Governo anuncia plano; Guedes diz que não há verba

Governo anuncia plano; Guedes diz que não há verba. Esses são destaques da grande mídia, nesta quinta-feira, 23 de abril de 2020, na seção DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA, do Anexo 6.

 

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“Governo anuncia plano e põe em xeque agenda de Guedes. Medidas anunciadas contra a crise implicam retomar investimento público para gerar empregos.” *Manchete de capa da Folha*.

“Ministério e estados planejam ações para abrandar quarentena. Prefeitos e empresários cobram de governadores. Santa Catarina teve aglomeração em shopping. Teich diz que apresentará proposta em uma semana.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Ala militar impõe obras; equipe de Guedes diz que não há verba. Plano de recuperação da economia pós-covid-19, apresentado pela Casa Civil, prevê investimentos de R$ 300 bi.” *Manchete de capa do Estadão*.

“União terá que compensar prejuízo de concessionárias. Reequilíbrio econômico-financeiro de contratos está previsto em parecer jurídico da Advocacia-Geral da União (AGU). ” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“GDF estuda abertura gradual das escolas. Ibaneis determina a elaboração de plano para o reinício das aulas, a partir do ensino médio. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

📃 *Destaques de capa*:

_O GLOBO_

“Deborah Colker prepara espetáculo sobre ciência e fé. INSPIRADO NA LUTA contra a doença do neto, espetáculo que Deborah Colker prepara para estrear após pandemia parece feito sob medida para o momento atual, ao criar uma ponte entre ciência e fé”.

“Merval Pereira: Presidente quer base com a velha política”.

“Ascânio Seleme: Bolsonaristas agem como manada”. 

“Bernardo Mello Franco: O general gosta de elogios”. 

“Míriam Leitão: Brasil começa a abrir antes da hora”.

“Só 55% das vagas para médicos são preenchidas”.

“Coronavírus castiga asilos pelo Brasil”.

“Governo anuncia plano pós-crise de R$ 30 bilhões

Sem Guedes, governo lança plano de recuperação e prevê 1 milhão de empregos”. 

“Dólar bate novo recorde e chega a R$ 5,40. Alta no ano é de 34,9%. Moeda americana acumula alta de 34,9% este ano. Injeção no mercado de US$ 500 milhões do Banco Central não impediu valorização de quase 2% da divisa, que chegou a R$ 5,415 na máxima do diaf”. 

“Crise econômica torna mais dura pandemia na Venezuela”.

_ESTADÃO_

“Mortes no País dobram a cada cinco dias, aponta Fiocruz. Dado consta do MonitoraCovid-19, sistema da Fiocruz que revela velocidade com que a epidemia se dissemina, e destaca ainda a interiorização da doença para as cidades de menor porte. Dentre os municípios com mais de 500 mil habitantes, todos já têm casos”.

“São Paulo pode retomar economia na quarentena. Prevendo o triplo de casos de covid-19 até o dia 3, governo indica abertura em fases; hoje nenhuma região do Estado obteria ‘sinal verde’”.

“43 shoppings reabrem em 19 cidades do País. O relaxamento das medidas de isolamento em várias regiões já levou à reabertura de 43 shopping centers em 19 cidades. Até a semana passada, os 577 centros de compra estavam fechados.”. 

“Alemanha inicia teste de vacina com voluntários. Alemães farão ensaios clínicos em 200 voluntários; britânicos têm duas pesquisas”. 

“NO PARÁ, DOENTES DORMEM NA FILA. Eles devem atuar em hospital de campanha; policlínica separada para covid-19 teve de fechar as portas anteontem”.

“UM GUERREIRO CONTRA A CENSURA. Pedreira morreu no Rio, aos 94 anos; ele comandou o jornal entre 1971 e 1977”.

“Nubank quer crédito por reação de bancos. Para Vélez, fintechs poderiam ter fatia maior na distribuição de recursos, mas ainda têm pouca interlocução com governo”.

“Senado amplia ajuda emergencial. Senadores decidiram estender ajuda de R$ 600 a outros grupos, como as mães adolescentes, e o dobro será pago a pais solteiros”. 

“William Waack: Bolsonaro negocia cargos em troca de apoio dos deputados. É a mais sofisticada jogada política desde que assumiu.”. 

“Gilles Lapouge: Origem do vírus é um mistério com inúmeras teorias. Uma delas envolve a França e um laboratório secreto na China.”.

“Celso Ming: O preço dos combustíveis caiu. O mundo está inundado de petróleo porque o consumo de energia despencou.”.

_FOLHA_

“A noite, Bolsonaro fez acenos a Guedes e declarou que ‘política boa é com investimento privado’”.

“Vinícius Torres Freire: Com militares, governo se reorganiza e reage”.

“Ministro confirma programa de saída e confirma general”. 

“Em meio a tensão, Bolsonaro faz aceno a Toffoli”. 

“Entrevista com Ligia Kogos: ‘Continuamos com orgulho’”.

“Entrevista. Sidney Klajner. Ainda não chegou o pior da pandemia”.

“Sem metas, Doria anuncia reabertura em SP”.

“Grande SP já tem 73,3% das UTIs públicas e privadas ocupadas”. 

SP e RJ, os mais afetados pela Covid-19, zeram fila de análise de testes”. 

“Mais que dobra número de pequenas cidades do estado com doença”.

“Novo coronavírus fica no corpo por cerca de 21 dias em casos graves”.

“Contardo Calligaris: Os ‘patriotas’ e os canalhas. ”.

“Mortes no trânsito paulista caem 31% na quarentena”. 

“Capital do caixão não quer crescer à custa de vidas de infectados”. 

“Anvisa aprova venda de primeiro produto à base de maconha no país”.

“Em novo recorde nominal, dólar supera patamar de R$5,40”.

“Brasil já registra um apagão estatístico do mercado de trabalho”.

_VALOR ECONÔMICO_

“Dólar sobe a R$ 5,40 e Selic deve cair a 3%. Forte desvalorização do petróleo e as apostas mais agressivas na redução da taxa básica de juros (Selic) explicam a alta de 1,91%”.

“RS pede socorro. Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, revela que seu Estado perdeu 20% da arrecadação em decorrência da pandemia”.

“PEC da Guerra condiciona benefícios a empregos. Texto aprovado pelo Senado introduziu um complicador para as empresas que, se aprovado pela Câmara, trará insegurança jurídica”. 

“País tem maior queda de renda em cem anos. Segundo projeção, PIB per capita deve encerrar esta década com queda média anual de 0,6%, o pior desempenho desde a primeira década do século passado”. 

“UOL vende UD Tecnologia em operação de R$ 1,5 bi. Fundo de investimento americano Digital Colony faz aquisição de olho na demanda por infraestrutura digital”.

“Em casa, juiz está mais produtivo. Desde 16 de março, quando se iniciou o isolamento social na maioria dos Estados, 3,8 milhões de decisões foram proferidas por juízes a partir de suas residências”.

“Brasil está mais equipado para combater epidemia que resto da AL, aponta estudo. Segundo consultoria, país aumentou número de respiradores entre 2017 e 2019, enquanto demais nações da região cortaram”.

“Corte de gasto deixou país sem ‘imunidade’, diz instituto. Recomposição do orçamento do SUS é necessidade, segundo Inesc”. 

 _CORREIO BRAZILIENSE_

“Imobiliárias, escritórios de advocacia, contabilidade e arquitetura voltam a funcionar no DF”.

“Governo federal anuncia plano para recuperação da economia após a crise do coronavírus”.

“Reino Unido e Alemanha testam vacinas”. 

📃 *Editoriais do dia*:

_FOLHA_

“Gradual e segura. SP faz opção correta por saída organizada da crise, mas há muito a aperfeiçoar.” 

_O GLOBO_

“Fim de isolamento não pode ter um ‘Dia D’. O relaxamento de quarentenas e bloqueios não é instantâneo e precisa de monitoramento.” 

“Brasil precisa estudar alternativas para enfrentar a crise do petróleo. País terá de atrair investimentos privados para ajudar na mitigação dos efeitos da pandemia.” 

_ESTADÃO_

“Bolsonaro e a democracia. A democracia é ameaçada quando um presidente usa a visibilidade e a importância institucional de sua cadeira para fazer carga contra outros Poderes, como faz Bolsonaro”.

“Atenção aos mais desprotegidos. A crise os privou de renda e a informalidade dificulta seu acesso à chance de sobrevivência.” 

“O risco de um mau recorde. Pedidos de recuperação judicial podem bater recorde e superar os da última crise, em 2016, aponta estudo.”. 

_VALOR ECONÔMICO_

Planalto se volta para o velho centrão em busca de apoio. Bolsonaro quer se aliar ao que de pior a política brasileira já produziu”. 

_CORREIO BRAZILIENSE_

“O colapso de Manaus acende a luz vermelha. O horror decorrente do colapso do sistema de saúde manauara torna concreto o alerta que vem sendo acionado desde o começo do ano, quando se agravou a situação de Wuhan, terra natal do coronavírus. A Organização Mundial da Saúde, cientistas e profissionais da área insistem na necessidade de controlar a propagação do vírus”. Editorial do Correio Braziliense.

📈 Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 23, em alta de 2,17%, a 80.687 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,94%, a R$ 5,41.

Destaque histórico:

Informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments