tenta se aproximar de grupos evangélicos. Alguns petistas não veem possibilidade de essa atuação gerar resultados positivos no curto e médio prazos”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Itaú vai criar comercializadora e vender energia no mercado livre. Primeiro passo é a criação de uma mesa de comercialização de energia, movimento que depende ainda de autorização da Aneel e de uma comunicação ao Banco Central”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Produção científica brasileira é baixa, apesar de avanços. Cortes recentes nos recursos destinados à área de ciência e tecnologia, especialmente no fomento à pesquisa, apontam para um quadro preocupante, afirmam especialistas”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Em ano eleitoral, Congresso decidirá novo valor para o salário mínimo. Para preservar poder aquisitivo do piso salarial, deputados e senadores terão que alterar MP 916/2019, que fixou valor neste ano em R$ 1.039,00”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Cenário para inflação em 2020 continua tranquilo. Para alguns economistas, ainda há espaço para novo corte da taxa de juros neste ano”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Crescimento ainda está distante do ideal. Apesar da melhora que parece contratada para o PIB deste ano, não há motivo para euforia”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Muro de contenção. STF demonstrou independência ao barrar medidas abusivas de Bolsonaro”. Editorial da Folha.

“Racismo salarial. Debate sobre equidade racial no setor privado avança, mas a passos lentos”. Editorial da Folha.

“Debate sobre nível ideal de reservas volta à pauta”. Editorial do Valor Econômico.

“Chance de mudar o país com a reforma administrativa. É preciso repensar a política salarial do setor público. Na média, um servidor ganha 36% a mais do que um trabalhador do setor privado”. Editorial do O Globo.

“Rio precisa de uma real política de integração tarifária nos transportes. Sistema atual, com normas distintas no estado e no município, é prejudicial aos passageiros”. Editorial do O Globo.

“Governo perdido. Não há tempo a perder. A situação econômica e social do País exige um governo capaz de enfrentar as prioridades nacionais, sem desperdiçar energias..” Editorial do Estadão.

“Mais parques para São Paulo. Os novos parques se situam em regiões com predominância de populações de baixa renda, carentes de áreas de lazer..” Editorial do Estadão.

“Concentração hospitalar. Acompanhando uma tendência global de duas décadas, as fusões e aquisições de hospitais e laboratórios têm crescido no Brasil.”. Editorial do Estadão.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) reabre nesta segunda-feira, 13, após o final de semana.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu