Instalação das comissões permanentes depende da janela partidária, diz Lira

Declaração foi feita em resposta a questão de ordem apresentada no Plenário

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta terça-feira (22) que os líderes partidários têm discutido a cada semana a instalação das comissões permanentes da Casa, mas as negociações dependem da janela partidária, que se encerra em 1º de abril.

“Nós estamos trabalhando para resolver as comissões na mínima possibilidade de acordo, então os acordos estão sendo costurados, mas estamos com a janela partidária aberta, muitas mudanças nos quadros partidários”, disse.

Lira foi questionado pelo deputado Paulo Ramos (PDT-RJ), que fez uma questão de ordem cobrando a instalação das comissões. Ramos destacou que alguns deputados dependem dos colegiados para a sua atuação parlamentar. “Isso [não instalação] anula o exercício do mandato, porque há aqueles deputados que só conseguem atuar nas comissões porque não fazem parte do Colégio de Líderes ou daquilo que se chama de ‘alto clero’”, comentou Ramos.

O presidente destacou que o tema faz parte das discussões do Colégio de Líderes e que, em anos passados, houve atrasos maiores na instalação dos colegiados. “Não tenha dúvida de que todas as semanas nós tratamos disso, e vamos resolver muito em breve. Agora, já houve ano de [instalação das comissões em] maio, em abril, e nós vamos resolver agora em março”, declarou Lira.

Edição do Anexo 6: Sérgio Botêlho, com informações da Agência Câmara

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments