Previdência, Senado, Bolsonaro, Aras e mercado são os temas das manchetes

*Sinopse da grande mídia impressa*: Previdência, Senado, Bolsonaro, Aras e mercado são os temas das manchetes. Senado aprova Previdência com mudanças; Aras quer “aprofundar” apuração de facadas em Bolsonaro; mercado de automóveis se agita

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“Senado aprova o texto-base da reforma da Previdência. Mas plenário derruba mudança no abono salarial, e economia com a proposta cai R$ 76 bi”. Manchete de capa do O Globo.

“Aras quer ‘busca da verdade’ sobre atentado a Bolsonaro. Procurador-geral da República defende ‘aprofundamento’ das investigações sobre facada sofrida pelo então candidato”. Manchete de capa do Estadão.

“Senado aprova em primeiro turno texto-base da Previdência. Projeto da gestão Bolsonaro passa por 56 a 19 no plenário, mas votação de destaques para após derrota do governo”. Manchete de capa da Folha.

“Projeto de lei acirra disputa no mercado de automóveis. Projeto determina que locadoras só possam vender os carros seminovos com isenção do ICMS após 24 meses”. Manchete de capa do Valor Econômico.

📃 *Editoriais do dia*:

“É risível comparar a prisão de Lula com a de Mandela. A decisão do ex-presidente de não sair da cadeia desrespeita a Justiça, o que é parte de um projeto”. Editorial do O Globo.

“Crise no Peru é grave e deriva da corrupção descoberta na Lava-Jato. País procura respostas sobre desvio de US$ 3,5 bilhões subtraídos dos cofres públicos nos últimos 15 anos”. Editorial do O Globo.

“Indústria em busca da virada. Reconquistar o vigor de oito anos atrás é o primeiro desafio para a indústria brasileira, depois de uma crise longa e devastadora. Será um longo caminho”. Editorial do Estadão.

“O repto de Lula. Mais uma vez, como já se tornou hábito no seu caso, o ex-presidente quer uma lei só para ele”. Editorial do Estadão.

“O ‘Mapa do Trabalho Industrial. Ele dá a medida das dificuldades que os trabalhadores terão com as novas tecnologias”. Editorial do Estadão.

“Maconha e saúde. Cultivo para fins medicinais deve ser examinado com cautela e sem preconceito”. Editorial da Folha.

“Policiais que se matam. Cifras anormais de suicídio entre agentes merecem atenção imediata do Estado”. Editorial da Folha.

📃 *Outros destaques*:

“Senado aprova texto-base da Previdência e reduz economia. Negociação. Senadores derrubam restrição em abono e ameaçam travar votação em 2º turno até que o governo cumpra acordos firmados para a aprovação da reforma, como liberação de emendas e garantia de mais recursos para Estados no megaleilão do pré-sal”. Na capa do Estadão.

“3º tri mostra atividade acima da expectativa. Risco de queda ou estagnação da economia brasileira no período ficou para trás”. Na capa do Valor Econômico.

“Indústria cresce em agosto, mas resultado é concentrado em petróleo, etanol e minério”. Na Folha.

“Trabalhador já pode aderir ao saque-aniversário do FGTS”. Na Folha.

“Superávit comercial diminui. Saldo positivo até setembro caiu 19,5% e projeção para 2019 é reduzida”. Na capa do Valor Econômico.

“GM quer transportar carros por ferrovias. Montadora estuda parcerias para diversificar a logística de transporte, reduzir custos e melhorar a competitividade”. Na capa do Estadão.

“Formação ruim de professores é o maior desafio, diz especialista”. Na capa do Valor Econômico.

“Empresas disciplinam uso do Whatsapp”. Na capa do Valor Econômico.

“Equinor vai investir em gás e Carcará. Expectativa da companhia norueguesa é tirar do papel seu plano mais ambicioso: o campo de Carcará, na Bacia de Santos”. Na capa do Valor Econômico.

“STF busca consenso para limitar impacto de decisão na Lava Jato”. Na Folha.

“STF negocia limite à decisão que ameaça Lava-Jato. STF decide hoje o impacto da decisão que pode anular condenações da Lava-Jato, e ministros tentam modulação”. Na capa do O Globo.

“Para Gilmar, STF limitará decisão sobre Lava Jato. Corte vai determinar hoje alcance de decisão que dá aos delatados o direito de falar por último em ações que também têm réus delatores”. Na capa do Estadão.

“Tese no STF que pode anular decisões da Lava Jato passou despercebida no auge da operação”. Na Folha.

“Lula travará embate sobre tornozeleira à espera de decisão do STF para Moro”. Na Folha.

“Presidente do TRF-4 diz que Lula tem ‘regalia’ e que não cabe ao petista definir prisão”. Na Folha.

“Presidente do TRF-4: não cabe a Lula escolher se fica preso. Victor Laus afirma que ex-presidente desfruta de ‘regalia’ em Curitiba. Justiça fixa multa de R$ 4,9 milhões pelo caso do tríplex no Guarujá”. Na capa do O Globo.

“Carta de Lula tem semelhanças com recusa de Mandela de deixar prisão”. Na Folha.

“PF emite certidão à Justiça para dizer que Lula tem bom comportamento na prisão”. Na Folha.

“Sob risco de campanha sem regra definida, Câmara aprova teto de gasto para 2020”. Na Folha.

“Procuradoria aponta ‘desvio de finalidade’ de Bolsonaro em comissão sobre ditadura”. Na Folha.

“Fachin vota por condenar Geddel e seu irmão no caso do ‘bunker’ de R$ 51 mi”. Na Folha.

“Há muitos abusos, e nova lei é adequada, diz presidente de instituto de advogados”. Na Folha.

“Justiça apura suposta fraude no Conjunto Nacional {em São Paulo}. Administradora disse que se deparou com conta negativa e uma série de dívidas que teriam sido omitidas do Conselho Fiscal e Consultivo para favorecer um esquema de desvio de recursos. Acusados negam e falam em estratégia para evitar pagamentos devidos”. Na capa do Estadão.

“Garoto de 12 diz ter matado menina de 9. Raíssa Dadona foi achada morta em parque da zona norte; polícia apreendeu adolescente”. Na capa do Estadão.

“Com Down e na maturidade. Aumento da longevidade de quem convive com a síndrome motiva projeto por envelhecimento ativo”. Na capa do Estadão.

“Crivella devolve hospitais para Witzel à revelia. Prefeitura rompe contrato e vai devolver dois hospitais ao estado, que não os quer”. Na capa do O Globo.

“‘Trem-bala’ até o Cristo Redentor. Novos trens do Corcovado têm teto panorâmico e capacidade para transportar mais turistas”. Na capa do O Globo.

“Exército peruano apoia presidente. Martín Vizcarra dissolveu Congresso, que amanheceu isolado pelos militares para evitar que deputados desafiassem ordem do governo”. Na capa do Estadão.

“Vice do Peru recua e renuncia ao cargo em meio a crise constitucional”. Na Folha.

“Polícia atira em ativista em ato em Hong Kong no aniversário da revolução na China”. Na Folha.

“Na China, festa; em Hong Kong, confronto. Manifestante de 18 anos é ferido com um tiro no ombro disparado pela polícia”. No Estadão.

“Pobreza na Argentina chega a 35% e bate recorde no governo Macri”. Na Folha.

“Pompeo veta depoimentos de funcionários em processo de impeachment de Trump”. Na Folha.

“Trump chama de ‘golpe’ processo de impeachment nos EUA”. Na Folha.

“Indústria tem pior fase em 10 anos nos EUA. Índice de atividade do ISM caiu para 47,8 em setembro; Trump culpa juros do Fed e economistas apontam a guerra comercial”. Na capa do Estadão.

📃 *Colunas e artigos*:

“Progressão na marra. Objetivo de Lula pode ser político, mas não há lei que proíba transformar cadeia em palanque”. Na coluna de Hélio Schwartsman, na Folha.

“No Peru, desgraça política vira desculpa para fragilizar democracia. Crise turbinada por corrupção facilita ataque a instituições e medidas autoritárias”. Na coluna de Bruno Boghossian, na Folha.

“Tempo hostil para idosos. Tudo leva os mais velhos a se sentirem desesperadamente incapazes”. Na coluna de Ruy Castro, na Folha.

“Terrorismo. O sucesso investigativo da Lava Jato será aprendido pelo Judiciário, mas não alguns de seus métodos”. Artigo de Antônio Delfim Neto, na Folha.

“Não é sobre liberdade de imprensa. Trata-se apenas de prevenção a abortos malsucedidos”. Artigo de Damares Alves, na Folha.

“Sabemos combater as mudanças climáticas. Direito dos índios à terra é ação das mais eficazes”. Artigo de Dinamam Tuxá, na Folha.

“Contradição de Janot é explorada por Lula em ação que pede suspeição de procuradores do STF”. Na coluna Painel, da Folha.

“Janot mostrou o cenário chinfrim. Ex-procurador-geral exagerou na seletividade da própria memória”. Na coluna de Elio Gaspari, na Folha.

“Bolsonaro lança nesta quarta campanha publicitária de pacote anticrime de Moro. Ação chegou a ser suspensa algumas vezes, justamente nos momentos de crise entre os dois”. Na coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

“Depois de um ano da campanha Lula Livre, petistas agora fazem romaria contra a progressão de regime.” Na coluna de Vera Magalhães, no Estadão.

“É risível comparar a prisão de Lula com a de Mandela. A decisão do ex-presidente de não sair da cadeia desrespeita a Justiça, o que é parte de um projeto”. Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

“A China deve ser compreendida para ser aproveitada”. Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

“Prêmio da Música Brasileira é cancelado por falta de verba”. Na coluna de Ancelmo Gois, no O Globo.

📊 *Mercado*: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira, 01, em queda de -0,66%, a 104.053 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,12%, a R$4,16. O euro fechou em alta de 0,44%, a R$4,55.

⏳ *Destaque histórico*:

“Em 02 de outubro de 1992, com a renúncia de Fernando Collor, Itamar Franco assume a presidência interina da nação”. Na Barsa.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu