GRANDE MÍDIA IMPRESSA 14.12.2021

GRANDE MÍDIA IMPRESSA 14.12.2021: PEC dos Precatórios, crédito imobiliário, passaporte da vacina, orçamento do DF, endividamento, reservatórios, Auxílio Brasil, Machacalis e parques do Recife

 

*Manchetes do dia*:

“PEC dos Precatórios teve voto irregular, sugere lista. Pelo menos um deputado usou voto remoto sem atender a critério estipulado.’”.*Manchete de capa da Folha*.

“Juros e inflação alta desaceleram crédito imobiliário. Para vender unidades, incorporadoras usam materiais mais baratos e seguram taxas. *Manchete de capa do O Globo*.

“Anvisa cobra passaporte da vacina; Reino Unido tem 1ª morte pela Ômicron. Agência se antecipa ao governo e cumpre decisão do STF; na Europa, Londres está em alerta máximo contra nova cepa” *Manchete de capa do Estadão*.

“Orçamento do DF prevê concursos e 3ª parcela de reajuste. Governo local será autorizado a realizar seleções para servidores em 28 carreiras.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Endividamento e alta do crédito emergencial afetam o consumo. Combinado à forte alta dos juros, esse fenômeno será mais uma trava ao crescimento no ano que vem, apontam analistas.” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Elevação do nível dos reservatórios no Sudeste afasta risco de racionamento. Especialistas ressaltam, porém, que situação em 2022 dependerá de os indicadores seguirem melhorando” *Manchete de capa do Zero Hora*.

“Mais mil famílias são excluídas do Auxílio Brasil no Ceará.” *Manchete de capa do O Povo*.

“Machacalis. Uma cidade arrasada.” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

“Parques do Recife serão geridos pela iniciativa privada.” *Manchete de capa do Diário de Pernambuco*.

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Passaporte forçado. Medida contra a Covid é correta, mas vem do STF em meio a tensão com Bolsonaro” 

“Bilhões eleitorais. Elevar fundo orçamentário para campanhas será prêmio a partidos sem conteúdo.”

_*O GLOBO*_. 

Morte de meninos na Baixada expõe omissão do Estado diante do crime. Quantas crianças mais serão vítimas da perversidade dessas quadrilhas e da inconcebível omissão do Estado?”

Ataque a dados do SUS mostra que o Estado é vulnerável. Que o governo ao menos saiba extrair do episódio as lições necessárias para aperfeiçoar a segurança de seus sistemas.”

*ESTADÃO*_

“As causas da impunidade. A Justiça cumpre seu papel quando reconhece nulidades processuais. O problema é a produção insistente de nulidades por parte de agentes públicos que atuam à margem da lei”

“Uma indignidade persistente. Acabar com lixões, ao que parece, não rende votos. Só isso explica o descaso absoluto de prefeitos que simplesmente ignoram as leis.” 

“Indústria em baixa, governo omisso. Indústria do País perde peso na produção mundial e retrocede, mas o presidente e sua equipe parecem ignorar os fatos.”

*VALOR ECONÔMICO*_

“Novo marco ferroviário pode corrigir déficit histórico. Caso o projeto passe na Câmara, deverá se juntar ao marco legal do saneamento como uma das escassas iniciativas positivas do governo Bolsonaro.” 

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 13, em baixa de -0,35%, a 107.383 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,00%, a R$ 5,67.

Destaques:

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse Anexo 6 edição 1129 – Ano IV – Sérgio Botêlho

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments