Governo e política, Gugu, Sobel, Flávio, Weintraub e Lula são destaques

Governo e política, Gugu, Sobel, Flávio, Weintraub, Lula, Salles e saúde são destaques da mídia neste sábado, 23 de novembro. Chegamos ao 327º dia de 2019 e, portanto, bem próximos de ver encerrado mais um ano. Isso, porque estamos a apenas 38 dias para o réveillon 2019-2020.

? Edição: Sérgio Botêlho

? Destaques do dia:

Governo

“Brasil teve neste ano nove leis que só valeram por 120 dias. Perda de validade de MPs afeta cidadãos e empresas e inibe investimentos. Em menos de onze meses do governo de Jair Bolsonaro, o Brasil teve nove leis que vigoraram durante quatro meses e, depois, não foram confirmadas pelo Congresso. Das nove medidas provisórias (MPs) que perderam validade, oito prescreveram por falta de votação e uma foi rejeitada. “. Manchete de capa do Estadão.

“Caixa estuda crédito imobiliário sem índice de correção.”. Destaque de capa do Estadão.

“Reação a MP do emprego gera quase 2 mil emendas. Número é recorde e reflete resistência de parlamentares à proposta do governo para bancar programa de abertura de empregos para jovens; grupo ligado a sindicatos vai pedir ao presidente do Senado para devolver medida provisória ao Executivo”. Destaque de capa do Estadão.

“Pressão política atrasa reforma de servidores públicos”. Destaque de capa da Folha.

“Reforma administrativa fica para 2020, admite Guedes. De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, presidente Jair Bolsonaro achou melhor ‘dar um respiro para o Congresso”. Destaque de capa do Estadão.

Política

“Disputa pelo ‘tresoitão’. Bolsonaro pretende usar número já escolhido por legenda que pediu registro no TSE em 2018. Urna. Capitão Augusto não quer abrir mão de número. Aliança pelo Brasil, sigla que está sendo criada por Bolsonaro, e Partido Militar Brasileiro, também em formação, disputam o número 38, referência a calibre de revólver.”. Destaque de capa do Estadão.

“Lula prega polarização e oposição a Bolsonaro”. Destaque de capa do Estadão.

“Câmara cogita fundo com oficialização da rachadinha. Plano de líderes partidários é taxar em 3% salário de todos os políticos e assessores para financiar campanhas”. Manchete de capa da Folha.

Gugu Liberato

“Gugu Liberato, apresentador de TV carismático, aos 60 anos. O apresentador Gugu Liberato teve a morte confirmada ontem à noite em Orlando (EUA). Ele havia sofrido uma queda em casa. Com a tragédia que vitimou precocemente Antônio Augusto Liberato, a televisão brasileira perde um de seus mais importantes apresentadores. No SBT, era visto como sucessor natural de Silvio Santos, inclusive pelo próprio “Patrão”. Mas Gugu foi mais longe e trilhou uma trajetória solo. Tornou-se dono de uma produtora poderosa, a GGP, e seu apelido virou marca.”. Destaque de capa do O Globo.

“Gugu Liberato sofre acidente doméstico e morre nos EUA. Com banheira e PCC, Gugu testou limites da audiência”. Destaque de capa da Folha.

“Dois dias após sofrer acidente doméstico nos EUA, onde morava, o apresentador Gugu Liberato morreu ontem, aos 60 anos. Na TV desde os anos 1970, Gugu comandou programas no SBT e na Record. Ele apresentava o reality show Canta Comigo, da Record.” Destaque de capa do Estadão.

Henry Sobel

“Uma voz contra a ditadura. O rabino emérito Henry Sobel morreu aos 75 anos, em Miami, onde morava. Uma das principais lideranças religiosas defensoras dos direitos humanos no Brasil, Sobel teve atuação decisiva no caso Vladimir Herzog, durante a ditadura militar.”. Destaque de capa do Estadão.

“Morre o rabino Henry Sobel, defensor dos direitos humanos, aos 75 anos. Rabino era defensor de vítimas do nazismo, símbolo da resistência contra a ditadura e influenciou classe política e intelectuais”. Destaque da hora do O Globo.

“Morre Henry Sobel, defensor dos direitos humanos no Brasil”. Destaque de capa da Folha.

Rio

“Conta de luz no Rio pode cair até 6%. Light vai devolver R$ 3,5 bilhões aos consumidores”. Manchete de capa do O Globo.

Libertadores

“Nas mãos de Jesus, Fla busca bi da Libertadores. Clube em que Jorge Jesus obteve seu primeiro sucesso como técnico protesta contra cessão da Praça do Município para evento com telão bancado pela prefeitura no mesmo dia em que o time joga pela liga local”. Destaque de capa do O Globo.

“Um duelo cultural na capital peruana. Qual o lugar de Flamengo e River Plate no imaginário de Brasil e Argentina? Especialistas explicam como os dois times chegaram ao lugar que ocupam na cultura popular de seus países e como essa imagem se traduz em canções, filmes, novelas e quadrinhos.”. Destaque de capa do O Globo.

Flávio Bolsonaro

“MP investiga ‘fantasmas’ no gabinete de Flávio. Procedimento instaurado em setembro apura pagamentos supostamente irregulares a parentes de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Bolsonaro, que constavam como assessores na Alerj do atual senador”. Destaque de capa do O Globo.

“MP abre nova investigação para apurar se Flávio tinha funcionários fantasmas. Defesa afirma que as nomeações ocorreram conforme as regras da Alerj”. Destaque da hora do Estadão.

Saúde

“4 em 5 jovens se exercitam menos de 1 hora por dia. Estudo divulgado ontem pela Organização Mundial da Saúde mostra que 83,6% dos brasileiros entre 11 e 17 anos, quatro em cada cinco, realizam menos atividade física do que a uma hora diária recomendada para ter uma vida melhor. A porcentagem é maior que a média mundial, de 81%.”. Destaque de capa do Estadão.

Weintraub

“Weintraub ataca PT, imprensa e esquerda nas redes”. Destaque de capa da Folha.

“Reitores rebatem ministro após fala sobre plantações de maconha em faculdades. Ofende a um só tempo a comunidade acadêmica e a fé muçulmana, diz Andifes”. Destaque da hora do Estadão.

Ricardo Salles

“Suposto enriquecimento ilícito. Justiça determina quebra de sigilos fiscal e bancário de Ricardo Salles. Ministro nega irregularidades e diz não ter receio de análise de dados”. Destaque da hora do Estadão.

Greve petroleiros

“Paralisação. Petroleiros anunciam greve a partir da próxima segunda”. Destaque da hora do Estadão.

? Editoriais do dia:

STF-Coaf

“STF pode ajudar na inteligência financeira. Há chance de veredicto sobre sigilo reduzir insegurança jurídica no enfrentamento da corrupção”. Editorial do O Globo.

Uruguai

“Sem maioria, presidente uruguaio terá Legislativo com agenda própria. Foram renovadas 30 cadeiras no Senado e 99 na Câmara, mas nenhum partido será hegemônico”. Editorial do O Globo.

Desenvolvimento social

“O necessário desenvolvimento social. Cabe ao Congresso levar sua agenda social de forma coordenada e responsável, assegurando-lhe viabilidade política e econômica.” Editorial do Estadão.

Judiciário

“Magistrados denunciados. Enquanto as corregedorias das Justiças estaduais não cumprirem seu papel, só órgãos com jurisdição nacional podem coibir o corporativismo da magistratura e afastar juízes e desembargadores indignos da toga.” Editorial do Estadão.

Governo

“Sensatez tributária. Receita acerta ao defender taxação menor sobre o consumo e maior sobre a renda “. Editorial da Folha.

“Médicos incertos. Com projeto empacado no Congresso, atenção primária à saúde corre risco em 2020 “. Editorial da Folha.

“A equipe econômica e o direito. Decisões tomadas sem considerar marcos institucionais e legais são sempre derrubadas”. Editorial do Estadão.

? Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a sexta-feira, 22, em alta de 1,11%, a 108.692 pontos. O dólar terminou o dia em leve baixa de -0,05%, a R$ 4,19.

⏳ Destaque histórico:

“Em 23 de novembro de 1859, Charles Darwin lança seu livro ‘Sobre a origem das espécies por meio da seleção natural ou a conservação das raças favorecidas na luta pela vida’.” Mais informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments