Rota de colisão: Frota perde vice-liderança do PSL e comissão da reforma tributária

Depois de votar contra a reforma da Previdência, e de fazer críticas ao presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) perdeu a condição de vice-líder da legenda governista, na Câmara, e não faz mais parte da Comissão da Reforma Tributária, na Casa. Pessoas indicadas por Frota para o comando do partido em Cotia (SP) também foram destituídas do cargo.

O parlamentar pesselista é alvo, ainda de dois pedidos de expulsão do PSL, cuja decisão caberá ao Conselho de Ética do partido, um chancelado pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP) e outro defendido pelo senador Major Olímpio (PSL-SP).

A informação é veiculada nesta quinta-feira, 08, na coluna Painel, da Folha.

 

 

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu