Lava Jato: alerta geral!

Lava Jato: alerta geral!

A semana começa sob a marca da incerteza com relação ao futuro da Lava Jato. A morte do relator geral da Operação, ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, faz com que o futuro da operação esteja sujeito a mudança.

A situação mais urgente é saber como ficarão as 77 delações feitas por executivos da construtora Odebrecht, sobre a atuação da empresa no meio político e administrativo da República, nos últimos anos.

Essas delações complicariam a vida de dezenas de políticos. Chega-se a falar, até, em 200, ou mais, entre deputados, senadores, ministros e governadores, implicados com a propina distribuída pela Odebrecht.

Zavascki estava analisando as delações, colhidas pelo Ministério Público Federal, e a perspectiva era a de que elas fossem homologadas até o início de fevereiro próximo. Em seguida, seriam tornadas públicas.

Cumpre saber quem vai ser o relator da Lava Jato, a partir de agora, no STF, para dar continuidade a esse trabalho. Um trabalho que pode ficar a cargo de um novo ministro a substituir o que morreu.

O presidente Temer tem a prerrogativa de indicar esse futuro ministro, que depois será aprovado, ou não, pelo Senado Federal. Temer já disse que não vai fazê-lo de imediato. Herdando a Lava Jato, o ministro herdaria as delações. Quem será ele?

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo, pode imediatamente distribuir os diversos processos da Lava Jato, e, consequentemente, as delações, para um outro ministro, ou mais de um deles, entre os dez que restam na Corte, que era composta de 11.

Ela pode, inclusive, chamar a si própria, o processo de homologação, que já estava bastante adiantado no gabinete de Teori Zavascki, quando de sua morte. Há quem diga que ela está pendente a tomar essa atitude.

Tudo isso faz desta semana, de tantas incertezas, que hoje estamos iniciando, uma semana de fundamental importância para o futuro da Lava Jato. Inclusive, podendo revelar indícios, já, sobre as reais causas do acidente que vitimou o relator da Lava Jato.

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments