GRANDE MÍDIA IMPRESSA 01.04.2022

GRANDE MÍDIA IMPRESSA 01.04.2022: Moro desiste, Doria tropeça, e polarização se fortalece.

*Manchetes do dia*:

“Moro desiste, Doria tropeça, e polarização se fortalece. Ex-juiz troca de sigla e diz abrir mão do Planalto ‘neste momento’; tucano sinaliza saída, mas recua.” *Manchete de capa da Folha*.

“Corrida eleitoral. Moro desiste da Presidência, e Doria mantém candidatura, mesmo desgastado. Esquecido no PSDB, ex-governador ameaçou retirada; Leite entra na disputa.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Moro sai de corrida pela Presidência; Doria fica após simular desistência. Ex-juiz deixa disputa pelo Planalto ao migrar para o União Brasil; manobra de Doria pode aguçar divisão interna no PSDB” *Manchete de capa do Estadão*.

“Doria e Moro mudam xadrez da terceira via. Ex-ministro da Justiça saiu do Podemos, filiou-se ao União Brasil e decidiu abrir mão de disputar a Presidência, enquanto movimentação de Doria evidencia a disputa entre os tucanos”. *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Tô dentro? Tô fora? Truco de Doria e saída de Moro da disputa surpreendem a terceira via e abrem espaço a novos lances no tabuleiro eleitoral. Pela manhã, tucano sinalizou que desistiria da corrida ao Planalto. À tarde, reafirmou a candidatura. Ex-juiz trocou Podemos pelo União Brasil e não descarta volta ao páreo. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Contagem regressiva movimenta a política. Kalil e Agostinho: proximidade. Moro e Doria: turbulências” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

“Ranolfo assume o governo com promessa de manter rigor fiscal *Manchete de capa do Zero Hora*.

“Porto de Galinhas enfrenta dias de revolta e baderna. Um dos principais destinos turísticos do país, Porto de Galinhas vive situação de caos desde a noite da quarta-feira, quando a menina Heloysa Gabrielly, de seis anos, foi morta durante tiroteio entre policiais e traficantes.” *Manchete de capa do Diário de Pernambuco*.

Destaques da Economia na Grande Mídia CLIQUE AQUI

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

Terceiros fora. Defecção de Moro e oscilações de Doria tornam mais difícil quebrar polarização”

“Regalia descabida. É inaceitável PEC que prevê reajustes a cada cinco anos para juízes e promotores.”

_*O GLOBO*_. 

“Desistência de Moro afunila opções de centro. Criar uma candidatura alternativa à polarização continua uma missão difícil, embora não impossível. A desistência repentina de Moro e a hesitação oportunista de Doria abrem, sem dúvida, caminhos a explorar.”

“Nota do Ministério da Defesa distorce os fatos para elogiar o Golpe de 1964. Já há crises suficientes na agenda política nacional, a maioria fabricada pelo próprio Bolsonaro. Não precisamos de mais uma. A defesa intransigente da democracia é dever de todos os brasileiros. .”

*ESTADÃO*_

“A indignidade da fome. Um em cada quatro brasileiros vive em insegurança alimentar. Isso deveria tirar o sono de qualquer governante minimamente compassivo”

“A lei também vale para o presidente. Ao indeferir o pedido de arquivamento da PGR, ministra reitera aspecto fundamental do regime republicano: o presidente tem o dever de zelar pelo respeito à lei.” 

“Antes tarde do que nunca. Com leilão da Codesa, governo conclui primeira privatização em três anos e três meses; ritmo precisa acelerar.”

*VALOR ECONÔMICO*_

“Em pré-campanha, Bolsonaro volta a pôr urnas em dúvida. A chapa estará assim unida em apoio a uma ditadura que não permitiu eleições como a que Bolsonaro vai disputar.” 

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quinta-feira, 31, em baixa de -0,22%, a 119.999 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,44%, a R$ 4,77.

Destaques:

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse Anexo 6 edição 1146 – Ano IV – Sérgio Botêlho

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments