Pressão de PMs nos estados e de Bolsonaro sobre Guedes

Pressão de PMs nos estados e de Bolsonaro sobre Guedes, e liberação de compulsório. Estes são os destaques da grande mídia, nesta sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020, na sinopse diária do Anexo 6.

? Edição: Sérgio Botêlho

? Destaques do dia:

“Tensão entre estados e PM preocupa Congresso e STF. Bolsonaro envia tropas ao Ceará; 11 governadores enfrentam pressão por aumento de salários.” Manchete de capa do O Globo.

“Com apoio político, PMs pressionam por reajuste em 12 Estados. Movimentos por maiores salários têm apoio de integrantes da bancada da bala; aumento de 41% em Minas gera efeito em outros Estados e ameaça ajuste fiscal.” Manchete de capa do Estadão.

“Bolsonaro cobra de Guedes crescimento de 2% no ano. Presidente teme consequências eleitorais em 2022 se mercado perder otimismo.” Manchete de capa da Folha.

“BC libera depósitos e põe R$ 135 bi na economia. Liberação deverá ter efeito expansionista, por meio do canal do crédito, embora esse propósito não tenha sido citado durante o anúncio da medida.” Manchete de capa do Valor Econômico.

? Editoriais do dia:

“Chantagem armada. Abuso do motim policial precisa ser contido antes de ultrapassar divisa cearense.” Editorial da Folha.

“Corredores da lentidão. Velocidade de ônibus paulistano não avança porque prefeitos descumprem promessas.” Editorial da Folha.

“Petroleiros se opõem à reforma da Petrobras. Greve contra fechamento de fábrica deficitária sinaliza resistência ao plano de modernização da estatal.” Editorial do O Globo.

“Ameaça de avanço do sarampo no carnaval precisa ser considerada. Estado do Rio tem o segundo maior número de casos da doença este ano, atrás apenas de São Paulo.” Editorial do O Globo.

“Muitos motivos para desconfiar. Sequência de crises tem levado investidores a se questionar se o governo será capaz de cumprir promessas de ajuste fiscal e encaminhamento de reformas. ” Editorial do Estadão.

“Estranha ética. A Comissão de Ética ignorou indícios de conflito de interesse na gestão da Secom.” Editorial do Estadão.

“Do motim à baderna. Tentaram matar o senador Cid Gomes durante greve de PMs. Este tampouco estava imbuído de boa-fé.”. Editorial do Estadão.

“Redução dos compulsórios veio em bom momento. Medida é um estímulo para que os bancos ampliem a carteira de crédito com um spread menor.” Editorial do Valor Econômico.

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quinta-feira, 20, em baixa de -1,66%, a 114.586 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,64%, a R$4,39.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments