GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 12.05.2022

Inflação em 12 meses vai a 12,13%, a maior desde 2003.  Bolsonaro demite Bento e busca saída para reduzir preços. Esses são os destaques da GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 12.05.2022

*Manchetes do dia*:

“Inflação em 12 meses vai a 12,13%, a maior desde 2003. Alta é de 1,06% em abril, diz IBGE; economistas preveem que escalada prossiga” *Manchete de capa da Folha*.

“Bolsonaro demite Bento e busca saída para reduzir preços. Troca surpreendeu cúpula da Petrobras. Novo ministro fala em privatizar estatal.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Custo eleitoral da inflação faz Bolsonaro trocar ministro. Caso do ‘Centrãoduto’ se somou a efeitos de reajustes de combustíveis” *Manchete de capa do Estadão*.

“Preocupado com desgaste, Bolsonaro demite ministro. Preço dos combustíveis tornou-se uma questão central para o governo, que busca formas de desacelerar a inflação a poucos meses da eleição.” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“GDF prevê 6,2 mil vagas em concursos para 2023. O governo do Distrito Federal envia hoje à Câmara Legislativa o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o próximo ano, com estimativa de recursos da ordem de R$ 53 bilhões..” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Alimentação e transporte turbinam a inflação. Variação de 1,06% é a maior para abril desde 1996. Acumulado em 12 meses chega a 12,13%.” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

“Inflação de abril avança 1,06% e atinge maior patamar em 26 anos. *Manchete de capa do Zero Hora*.

“Estado registra o terceiro caso suspeito de hepatite misteriosa. *Manchete de capa do Diário de Pernambuco*.

Destaques da Economia na Grande Mídia CLIQUE AQUI

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Bolsos e mentes. Benesses variadas fazem parte da estratégia de Bolsonaro para cooptar militares”

“Intervenção sem foco. Lucro da Petrobras, que também decorre de duros ajustes, eleva a receita pública.”

_*O GLOBO*_. 

“Planalto quer uma estatal igual à estatal venezuelana. Mas trocar ministro ou comando da empresa não garante que conseguirá intervir na política de preços do diesel.”

“Dados apresentados sobre emendas do relator ainda são insuficientes. Medida é avanço do Congresso no rumo da transparência, mas 70% das verbas continuam em segredo.”

*ESTADÃO*_

“É do TSE a palavra final sobre eleição. A sociedade precisa superar a falácia da ‘insegurança’ das urnas eletrônicas. O TSE já demonstrou que o processo eleitoral é limpo. O resto é desinformação ou má-fé”

“É crucial voltar a investir no País. Mesmo que faça muito bem o que precisa ser feito, o Brasil levará ainda duas décadas para reconstruir a infraestrutura indispensável ao crescimento.” 

“Otimismo num cenário incerto. Alguns indicadores alimentam a sensação de que os problemas passaram, mas muitos continuam ameaçadores.”

_*VALOR ECONÔMICO*_. 

“Emendas reavivam estelionato eleitoral de Jair Bolsonaro. As facções do Congresso que se aproveitam da apatia motivada do chefe do Executivo têm boas chances nas urnas em outubro.”

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 11, em alta de 1,25%, a 104.397 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,23%, a R$ 5,14.

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse Anexo 6 edição 1146 – Ano IV – Sérgio Botêlho

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments