DF é apenas 20ª unidade da federação em nº de mortes por Covid-19

DF é apenas 20ª unidade da federação em nº de mortes por Covid-19. Assim, informa a 4ª edição do boletim Codeplan Covid-19, sob a responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento do Distrito Federal.

De acordo com informações da Agência Brasília, o documento expõe dados sobre casos e consequências da doença em âmbito local. A testagem massiva da população é responsável pela posição do DF, avalia o texto.

Os testes em massa no Distrito Federal tiveram início em 21 de abril. Ao todo, são 8 postos de checagem montados no Plano Pìloto e em Águas Claras. Dessa forma, muitos casos foram confirmados precocemente e tratados, tendo os pacientes sido curados.

O boletim ainda mostra que a letalidade da doença – a proporção de mortes por covid-19 – caiu drasticamente. A saber, após a inserção da testagem em massa. 

Taxa de letalidade

Os números mostram que em 7 de abril, a taxa de letalidade chegou ao pico de 4% e passou a cair a partir de 21 de abril. Portanto, quando os postos de testes começaram a funcionar, chegando ao índice de 1,56% 

O presidente da Codeplan, Jean Lima, explica que o método adotado eleva a posição do DF no ranking de casos. Contudo, aponta, essa é a decisão mais apropriada para proteger a população contra a pandemia.

“Quanto mais testes são feitos, mais casos são confirmados, porém esse aspecto é o que leva o DF a um menor número de mortes, porque a Secretaria de Saúde trabalha com rapidez para tratar a pessoa, seja em casa ou no hospital, e a chance de cura é maior”.

Quando se leva em conta o número absoluto de casos, o DF ocupa a 13ª posição nacional. Os estados com maior número de pessoas contaminadas, até o momento, são São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e Amazonas.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments