Planos de saúde, governo e safra no DF se destacam na mídia

*Planos de saúde, governo e safra no DF. ANS proíbe reajuste de todos os planos de saúde até dezembro. Novo plano do governo prevê desindexação, obras e renda básica. Guedes agora quer reforma tributária mais enxuta. DF tem safra maior mesmo na pandemia*. Esses são destaques da grande mídia impressa, neste sábado, 22 de agosto de 2020. Veja na *sinopse do noticiário*.

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano III, Nº 652, de 22.08.2020

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“ANS proíbe reajuste de todos os planos de saúde até dezembro. Alta de mensalidades chegou a 25%. Decisão foi tomada após pressão de presidente da Câmara.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Novo plano do governo prevê desindexação, obras e renda básica. Chamado internamente de ‘Big Bang’, pacote pretende sustentar recuperação econômica. .” *Manchete de capa do Estadão*.

“Guedes agora quer reforma tributária mais enxuta. Equipe de ministro vê resisténcia de prefeitos e governadores e avalia abandonar propostas do Congresso.” *Manchete de capa da Folha*.

“DF tem safra maior mesmo na pandemia. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Jair Rousseff. Quebra do teto seria contratar crise futura em que pobres e presidente perderiam.” 

“Fôlego à Lava Jato. Deltan Dallagnol obtém vitórias no STF, o que favorece ajustes na operação  .”

_*O GLOBO*_

“Greve contínua nos Correios reforça a necessidade de privatização. O Brasil precisa de uma empresa para entregar em todo o país. É irrelevante quem são os acionistas.” 

“A promessa de Joe Biden para o planeta Terra. Favorito nas urnas em novembro, o candidato democrata pretende ser o oposto de Trump em tudo.” 

_*ESTADÃO*_

“A gênese de um absurdo. Quando o presidente da República manda mensagens dúbias ao Congresso, o resultado é quase sempre confusão.”

“Capital privado como locomotiva. Investimento privado vai restaurar o papel da ferrovia no desenvolvimento.” 

“A batalha do século. Surtos autocráticos despontam pelo mundo, mas protestos em favor da democracia viralizam.” 

“O que limita a retomada do setor de imóveis. A redução de juros do crédito imobiliário é fator decisivo para preservar o mercado.” 

📈 *Bolsa de Valores*

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a sexta-feira, 21, em alta de 0,05%, a 101.521 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,06%, a R$ 5,61.

⏳ Destaque para o dia de hoje:

Realce turístico para a CIDADE DE CABEDELO.

Leia mais sobre Destaques da Grande Mídia Impressa.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments