PF denuncia Pimentel, Macri vence na Argentina, e Abe, no Japão

PF denuncia Pimentel, Macri vence na Argentina, e Abe, no Japão
PF denuncia Pimentel, Macri vence na Argentina, e Abe, no Japão

Edição: Sérgio Botêlho

“Tragédia do Rio. Sem recursos, hospitais já cancelam cirurgias eletivas”, diz a manchete de O Globo. “Para Moro, futuro da Lava Jato depende da sociedade. Pesquisa Ipsos revela que 94% defendem continuação da operação, mas 40% acham que acabará em pizza”, destaca a manchete do Estadão. “Brasileiro diz nãos seguir líder religioso ao votar. Metade do eleitorado, porém, rejeita candidato ateu, segundo o Datafolha”, revela a manchete da Folha.

Matérias mais repetidas do dia em jornais e portais são: denúncia contra Pimentel, governador de Minas, e Coutinho, ex-presidente do BNDES, pela Polícia Federal; eleições na Argentina, com vitória de Macri e eleição de Cristina Kirchner para o Senado; e reeleição de premiê japonês e possibilidade de mudanças em Constituição pacifista, do país.

Outros destaques

Aneel vai mudar cálculo e energia deve subir mais. O governo espera garantir mais R$ 7,75 bilhões com os dois leilões do pré-sal marcados para a próxima sexta-feira. Trabalho escravo será redefinido. Investimento em educação e saúde cai 43,4% em três anos. Em todo o país, devem surgir 207.590 vagas, 5,5% a mais do que no ano passado. Fisco vai bloquear cem mil empresas. Cida Damasco: O governo se descuida da própria agenda de modernização das relações trabalhistas.

Comandante da Aeronáutica afirma que o Brasil vai encontrar o caminho e sair da atual crise político e econômica. “A intervenção militar é um retrocesso, sem qualquer chance de ocorrer”, afirma.  Nos anos 1990, Exército criticou planos políticos de Jair Bolsonaro.

Plenário da Câmara vota denúncia contra Michel Temer e ministros nesta quarta. Bancada mineira é a que tem dado mais votos para derrubar as denúncias contra o presidente. Temer e ministros têm lista de 25 ‘pendências’ de deputados.

Aliados de Doria agora admitem candidatura ao governo de SP. Lúcia Guimarães: Há risco de o sistema eleitoral ser sequestrado por traficantes dando ordens da prisão. Evangélicos impulsionam Marina e Bolsonaro e tombam Lula em 2018. Lula inicia caravana em Minas Gerais. Evangélicos impulsionam Marina e Bolsonaro e tombam Lula em 2018.

Contra febre amarela, vacina para 1 milhão.

Plenário do Senado pode votar polícias penais e regras para o Uber.

Marco Aurélio: PF também pode fazer acordo de delação premiada.

MANCHETES DOS JORNAIS:

Manchete e submanchetes do jornal O Globo: Tragédia do Rio. Sem recursos, hospitais já cancelam cirurgias eletivas. Por falta de material, unidades municipais priorizam emergências/PF: Pimentel usou empresa de fachada. PF conclui que governador de Minas usou empresas de fachada para financiar campanha/Fisco vai bloquear cem mil empresas. Fisco identifica sonegação de R$ 1 bi em 1,6 milhão de declarações/Coalizão de Macri lidera legislativas/Coalizão de premier japonês consegue ampla vitória em eleições antecipadas.

Manchete e submanchetes do jornal Estado de São Paulo: Para Moro, futuro da Lava Jato depende da sociedade. Pesquisa Ipsos revela que 94% defendem continuação da operação, mas 40% acham que acabará em pizza/Aliados de Doria agora admitem candidatura ao governo de SP. Prefeito ainda mantém opção pela Presidência, mas correligionários dele agora defendem a hipótese, que conta com a simpatia de Alckmin/Falha técnica limita geração de energia de Jirau e Santo Antônio. Sistema de ‘aterramento’ dos linhões de transmissão de energia foi construído em cima de blocos de granito, o que compromete a segurança/Coligação de Macri vence na Argentina. Disputa na Argentina. Ex-presidente Cristina Kirchner ganha uma das três vagas da Província de Buenos Aires no Senado, mas tem menos votos que Esteban Bullrich, candidato governista; resultado coloca presidente em vantagem para obter novo mandato em 2019/Cida Damasco: O governo se descuida da própria agenda de modernização das relações trabalhistas/Lúcia Guimarães. Há risco de o sistema eleitoral ser sequestrado por traficantes dando ordens da prisão/Contra febre amarela, vacina para 1 milhão. Vacinação será destinada a moradores do entorno do Horto Florestal, na zona norte, onde macaco infectado com o vírus foi encontrado morto.

Manchete e submanchetes do jornal Folha de São Paulo: Brasileiro diz nãos seguir líder religioso ao votar. Metade do eleitorado, porém, rejeita candidato ateu, segundo o Datafolha/Doria promove empresas que devem tributos ao município/SP planeja vacinar 1 milhão contra a febre amarela/Celso Rocha de Barros: Mensalão virtual busca votos para Temer, na Câmara. Michel Temer chega mais fraco à votação da segunda denúncia porque acabou a verba para comprar apoio de parlamentares/Eleição no Japão dá vitória ao atual primeiro ministro/Macri confirma favoritismo em pleito argentino/Entrevista da 2ª. Tite. “Não sou poço de correção, mas tenho princípios”/Luiz Felipe Pondé: Direita e esquerda debatem censura à base de histeria.

Manchete do jornal Correio Braziliense: Ciclista que lutava pela paz no trânsito morre atropelado. Estudante de sociologia e um dos mais ativos militantes da ONG Rodas da Paz, Raul Aragão, 23 anos, voltava para casa de bicicleta, depois de almoçar em restaurante da UnB, quando foi atropelado, na via L2 Norte, por um carro dirigido por um jovem de 18 anos, cuja identidade não foi revelada pela polícia/Comércio busca profissionais para 94 vagas/Entrevista. Nivaldo Luiz Rossato. “Intervenção militar é um retrocesso”. Comandante da Aeronáutica afirma que o Brasil vai encontrar o caminho e sair da atual crise político e econômica. “A intervenção militar é um retrocesso, sem qualquer chance de ocorrer”, afirma/Economia mundial. China avança, Japão reage.

Manchete do jornal Estado de Minas: Deputados de Minas Gerais na linha de frente para salvar Temer. Bancada mineira é a que tem dado mais votos para derrubar as denúncias contra o presidente.

Manchete do jornal Zero Hora, do RS: Em Gravataí, criminosos matam 2 e ferem 33.

Manchete do jornal Valor Econômico: Aneel vai mudar cálculo e energia deve subir mais. Os baixos níveis dos reservatórios e as chuvas abaixo da média dispararam um sinal de alerta para o governo. Embora não haja risco de racionamento, o custo da geração de energia está cada vez mais alto. A Aneel pretende revisar a metodologia de definição das bandeiras/Estrangeiras disputarão o pré-sal. O governo espera garantir mais R$ 7,75 bilhões com os dois leilões do pré-sal marcados para a próxima sexta-feira. Pela primeira vez, as petroleiras privadas poderão participar como operadoras em uma licitação sob o regime de partilha – antes uma exclusividade da Petrobras/Trabalho escravo será redefinido. Embora não admita revogar a portaria que enfraquece o combate ao trabalho escravo no país, o governo deverá modificá-la naquele que é considerado o aspecto mais importante para entidades, órgãos de fiscalização, organismos internacionais e especialistas envolvidos com o assunto: a conceituação do delito/Heráclito, o bombeiro da crise política. Conhecido como “Boca Mole” nas planilhas da Odebrecht, o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI) é discreto, habilidoso, e como os craques da política, atua nos bastidores. Anfitrião de jantares que fomentaram o impeachment de Dilma, deputado jogou água no clima quente entre Temer e Maia.

Manchete do jornal DCI-Diário, Comércio, Indústria e Serviços online: Investimento em educação e saúde cai 43,4% em três anos.

Manchete do Jornal do Senado: Plenário pode votar polícias penais e regras para o Uber. Proposta que transforma agentes penitenciários em policiais está na pauta da semana e regulamentação dos serviços de transporte por aplicativos também pode ir a votação.

MANCHETES DOS PORTAIS DE NOTÍCIAS:

Manchete e smbmanchetes da hora de O Globo online: PF: Pimentel usou empresas de fachada para financiar campanha. Segundo relatório da Polícia Federal, governador de Minas e sua mulher receberam mais de R$ 6 milhões em repasses ilegais/Pimentel favoreceu Casino, diz PF ao indiciar primeira-dama de Minas/Lauro Jardim: Relatório final da Acrônimo tem caixa 2 de Pimentel/Marco Aurélio: PF também pode fazer acordo de delação premiada. Decisão do STF sobre o assunto deverá por fim à queda-de-braço entre MP e PF/Temer e ministros têm lista de 25 ‘pendências’ de deputados. Às vésperas da votação da denúncia, emendas e cargos são cobrados/A agenda difícil da equipe de Raquel Dodge. Procuradora-geral da República exige agendamento com secretária por um e-mail específico. Advogados têm dificuldades para marcar reuniões. 

Manchete e submanchetes da hora do Estadão online: Para Sérgio Moro, futuro da Lava Jato depende da reação da sociedade. Juiz estará nesta 3ª no ‘Fórum Estadão Mãos Limpas e Lava Jato’ para comentar combate à corrupção/Ipsos: 33% temem reação política contra operação. Pesquisa do instituto diz que 94% defendem avanço da Lava Jato, mas 40% acham que acabará em pizza/Em eleição para reitor, USP discute desafios. Pior crise financeira já enfrentada pela universidade na capital paulista é tema central da disputa/Coligação de Macri vence votação na Argentina. Resultado de eleição legislativa coloca presidente em vantagem para novo mandato em 2019/Aliados agora admitem Doria no governo de SP. Alguns correligionários do prefeito passaram a defender essa hipótese, que conta com o apoio de Alckmin. 

Manchete e submanchetes da hora da Folha online: Apenas 2 entre 10 brasileiros seguem líder religioso ao votar, diz Datafolha. Evangélicos são mais propensos a seguir recomendação; metade rejeita voto em ateu/Evangélicos impulsionam Marina e Bolsonaro e tombam Lula em 2018/Nos anos 1990, Exército criticou planos políticos de Jair Bolsonaro/Doria faz propaganda de empresas doadoras que devem à prefeitura de SP. Ainda que com débitos, as firmas são chamadas de ‘do bem’ e recebem elogios do prefeito tucano. 

Manchete da hora do Correio Braziliense online: Comércio no Distrito Federal busca profissionais para 94 vagas de trabalho. Em todo o país, devem surgir 207.590 vagas, 5,5% a mais do que no ano passado. 

Manchete da hora do Estado de Minas online: PM procura bandidos que furtaram cerca de R$ 1 mi em mansão. 

Manchete da hora do jornal Zero Hora, do RS, onlineDisputa entre facções está por trás de ataque com dois mortos e 33 feridos em Gravataí, diz Brigada Militar. 143 pessoas já foram assassinadas na cidade neste ano  — 44% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Manchete da hora do Valor Econômico online: PF indicia primeira-dama de MG e Luciano Coutinho em investigação.Grupo Casino teria pago propina para barrar fusão entre Grupo Pão de Açúcar e Carrefour; autoridades esperam STJ para indiciar governador Fernando Pimentel/Japão. Abe vence eleição e pode ter apoio para mudar Constituição pacifista. Em pleito marcado pela baixa participação popular, o Partido Liberal Democrático ficou com 264 das 465 cadeiras do Parlamento japonês/Aliança de Macri vence eleição argentina, diz pesquisa de boca de urna. 

Manchete da hora do DCI-Diário, Comércio, Indústria e Serviços online: Tesouro Direto tem resgate líquido de R$ 486,6 mi em setembro e estoque cai 0,1%. Já na comparação com setembro do ano passado, aumento ainda é de 30%. 

Manchete da hora da Agência Senado: Plenário pode votar criação de polícia penal e regulamentação do Uber.

Manchete da hora da Agência Câmara: Plenário vota denúncia contra Michel Temer e ministros nesta quarta. Deputados vão analisar pedido do Supremo Tribunal Federal para processar, por formação de quadrilha e obstrução de Justiça, o presidente da República, Michel Temer, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Parecer do deputado Bonifácio de Andrada, aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, recomenda negar a autorização. 

Manchete da hora da revista Veja online: Mundo. Coalizão de Macri vence eleições legislativas na Argentina. Cristina Kirchner perde para candidato governista, mas consegue vaga ao Senado por Buenos Aires. 

Manchete da hora da revista Isto É online: Argentina: Macri ganha eleição legislativa. 

Manchete da hora da revista Exame online: Lula inicia hoje caravana “pocket” em Minas Gerais. Ex-presidente vai visitar as cidades onde sua base tem mais apoio e seu discurso pode ser mais efetivo. 

Manchete da hora da revista Carta Capital online: O Fundo Cívico dos super-ricos é nebuloso e suspeito. Pensado para fabricar candidatos, o fundo é acusado de tentar driblar o veto a doações de empresas.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu