Investigação do MP enfraquece Flávio; Covid mata 10.000 em SP

Investigação do MP enfraquece Flávio; Covid mata 10.000 em SP. Bolsonaro diz que não dá para estender auxílio. Anfavea quer adiar regras ambientais e de segurança. Médico é o primeiro a testar vacina no DF. Esses são destaques da grande mídia impressa, nesta quinta-feira, 06 de agosto de 2020. Veja na *sinopse do noticiário*.

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano III, Nº 636, de 06.08.2020

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“‘Rachadinha’ na Alerj. Investigação do MP enfraquece alegações de Flávio Bolsonaro. Senador não fez saques nos meses anteriores aos pagamentos de contas por Queiroz.” *Manchete de capa do O Globo*.

“EM 4 MESES, COVID MATA 10 MIL PESSOAS NA CIDADE DE SP. Número supera o de países como Argentina e Alemanha; embora a doença tenha atingido primeiro os bairros centrais da capital, periferia apresenta os mais altos índices de óbitos.” *Manchete de capa do Estadão*.

“‘Não dá para estender auxílio ainda mais’, afirma Bolsonaro. Presidente e ministro Paulo Guedes veem limites em prorrogar benefício, mas repasse pode ir até dezembro.” *Manchete de capa da Folha*.

“Anfavea quer adiar regras ambientais e de segurança. Setor alega que a crise provocada pela pandemia esvaziou o caixa das empresas, que se viram forçadas a adiar investimentos, inclusive em novas tecnologias. ” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Médico é o 1º a testar vacina da covid no DF. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Caso em aberto. Aclarar a relação entre Flávio Bolsonaro e Queiroz é prioridade judicial e política.” 

“Feira extremista. Em sinal de organização, ato em Berlim junta de neonazistas a militantes antivacinar.”

_*O GLOBO*_

“Explosão em Beirute prova que não existe crise que não possa se agravar. Destruição do porto e pandemia formam tempestade perfeita sobre um Líbano à beira do colapso.” 

“Ímpeto gastador do bolsonarismo cresce e preocupa. Até o Zero Um aproveita a pandemia para pedir a Paulo Guedes que libere ‘um dinheirinho’.” 

_*ESTADÃO*_

“As pressões fiscais sobre a educação. Com a pandemia, o impacto fiscal sobre a educação é duplo: o processo de adaptação aumenta os custos e a queda na arrecadação diminui investimentos.”

“Cicatrizes na ‘Paris do Oriente Médio’. Explosões agravam a situação do Líbano, assolado pela pandemia e pela crise econômica.” 

“Crescimento e agenda social. Um novo contrato social será construído com colaboração entre Estado e mercado.” 

“Argentina dá o primeiro passo da recuperação. Contudo, ainda não se sabe como Alberto Fernández irá impulsionar uma economia que, neste ano, deve encolher 10%.” 

_*VALOR ECONÔMICO*_

Balança sinaliza saldo maior, mas incertezas prevalecem. A pandemia e sua evolução desconhecida tem repercussão importante nos preços e na demanda dos produtos exportados.” 

_*CORREIO BRAZILIENSE*_

“Solidariedade ao Líbano. O Brasil tem laços históricos com o Líbano. D. Pedro II visitou a antiga Fenícia em 1876. Durante a viagem, falou aos camponeses sobre o império sul-americano, onde já vivia um pequeno número de libaneses. A visita incentivou o fluxo migratório, necessário, sobretudo, para substituir a mão de obra escrava que se avizinhava do fim.” 

 

📈 *Bolsa de Valores*

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 05, em alta de 1,57%, a 102.802 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,15%, a R$ 5,29.

⏳ Destaque para o dia de hoje:

Realce histórico para a PRAIA DO SEIXAS, EM JOÃO PESSOA.

Leia mais sobre Destaques da Grande Mídia Impressa.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments