Palocci é a expectativa

Sérgio Botêlho A mais forte expectativa no mundo político e judiciário passa, agora, a estar dirigida às coisas que tem a dizer o ex-ministro da Fazenda do governo Lula,

Sérgio Botêlho

A mais forte expectativa no mundo político e judiciário passa, agora, a estar dirigida às coisas que tem a dizer o ex-ministro da Fazenda do governo Lula, Antônio Palocci, preso em Curitiba, e que fechou delação premiada com a Polícia Federal.

A notícia virou a bola da vez do noticiário, após a decisão do STF em retirar, na prática, do juiz Sérgio Moro, parte das investigações contra o ex-presidente Lula, na forma de delações da Odebrecht envolvendo o líder petista.

Palocci vinha tentando há tempos inscrever sua delação no rol das premiadas, sem sucesso. O Ministério Público Federal não havia encontrado elementos interessantes de provas no que dizia o ex-ministro. E rejeitou a proposta de delação premiada dele (Palocci) mais de uma vez.

Agora, a delação do ex-ministro fechada com a Polícia Federal deve ser homologada pelo juiz Sérgio Moro, exatamente para onde vai ser encaminhado o material já gravado pelos policiais, com parte de seus alvos já adiantado pela mídia.

Evidente que a possibilidade de a delação de Palocci ser homologada mexe muito com o quadro e, principalmente, com os nervos, já em frangalhos, do mundo político que não enxerga uma luz no fim do túnel das investigações em curso.

A semana vai se encerrando sem que grandes votações tenham ocorrido no Congresso Nacional. E a que entra é que não tem perspectiva, mesmo, por conta do feriado da próxima terça-feira, 01, matando a semana.

Para hoje, sexta-feira, 27, as atenções estão voltadas para o desempenho da Bolsa de Valores de São Paulo. Com elevada inconstância, nos últimos dias, a Bovespa fechou ontem em alta, enquanto o dólar, em baixa, após ter subido bastante até a quarta-feira, 25.

O desempenho da Bolsa costuma medir o humor do chamado mercado, que, por sua vez, é muito sensível ao movimento político, mas, também, à economia internacional. É esperar para ver o que vai acontecer com a Bolsa e com o dólar, tão arisco nos últimos tempos.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.