Presidente da Câmara qualifica delações da Odebrecht como falsidades

São falsas as citações de delatores e os inquéritos serão arquivados. É o que afirma o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sobre o inquérito aberto contra ele pelo Supremo Tribunal Federal.

“Eu confio na Justiça e vou continuar confiando sempre. O Ministério Público e a Justiça vão fazer o seu trabalho de forma competente, e cabe ao Congresso cumprir seu papel institucional de legislar. Há separação dos poderes”, disse o presidente em entrevista,

O ministro Edson Fachin, do STF, determinou a abertura de 74 inquéritos pedidos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, referentes a autoridades com prerrogativa de foro e outros possíveis envolvidos a partir de informações obtidas em acordo de colaboração premiada de ex-executivos do Grupo Odebrecht. O ministro determinou, ainda, a revogação do sigilo na maioria dos processos, mantendo em segredo de justiça a tramitação de dois inquéritos e 25 petições.

FONTE: Agência Câmara

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments