Internação em UTI é recorde em SP; Covid atinge número maior de jovens

Internação em UTI é recorde em 13 de 18 regiões paulistas. SP reabre hospitais de campanha e convoca voluntários para ‘ação de guerra’. Variante se alastra em SP e secretário cita ‘guerra’; a cada 2 minutos, 3 internados. Covid-19 alcança número maior de jovens na capital. 

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano IV, Nº 845 de 05.03.2021

📃 *Manchetes do dia*:

“Internação em UTI é recorde em 13 de 18 regiões paulistas. Às vésperas de entrar na fase vermelha, São Paulo tem mais de 7.000 pacientes em leitos intensivos” *Manchete de capa da Folha*.

“Pandemia em aceleração. SP reabre hospitais de campanha e convoca voluntários para ‘ação de guerra’. OMS alerta que ‘se não for sério, Brasil continuará a afetar toda a vizinhança e além. *Manchete de capa do O Globo*.

“Variante se alastra em SP e secretário cita ‘guerra’; a cada 2 minutos, 3 internados. Estudo vê prevalência de mutação na região metropolitana; alta de internações faz Estado clamar por ajuda” *Manchete de capa do Estadão*.

“Covid-19 alcança número maior de jovens na capital. No primeiro pico da pandemia no país, em agosto de 2020, o Distrito Federal registrava 21 pessoas com até 29 anos mortas pela doença. Ontem, quando o DF bateu recorde na média móvel de óbitos e de casos, o número de falecimentos nessa faixa etária chegava a 51, um aumento de 142%.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

°Obtuso e autoritário. Governo Bolsonaro usa intimidação descabida contra professores universitários.” 

°”Poluição amazônica. São Félix do Xingu (PA) espanta como cidade brasileira que mais prejudica clima.”

_*O GLOBO*_. 

“Câmara precisa evitar aventuras na PEC Emergencial. Projeto foi desidratado no Senado, mas mantém compromissos fiscais e libera auxílio realista aos mais pobres.” 

°”Restrições decretadas por Paes são necessárias, mas ainda tímidas. Prefeito limitou funcionamento de serviços, mas continua aglomerações nos transportes.” 

_*ESTADÃO*_

°”Insulto adicionado à injúria. A esta altura, é difícil saber qual é exatamente a pauta de reivindicações dos caminhoneiros, a não ser levar a desordem ao País”

°”Aprendiz de Chávez. O Brasil está mais próximo da Venezuela chavista do que Guedes gostaria de admitir.” 

°”Mordaça inaceitável. Silêncio imposto aos professores da UFPel é tentativa de intimidar os críticos de Bolsonaro.” 

°”As negociações coletivas depois da pandemia. Em janeiro, o número de negociações coletivas superou o de janeiro de 2017, primeiro ano de vigência da reforma trabalhista” 

_*CORREIO BRAZILIENSE*_

°“Covid-19 põe o Brasil sob os holofotes. … a escalada vertiginosa do vírus no território nacional é acompanhada com apreensão mundo afora. Ontem o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreysus, afirmou que a situação brasileira coloca em risco não apenas os vizinhos latino-americanos, mas todos os demais países” 

📈 *Bolsa de Valores*

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a sexta-feira, 05, em alta de 2,23%, a 115.202 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,37%, a R$ 5,68.

⏳ Destaques:

Destaques históricos e comemorativos do dia
Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.
Notícias sobre Economia do Turismo

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments