PIB cai 1,5% no 1º trimestre; previsão para o 2º chega a 10%

Enquanto o PIB cai 1,5% no 1º trimestre, previsão para o 2º chega a 10%. Portanto, esses são destaques da grande mídia, neste sábado, 30 de maio de 2020. Como sempre, na seção DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA, do Anexo 6. Outrossim, o ministro Guedes não só pede união contra a crise, bem como prevê recuperação em ‘V’. De acordo com ele, um ‘V’ meio torto. Contudo, rápido, segundo antecipa. Por outro lado, ministro diz à Folha que havia ‘estado meio anêmico’, do país, antes da pandemia. O Correio Braziliense prevê ‘desfecho macabro’ para a pandemia, no Brasil. Dessa maneira, cita a demissão de dois ministros da Saúde durante a crise. Além da utilização de medicamento de eficácia não comprovada cientificamente. 

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“Na rota da recessão. PIB encolhe 1,5%, e queda no 2º tri deve superar 10%. Guedes pede união contra crise e prevê recuperação em ‘V’.” *Manchete de capa do O Globo*.

“PIB cai 1,5% no 1º trimestre e indica maior retração da história. Pandemia faz economistas prever queda de 6,5% em 2020; Guedes pede trégua, sob pena de ‘barco naufragar’.” *Manchete de capa do Estadão*.

“PIB recua 1,5%, e tombo no 2º trimestre tende a ser pior. Com apenas 15 dias de isolamento no período, consumo das famílias cai 2%, pior resultado desde 2001.” *Manchete de capa da Folha*.

“Morte e vida cloroquina. Como os personagens da obra-prima de João Cabral de Melo Neto, o Brasil caminha inevitavelmente para desfecho macabro.. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

📃 *Editoriais do dia*:

Em síntese, os editoriais dos grandes jornais abordam a crise Planalto X instituições, além da pandemia e da economia. Similarmente, O Globo e o Estadão caracterizam o governo Bolsonaro como de minoria. Enquanto isso, a Folha adverte que o governo tem de seguir ritos. Por outro lado, O Globo alerta que ‘manobra aumenta desigualdades entre os setores público e privado’. Dessa forma, o jornal classifica a adoção de mais vantagens para o funcionalismo.

_FOLHA_

“O ronco dos fracos. Bolsonaro e asseclas esbravejam contra instituições, mas têm de seguir ritos.” 

“De volta à recessão. PIB mostra queda que vai se acentuar, e recuperação é ameaçada por desgoverno.”

_O GLOBO_

“Governo Bolsonaro é de minoria. Eleito com 39% dos votos totais, presidente perde apoio, entre outros fatores, pela epidemia.” 

“Manobra aumenta desigualdades entre os setores público e privado. Na crise, lobby da elite do funcionalismo conseguiu apoio presidencial para mais vantagens.” 

_ESTADÃO_

“Do jeito errado e sem a maioria. A maioria da população não apoia o modo de Jair Bolsonaro governar. Se o presidente o fizesse do jeito certo, talvez crescesse a aprovação a seu governo.”

“O dragão chinês mostra as garras. Agressão do PC chinês a Hong Kong pede uma resposta enérgica da comunidade internacional.” 

“O primeiro tombo da nova crise. A pandemia agravou os problemas de uma economia já muito enfraquecida.” 

“Concessão de crédito cai, apesar dos estímulos. São números que, como outras estatísticas, comprovam o efeito da pandemia.” 

_CORREIO BRAZILIENSE_

“Vago há duas semanas, o Ministério da Saúde aguarda a nomeação do titular, o terceiro em menos de dois meses. Falta coordenação, tão necessária em crise dessa dimensão. O coronavírus é o inimigo real que, ignorado, corrói as entranhas do país. Até agora, ele é o grande vencedor do embate. Talvez o único.” Editorial do Correio Braziliense.

📈 Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta de 0,53%, a 87.410 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -1,04%, a R$ 5,33.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments