PIB fraco de 1,1% e suas consequências para a economia

PIB fraco de 1,1% e suas consequências para a economia. Este são é o destaque da grande mídia, nesta quinta-feira, 05 de março de 2020, na sinopse diária do Anexo 6.

? Edição: Sérgio Botêlho

? Destaques do dia:

“Investimento afunda, PIB freia, Bolsonaro faz piada. Economia do país cresce 1,1% em 2019, terceiro ano de desempenho fraco; presidente ironiza resultado.” Manchete de capa da Folha.

“PIB de 1,1% reduz previsão de crescimento para 2020. Coronavírus e crise política contribuem para derrubar projeções.” Manchete de capa do O Globo.

“PIB decepciona; mercado prevê alta inferior a 2% para este ano. Ministro Paulo Guedes afirma que a economia está ‘reacelerando’ e espera crescimento com avanço de reformas.” Manchete de capa do Estadão.

“Investimento em queda explica ‘pibinho’ de 2019. No quarto trimestre de 2019, o investimento na economia brasileira caiu 3,3% em relação ao trimestre anterior. ” Manchete de capa do Valor Econômico.

“Em vez de explicação, bananas a jornalistas. Após crescimento abaixo das expectativas, presidente primeiro evita comentar assunto e depois diz esperar alta maior em 2020, mesmo com coronavírus. Comediante caracterizado como o mandatário entrega bananas a jornalistas.” Destaque de capa do O Globo.

“O primeiro capítulo de Regina Duarte. Ordem. Regina Duarte bate continência para Bolsonaro durante sua posse como secretária especial da Cultura, em Brasília: discurso da atriz apela para união da classe artística.” Destaque de capa do O Globo.

“Brasil confirma 3º contágio e há mais um caso à espera de contraprova. Quarta paciente aguarda contraprova; todos são de SP.” Destaque de capa do O Globo.

“Após acordo. Congresso mantém vetos do Planalto sobre o Orçamento. Congresso deve controlar R$ 19 bilhões, e governo poderá bloquear emendas.” Destaque de capa do O Globo.

“Conta de ataques virtuais é ligada a gabinete de Eduardo. Documento enviado pelo Facebook à CPMI das Fake News mostra ligação de assessor com perfil ‘Bolsofeio’, que faz agressões virtuais.” Destaque de capa do O Globo.

“Nordeste obtém apenas 3% de concessões do Bolsa Família. Região concentra 36,8% das famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza; Sul e Sudeste ficaram com 75% das concessões. ” Destaque de capa do Estadão.

“Brasil confirma terceiro caso de coronavírus. Paciente com registro confirmado é um colombiano de 46 anos que esteve na Itália, Áustria e Alemanha em fevereiro; ele passa bem. Ainda se aguarda a contraprova do exame de uma adolescente de 13 anos; e viajantes de 31 países já são monitorados.” Destaque de capa do Estadão.

“Bolsonaro diz que pode rejeitar nomes de Regina Duarte. Nova secretária disse que, se necessário, vai pedir recursos, porque acredita ser possível ‘fazer mais com mais’.” Destaque de capa do Estadão.

“Congresso mantém vetos do Planalto a Orçamento. Dos R$ 30 bilhões que seriam distribuídos pelo relator, R$ 19 bilhões continuam nas mãos dos parlamentares, que proibiram governo de bloquear recursos em seis áreas. ” Destaque de capa do Estadão.

“Biden sai fortalecido da Superterça. Ex-vice-presidente americano conquista nove Estados e ganha apoio do bilionário ex-prefeito de Nova York, enquanto Sanders leva Califórnia, com maior número de delegados; ideia de construir candidatura de centro ganha força no partido.” Destaque de capa do Estadão.

“Congresso dá trégua e veto ao Orçamento é aprovado. ” Destaque de capa da Folha.

“CPMI liga páginas de ataques virtuais a Eduardo Bolsonaro.” Destaque de capa da Folha.

“Dólar chega a R$4,581, 11ª alta seguida, a maior sequência desde 1999.” Destaque de capa da Folha.

“Mortes em Paraisópolis decorreram de ação da PM.” Destaque de capa da Folha.

“Biden une centro democrático e sai venceder na SuperTerça. ” Destaque de capa da Folha.

“Regina Duarte assume Cultura sob críticas por demitir olavistas.” Destaque de capa da Folha.

“Buscas persistem na Baixada, mas chance de sobreviventes cai.” Destaque de capa da Folha.

“Brasil confirma terceiro paciente com coronavírus.” Destaque de capa da Folha.

“Crianças precisam saber sobre vírus com clareza, dizem especialistas. ” Destaque de capa da Folha.

“Doença muda rotas de cruzeiros, e empresas facilitam desistências.” Destaque de capa da Folha.

“Justiça veta indenização paga pela Odebrecht a Marcelo por delação.” Destaque de capa da Folha.

“Maior resseguradora do país, IRB perde R$ 24 bi em valor de mercado.” Destaque de capa da Folha.

“Disputa se acirra no caso IRB x Squadra. Inconsistências na comunicação do IRB com o mercado aumentaram o desconforto dos investidores com a empresa e seus principais executivos. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Inframérica vai devolver aeroporto. Grupo argentino vai devolver ao governo federal o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, em Natal (RN), que foi leiloado à iniciativa privada em 2011.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Desaceleração inevitável. Para Mohamed El-Erian, ex-CEO da PIMCO, é improvável que os estímulos dados pelos bancos centrais combatam a desaceleração global provocada pelo coronavírus.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Coronavírus afeta logística portuária. Provável falta de contêineres no mercado global, devido à crise logística provocada pelo coronavírus, deve impactar os embarques brasileiros a partir de abril. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Após acordo, Congresso mantém veto de Bolsonaro. Veto do presidente a dispositivos do Orçamento impositivo foi mantido na Câmara dos Deputados por 398 votos a 2. Matéria não precisará ser analisada pelo Senado.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Plano de ajuda traz alívio ao Rio, mas não contém gasto com pessoal. Estado negocia ampliação do Regime de Recuperação Fiscal de seis para dez anos.” Destaque de capa do Valor Econômico.

? Editoriais do dia:

“O que é PIB? Bolsonaro deveria saber que número fraco da economia significa país empobrecido.” Editorial da Folha.

“Jogatina de volta. Com motivos e procedimentos tortuosos, governo ressuscita sorteios na televisão.” Editorial da Folha.

“BC é induzido a fazer mais um corte nos juros. Além do movimento de redução de taxas devido ao coronavírus, o PIB brasileiro de 2019 foi frustrante.” Editorial do O Globo.

“Democratas parecem praticar o voto útil para Joe Biden enfrentar Trump. Ex-vice-presidente renasce nas primárias e se consolida como opção moderada contra republicano.” Editorial do O Globo.

“Estagnação em 2019, vírus em 2020. O Brasil cresceu apenas 1,1% no primeiro ano do governo Bolsonaro. É preciso evitar a tentação de usar o vírus para justificar mais um ano de estagnação..” Editorial do Estadão.

“Desemprego na América Latina. No ano de seu centenário, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) afirma em seu Panorama Laboral para a América Latina e Caribe que se deparou com uma incerteza básica: ‘A região se encontra em uma difícil encruzilhada entre o passado, o presente e o futuro do trabalho’.” Editorial do Estadão.

“Piada de mau gosto. Como pode ser bem-sucedido um governo cujo presidente trata questões sérias como piada?.”. Editorial do Estadão.

“Democratas tendem ao centro para enfrentar Trump. Biden recisará de grandes surpresas e muita sorte para superar Trump”. Editorial do Valor Econômico.

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 04, em alta de 1,60%, a 107.224 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,29%, a R$ 4,49.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments