Governo estuda auxílio até setembro; processo de Pazuello tem sigilo de 100 anos

Sem novo plano, governo estuda auxílio até setembro (Folha). Exército impõe sigilo de 100 anos a processo de Pazuello (O Globo). Governo deve estender auxílio para turbinar área social em 2022 (Estadão). Mais da metade do Ibovespa deixou a pandemia para trás (Valor). Medidas para aliviar o bolso em meio à crise (Correio). Essas são as manchetes dos jornais da grande mídia, de hoje. 

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano IV, Nº 939 de 08.06.2021

*Manchetes do dia*:

“Sem novo plano, governo estuda auxílio até setembro. Enquanto versão do Bolsa Família não sai, prorrogação deve custar R$ 18 milhões.” *Manchete de capa da Folha*.

“Exército impõe sigilo de 100 anos a processo de Pazuello. Decisão contraria pareceer da CGU, que veda acesso só a investigações em curso. *Manchete de capa do O Globo*.

“‘Governo deve estender auxílio para turbinar área social em 2022. Com ajuda esticada em 2 meses, novo Bolsa Família teria mais verba em ano eleitoral” *Manchete de capa do Estadão*.

“Medidas para aliviar o bolso em meio à crise. Enquanto a Caixa permite a redução de até 75% no valor das prestações do financiamento imobiliário e a suspensão do pagamento de parcelas por até seis meses para quem recebe auxílio ou seguro-desemprego, o governo sinaliza que deve prorrogar o benefício emergencial até setembro.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Mais da metade do Ibovespa deixou a pandemia para trás. Nas últimas semanas, investidor tem buscado ações mais beneficiadas pela perspectiva de reabertura da economia” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

°Lenta abertura. País dá continuidade à busca de competição bancária, mas avanço deixa a desejar” 

°”Faroeste Caboclo. Presidente da CBF é afastado para conter crise que chegou ao terreno político.”

_*O GLOBO*_. 

“É inaceitável a interferência do Planalto na seleção de futebol. Cada vez mais isolado, Bolsonaro mostra que sua ambição não tem limites. Se o técnico Tite e comandados são contra sua vontade, então troca-se o técnico. 

“Corte nas tarifas seria bem-vindo no Mercosul. É por isso que, independentemente da motivação política, os países do Mercosul perdem por manter as tarifas de importação nas alturas. Toda vez que um país protege um setor, encarece a operação dos outros que compram dele.’”

_*ESTADÃO*_

°”Chavismo caboclo. A escalada da crise protagonizada por Jair Bolsonaro com os militares sugere que o País corre o sério risco de assemelhar-se à Venezuela chavista””

°”O plano de inclusão da USP. Números do plano de inclusão da USP mostram os bons resultados da iniciativa.” 

°”Visões muito discrepantes. Afinal, o que a PF viu que a PGR não viu no inquérito dos atos antidemocráticos?.” 

°”Consumidores e empresários mais confiantes. Capacidade de adaptação das empresas ao isolamento é fator importante para impulsionar o setor produtivo no primeiro semestre do ano.”

_*VALOR ECONÔMICO*_

°“Militares cedem outra vez aos arbítrios do presidente. Cabe aos militares demarcarem o terreno para atos de seu comandante.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 07, em alta de 0,50%, a 130.776 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,02%, a R$ 5,04.

Destaques:

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.
Notícias sobre Economia do Turismo

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments