Noticiário destaca PIB positivo e melhoria dos índices de investimento, no país

Edição: Sérgio Botêlho

“PIB indica retomada consistente. Investimentos avançam após quase quatro anos de queda. Analistas elevam projeções de crescimento em 2017 e 2018”, diz a manchete de O Globo. “PIB cresce 0,1% no 3º trimestre, mas tendência anima mercado. Alta foi a terceira consecutiva e projeções apontam para crescimento do PIB superior a 1% no ano”, conta a manchete do Estadão. “Investimento sobe, e PIB se mantém positivo no ano. Com revisão de números do IBGE, recessão de 2014 a 2016 deixa de ser a mais aguda do país”, noticia a manchete da Folha. Reforma da Previdência também ocupa as páginas e espaços dos portais. Sorteio da Copa do Mundo definindo a chave do Brasil fecha o conjunto dos destaques.

Pelas manchetes dos três principais jornais do país, vê-se que o maior destaque do noticiário é a economia, com a mídia reproduzindo informações positivas sobre PIB e investimentos. Decisão de Gilmar Mendes em libertar, pela terceira vez, empresário de ônibus, no Rio, é outro assunto de destaque. O Estadão traz uma novidade: empresário disse em julho a Moro que Lula e Dirceu tinham contas secretas na Espanha.

ECONOMIA. Miriam Leitão. Tem sido uma melhora desconfiada. As incertezas servem como freio. Flávia Barbosa: Notícias são promissoras para a vida real dos brasileiros. Luciana Rodrigues: Se depender do consumo, país não terá crescimento sustentado. Com revisão de números do IBGE, recessão de 2014 a 2016 deixa de ser a mais aguda do país. Índex PIB. Passado menos ruim eleva previsões para este ano e o próximo. Sem novo debate, governo acelera votação da base curricular. Análise: Consumo, de novo, o motor da retomada do PIB. Juristas: Não há mais tempo para quem não recorreu a ressarcimento por planos. Consumo volta a ser motor da economia. Teles preparam investida contra lei que proíbe cobrar mais na internet.

JUSTIÇA. Gilmar liberta ‘rei dos ônibus’ pela 3ª vez. Diretor-geral da PF e governo do Rio decidiram criar um centro integrado de segurança. Lula teria conta na Espanha, diz executivo. Afirmação foi feita em julho à PF. Ex-primeira-dama Adriana Ancelmo pede prisão domiciliar, e diz que não há risco de atrapalhar investigações; Gilmar é relator. Garotinho diz ter recebido bilhete com ‘aviso de ameaça’ em cadeia. Valores {da suposta conta de Lula e Dirceu, na Espanha} seriam administrados pelo lobista Milton Pascowitch e provenientes de desvios da Petrobrás. Lava-Jato. Ex-deputado {André Vargas} diz a Moro que quer devolver propina e refazer a vida.

PREVIDÊNCIA. O Planalto fará um pente-fino nas demandas de parlamentares e governadores para tentar destravar a votação da reforma da Previdência. Adriana Fernandes: Cada um a seu modo, Planalto e aliados preparam desembarque da Previdência. M. Lisbôa e S. Pessôa: Vendeta política e populismo rondam a nova Previdência. Reforma do INSS terá apoio do PSDB, diz Alckmin. Expectativa de vida maior reduz aposentadoria. Brasileiro terá de trabalhar 2 meses a mais para manter benefício.

POLÍTICA/ELEIÇÕES. Só 5% das urnas terão voto impresso em 2018. Influência eleitoral da recuperação é incerta, escreve Érica Fraga. Brasil. Marina deve assumir pré-candidatura a presidente. Doria defende que PSDB se una e não faça prévias. Lula diz que mercado promove ‘terrorismo’ contra a sua candidatura. Coalizão de governistas já trabalha com candidatura de Alckmin. Lula discute redação de nova carta aos brasileiros ‘voltada ao povo’.

MANCHETES DOS JORNAIS:

Manchete e submanchetes do jornal O Globo:  PIB indica retomada consistente. Investimentos avançam após quase quatro anos de queda. Analistas elevam projeções de crescimento em 2017 e 2018/Gilmar liberta ‘rei dos ônibus’ pela 3ª vez. Ministro concedeu habeas corpus para o empresário Jacob Barata sob argumento de que novas provas que o levaram à cadeia são, na verdade, anteriores à primeira prisão/Nos hospitais do Rio, uma crise que só Crivella não vê/Miriam Leitão. Tem sido uma melhora desconfiada. As incertezas servem como freio/Flávia Barbosa: Notícias são promissoras para a vida real dos brasileiros/Luciana Rodrigues: Se depender do consumo, país não terá crescimento sustentado/Ancelmo Gois: Vem aí a ‘União Rio’. Diretor-geral da PF e governo do Rio decidiram criar um centro integrado de segurança.

Manchete e submanchetes do jornal Estado de São Paulo: PIB cresce 0,1% no 3º trimestre, mas tendência anima mercado. Alta foi a terceira consecutiva e projeções apontam para crescimento do PIB superior a 1% no ano/Lula teria conta na Espanha, diz executivo. Afirmação foi feita em julho à PF; Sérgio Moro levantou sigilo. Gerson Almada, ex-vice-presidente da Engevix, disse à PF ter ouvido relatos de que o ex-presidente Lula e o ex-ministro José Dirceu teriam conta em Madri controlada pelo lobista Milton Pascowitch. O depoimento, de julho, teve o sigilo levantado pelo juiz Sérgio Moro. As defesas não se pronunciaram/Pressão por cargos trava Previdência. O Planalto fará um pente-fino nas demandas de parlamentares e governadores para tentar destravar a votação da reforma da Previdência. A pressão por cargos e mais recursos aumentou as dificuldades do governo em conseguir os 308 votos para colocar a proposta em votação na Câmara até o fim deste ano. O impasse em relação à reforma fez o principal índice da Bolsa brasileira acumular perdas de 2,55% na semana/Só 5% das urnas terão voto impresso em 2018/Gilmar Mendes manda soltar ‘Rei do Ônibus’/Adriana Fernandes: Cada um a seu modo, Planalto e aliados preparam desembarque da Previdência.

Manchete e submanchetes do jornal Folha de São Paulo: Investimento sobe, e PIB se mantém positivo no ano. Com revisão de números do IBGE, recessão de 2014 a 2016 deixa de ser a mais aguda do país/Índex PIB. Passado menos ruim eleva previsões para este ano e o próximo/Influência eleitoral da recuperação é incerta, escreve Érica Fraga/Em ofensiva, teles querem cobrar mais por serviços online. Telefônicas brasileiras aguardam mudanças na regulação dos EUA para pressionar o governo a romper a neutralidade da rede. Isso permitiria a cobrança extra de serviços online, como conexão mais rápida para vídeos, e velocidade menor ao fim da franquia/Sem novo debate, governo acelera votação da base curricular/M. Lisbôa e S. Pessôa: Vendeta política e populismo rondam a nova Previdência. A política tem vivido a sua vingança continuada nos últimos anos, com conflitos entre PSDB e PT. Seremos naufragados por um novo round que combina vendeta com populismo no debate da minirreforma da Previdência?.

MANCHETES DOS PORTAIS DE NOTÍCIAS:

Manchete e smbmanchetes da hora de O Globo online: Gilmar Mendes liberta, pela terceira vez, empresários de ônibus do Rio. Ministro do STF concede novos habeas corpus a Jacob Barata Filho e Lélis Teixeira/Adriana Ancelmo pede para voltar à prisão domiciliar. Ex-primeira-dama diz que não há risco de atrapalhar investigações; Gilmar é relator/Garotinho diz ter recebido bilhete com ‘aviso de ameaça’ em cadeia. Em novo depoimento, ex-governador do Rio afirmou que uma pessoa se aproximou e deu um pequeno papel a ele/Lava-Jato. Ex-deputado diz a Moro que quer devolver propina e refazer a vida. Preso desde 2015, petista já teve uma sentença confirmada pelo TRF4/Análise: Consumo, de novo, o motor da retomada do PIB. por Luciana Rodrigues Inflação baixa e redução do endividamento ajudaram no crescimento dos gastos das famílias/Juristas: Não há mais tempo para quem não recorreu a ressarcimento por planos. A avaliação é de que os prazos de prescrição restringem o acordo firmado entre bancos e entidades que defendem poupadores/Brasil. Marina deve assumir pré-candidatura a presidente. Afastada de escudeiros, ex-senadora anunciará neste sábado que pretende disputar a Presidência pela terceira vez/Doria defende que PSDB se una e não faça prévias/Lula diz que mercado promove ‘terrorismo’ contra a sua candidatura. 

Manchete e submanchetes da hora do Estadão online: Ex-executivo da Engevix revela conta de propinas a Dirceu e Lula na Espanha. Valores seriam administrados pelo lobista Milton Pascowitch e provenientes de desvios da Petrobrás/Gilmar Mendes manda soltar ‘Rei do Ônibus’. Ministro do Supremo atende pedido da defesa de Jacob Barata Filho e revoga decreto de prisão preventiva/Brasil pega Suíça, Costa Rica e Sérvia na Copa/Reforma do INSS terá apoio do PSDB, diz Alckmin. Governador não cita número de votos; Vera Magalhães aponta que partido põe em risco esforço do governo/Expectativa de vida maior reduz aposentadoria. Com nova tábua de mortalidade, fator previdenciário aumenta e pode gerar perda de até 1,08% no ganho/Consumo volta a ser motor da economia. Queda de inflação e juros e melhora na renda, levou consumidor às compras; indicador teve alta de 1,2%. 

Manchete e submanchetes da hora da Folha online: Novos dados indicam que recente recessão não foi a pior da história. Na recessão de 1981-83, provocada pela explosão da dívida externa brasileira, a taxa de crescimento da população superior à atual acentuava a queda da renda por habitante/Coalizão de governistas já trabalha com candidatura de Alckmin. Apesar de estimular Meirelles, Planalto e aliados têm tucano como plano A; governador vai se encontrar com Temer para começar negociação/Lula discute redação de nova carta aos brasileiros ‘voltada ao povo’/Gestão Temer acelera votação da base curricular sem novo debate/Teles preparam investida contra lei que proíbe cobrar mais na internet/Previdência. Brasileiro terá de trabalhar 2 meses a mais para manter benefício.

 

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu