GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 23.06.2022

Ex-ministro e dois pastores são presos sob suspeita de corrupção. Prisão de Ribeiro mina Bolsonaro e preocupa Centrão.. Esses são os destaques da GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 23.06.2022

*Manchetes do dia*:

“Ex-ministro e dois pastores são presos sob suspeita de corrupção. ‘Se a PF prendeu, tem motivo’, diz Bolsonaro sobre Milton Ribeiro” *Manchete de capa do Estadão*.

“Prisão de Ribeiro mina Bolsonaro e preocupa Centrão. Episódio atinge o governo e respinga no Centrão, cujos líderes indicaram a maioria dos diretores do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“PF prende Milton Ribeiro e agrava desgaste de Bolsonaro. Ex-titular do MEC e dois pastores ligados a presidente são detidos por suspeita de corrupção na pasta.” *Manchete de capa da Folha*.

“Prisão de ex-ministro da Educação abala discurso de Bolsonaro contra a corrupção. Milton Ribeiro é investigado por esquema no MEC; presidente, que dizia botar ‘a cara no fogo’, muda tom..” *Manchete de capa do O Globo*.

“Prisão de ex-ministro eleva pressão política por abertura de CPI.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Chamuscado. Ex-titular do MEC, que havia contado com manifestações públicas de apoio do presidente, é detido pela PF. Bolsonaro muda tom, mas operação provoca reações fortes no meio político.” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

“PF prende ex-ministro e pastores em apuração sobre desvios no MEC *Manchete de capa do Zero Hora*.

“Ex-ministro da Educação é preso. *Manchete de capa do Diário de Pernambuco*.

Destaques da Economia na Grande Mídia CLIQUE AQUI

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Suspeita e certeza. Prisões em apuração de corrupção mostram só parte da ruína do MEC sob Bolsonaro”

“Direito negado. Até uma criança enfrenta obstrução ao aborto legal no Judiciário e em hospitais.”

_*O GLOBO*_. 

“Centrão quer MP da Petrobras para enfraquecer blindagem à corrupção. Todas as declarações sobre “defender a nação” e “anticorrupção” são papo-furado. A palavra para descrever o que está em curso é outra: uma vergonha.”

“Sob Bolsonaro, MEC se tornou caso de polícia. A triste conclusão é que, enquanto o governo encampa o discurso ideológico, a turma aproveita para avançar sobre os escassos recursos públicos, justamente nos setores vitais, onde as verbas são mais generosas. Queira ou não Bolsonaro, o nome disso é corrupção — e ele está enfiado até o pescoço no pântano.”

*ESTADÃO*_

“A putrefação do governo Bolsonaro. Escândalo do MEC não é de longe o único indício de podridão num governo que pouco faz no combate à roubalheira e muito se empenha em manietar órgãos de fiscalização e controle”

“Mais uma lorota petista. Trocando um adjetivo aqui, um verbo acolá, ‘novas’ diretrizes para programa de governo do PT, supostamente como aceno ao centro, seguem mesma lógica do atraso de sua versão anterior.” 

“As duras certezas da política fiscal. Benefícios eleitoreiros, alguns sem previsão de receita, geram um quadro difícil para as finanças públicas em 2023.”

_*VALOR ECONÔMICO*_. 

“BC vê boa chance de reversão em preços de commodities. Há uma presunção implícita de que o recuo das commodities que acompanhará o esfriamento global será maior que eventual valorização do dólar em relação ao real.”

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 22, em queda de -0,16%, a 99.522 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,47%. a R$ 5,18.

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse Anexo 6 edição 1146 – Ano IV – Sérgio Botêlho

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments