Fim do carnaval, política e economia são os destaques do noticiário

📰 Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 116

🖋Edição: Sérgio Botêlho

📅 A 300 dias do fim do ano de 2019, hoje é quarta-feira, 06 de março de 2019, 65º dia do ano.

🌩 Livre pensar: Evite medir os outros pelos seus valores. O resultado é, no mínimo, decepcionante, quando não, conflituoso. (SB)

📊 Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e sistema bancário, que estiveram fechados durante o Carnaval, reabrem, hoje.

🎭 Carnaval:

“Carnaval 2019: apuração desta quarta-feira terá mudança em relação ao ano passado. Antes anunciados com antecedência, jurados reservas serão descobertos 2 horas antes da divulgação das notas.” No O Globo.

🎭 Carnaval:

“Crivella quer tirar ajuda da Prefeitura a escolas de samba do Rio em 2020.” No O Globo.

🎭 Carnaval:

“Mangueira leva Estandarte de Ouro de melhor escola do Grupo Especial.” No O Globo.

🎭 Carnaval:

“Criticada por religiosos, comissão de frente com luta entre Jesus e demônio perde pontos em SP.” No O Globo.

🎭 Carnaval:

“Mancha Verde é campeã do carnaval paulistano em 2019; Vai-Vai é rebaixada. Pela primeira vez, a escola alviverde ganhou o carnaval paulista”. No Estadão.

🎭 Carnaval:

“Bombas em meio ao bloco. Ação da PM causa confusão com feridos no Fervo da Lud.” No O Globo.

🎭 Carnaval:

“Bolsonaro publica vídeo obsceno e o liga ao carnaval. Na postagem, na noite desta terça-feira, 5, presidente diz que ‘temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades’” No Estadão. “Internautas denunciam vídeo obsceno postado por Bolsonaro. Cena causa polêmica no Carnaval, e usuários entendem conteúdo como impróprio para as redes.” Na Folha. “#HASHTAG Após vídeo, internautas pedem impeachment com base em lei.” Na Folha.

🎭 Carnaval:

“Daniela e esposa convidam Bolsonaro para um papo. ‘Sr. Presidente, sinto muito que não tenha compreendido a canção ‘Proibido o Carnaval’, que defende a liberdade de expressão e é claramente contra a censura (…) Se assim desejar, irei com minha esposa, que é também minha empresária, até Brasília para conversar com o senhor sobre o assunto’, sugeriu ela, após detalhar valores que já recebeu a partir do incentivo.” No Estadão.

🎭 Carnaval:

“Foliões fazem protesto contra Bolsonaro em frente à casa do presidente no Rio. Grupo estava vestido de laranja em alusão às irregularidades com candidaturas do PSL no diretório de Pernambuco.” No Estadão.

🎭 Carnaval:

“Renascido, Carnaval de rua de Porto Alegre se estende até o fim do mês.” Na Folha.

🏙️ Cidades:

“Crivella quer o Porto Jogatina. O prefeito do Rio vive no mundo da Lua, e os cariocas são obrigados a suportar suas fantasias e empulhações.” Na coluna de Elio Gaspari, no O Globo.

🏙️ Cidades:

“Histórico da Ciclovia não dá outra alternativa além da demolição. Prefeitura não pode delegar aos cariocas, por meio de plebiscito, tarefa que é de sua competência.” Editorial do O Globo.

💲Economia:

“Os desafios dos sindicatos. Em um momento em que precisa buscar formas de se sustentar financeiramente, boa parte dos sindicatos enfrenta problemas que afetam o emprego em suas bases.” Editorial do Estadão. “Para sindicato, mexer em contribuição é inconstitucional. Para sindicalistas, MP 837 altera princípio estabelecido na reforma trabalhista de que negociado prevalece sobre legislado.“ No Valor Econômico.

💲Economia:

“Sem confiança para empregar. Pior legado da recessão, o desemprego voltou a crescer na virada do ano.” Editorial do Estadão.

💲Economia:

“PIB paulista avança mais que o nacional. Economia paulista se ressentiu da instabilidade política associada à realização de eleições nos níveis estadual e federal.” Editorial Econômico do Estadão.

💲Economia:

“Apesar de socorro da União, contas de 14 Estados pioram. Renegociação de dívidas feita com o governo federal em 2016 previa que governadores controlassem gastos. São Paulo, Minas Gerais, Alagoas, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina, Tocantins, Bahia e Distrito Federal estão nessa lista.” No Estadão.

💲Economia:

“Socorro a estados será financiado por bancos estrangeiros. União dará garantia para até R$ 10 bi em empréstimos, afirma secretário do Tesouro.” Na Folha.

💲Economia:

“Cinzas no mundo do trabalho. Além de efeitos da crise, há sintomas de precariedades crônicas no emprego.” Na coluna de Vinícius Torres Freire, na Folha.

💲Economia:

“Governo quer liberar urânio e terra indígena à mineração. O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse em evento, no Canadá, que o governo Bolsonaro planeja permitir a mineração em terras indígenas e em zonas de fronteira, além de abrir a empresas privadas a atividade de pesquisa e lavra de minérios nucleares.” No Valor Econômico.

💲Economia:

“BRF faz aposta errada e perde R$ 200 milhões. Uma aposta da BRF na alta das próprias ações se voltou contra a companhia. No mês passado, a empresa liquidou um instrumento derivativo firmado em 2017 com o Bradesco, cujo saldo foi negativo em mais de R$ 200 milhões, em um momento já difícil para a empresa.” No Valor Econômico.

💲Economia:

“Taxa de poupança sobe pelo segundo ano seguido, mas nível ainda é baixo. Apesar da melhora nos dois últimos anos, a taxa continua bem abaixo dos 19,3% do PIB atingidos em 2007.” No Valor Econômico.

💲Economia:

“Cresce dependência da indústria de alta tecnologia por importado. Cenário envolve setores que estão entre os que mais empregam mão de obra qualificada.” No Valor Econômico.

🇧🇷 Governo federal:

“Mourão diz que ‘perde o Brasil’ com recuo em nomeação da cientista política Ilona Szabó.” No O Globo. “Mourão diz que Brasil perde com recuo de Moro: ‘Eu acho que perde o Brasil. Perde o Brasil todas as vezes que você não pode sentar numa mesa com gente que diverge de você. O Brasil perde. Não é a figura A, B ou C. Perde o conjunto do nosso país e nós temos que mudar isso aí’, afirmou.” No Estadão.

🇧🇷 Governo federal:

“Governo quer aprimorar mecanismos de controle na oferta do Bolsa Família.” No O Globo. “Bolsa Família tem 374,9 mil filiados a partidos. PT e MDB são as legendas com o maior número de beneficiários; especialistas apontam que programa do governo federal proporciona ganhos eleitorais a prefeitos em primeiro mandato e que buscam a reeleição.” No O Globo.

🇧🇷 Governo federal:

“Presidência eleva em 16% o gasto com cartão corporativo. Despesas nos dois primeiros meses do governo Bolsonaro chegam a R$ 1,1 mi; resultado contraria proposta feita por ministro da Casa Civil. A extinção dos cartões corporativos foi defendida pelo ministro Onyx Lorenzoni” No Estadão.

🇧🇷 Governo federal:

“Sem desconto. Governo Bolsonaro acerta na intenção de enfatizar o caráter voluntário das contribuições sindicais, mas erra ao impor regras sem aviso e negociação.” Editorial da Folha.

🇧🇷 Governo federal:

“Ministério da Economia patina com lentidão e disputa interna. Reunião semanal de Guedes com secretários especiais é apontada como ponto positivo da nova estrutura.” No Valor Econômico.

🌐Internacional:

“Ghosn deve ser solto depois de pagar R$ 34 milhões. Ex-presidente da aliança Nissan-Renault-Mitsubishi deve ser solto hoje, após quase quatro meses preso em Tóquio.” No O Globo.

🌐Internacional:

“Guaidó se reúne com sindicatos e anuncia greve. Guaidó acena ao setor público e anuncia greve.” No O Globo.

🌐Internacional:

“Nicolás Maduro convoca protestos ‘anti-imperialistas’ para sábado (9).” Na Folha.

🌐Internacional:

“Rússia alerta contra ingerência em seus negócios na Venezuela.” No Estadão.

🌐Internacional:

“Satélites detectam atividades em base de mísseis da Coreia do Norte.” NO Estadão.

🌐Internacional:

“Trump acusa democratas de ‘maior abuso de poder’ da história dos EUA.” No Estadão. “Democratas apertam investigações contra Trump na Câmara. Comissão contrata ex-procurador federal para chefiar uma das investigações contra o presidente em andamento na Câmara. Casa BRanca critica iniciativas dos democratas.” No Valor Econômico.

🌐Internacional:

“É bom ficar esperto para não andar na contramão. Pensamento liberal, queiramos ou não, perde espaço no mundo com a guerra comercial deflagrada por Donald Trump.” No Valor Econômico.

🌐Internacional:

“Desaceleração. Guerra comercial faz China reduzir meta de crescimento. País espera que economia cresça entre 6% e 6,5% neste ano, abaixo dos 6,6% do ano passado. Para estimular o crescimento, governo anunciou um corte de impostos e expectativa de déficit fiscal maior.” No Valor Econômico.

🕵Investigações:

“O contrito. Sérgio Cabral admitiu, pela primeira vez, ter sido o maior beneficiário de esquema de corrupção.” Editorial do Estadão.

🕵Investigações:

“’Lava-Jato da Educação’ é embrionária e deve demorar a mostrar resultados. Polícia Federal ainda não instaurou nenhum inquérito sobre o assunto.” No Valor Econômico.

⚖️Justiça:

“Recurso de Lula será julgado pelo STJ. Decisão de 5ª Turma pode fazer com que revisão de entendimento no STF seja inócua para petista.” No Valor Econômico.

🌪 Meio Ambiente:

“Um dos países que mais usam plásticos, Brasil recicla apenas 2% dos detritos.” Na Folha.

Política:

“Líderes do partido de Bolsonaro estão entre os deputados que mais faltaram em fevereiro. Luciano Bivar e Major Vitor Hugo integram grupo de parlamentares ausentes nas primeiras sessões do ano.” No O Globo.

Política:

“No primeiro mês, deputados apresentam a maior quantidade de projetos desde 1946.” No O Globo.

Política:

“Corrente articula saída de Gleisi Hoffmann da presidência do PT.” No O Globo.

Política:

“Filho de Bolsonaro propõe expulsão de estudante que depredar patrimônio público.” No O Globo.

Política:

“A questão militar no atual governo. Os comandantes militares, principalmente do Exército, viram o crescimento do então candidato Jair Bolsonaro como uma oportunidade de tratar uma velha questão mal resolvida com a sociedade brasileira. O general Villas Bôas soltou suas notas nos momentos certos para deixar claro o seu lado no tempo em que o país ainda estava no processo decisório. Urnas fechadas, o desembarque no novo governo foi natural e coerente. Mas uma nova questão começou: será bom ou ruim para as Forças Armadas tamanha simbiose?” Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

Política:

“O que 2019 nos reserva. Ano estaria começando hoje… temos um governo ambivalente —ou bipolar. O presidente é contra a tirania de Maduro, mas exalta Stroessner, e no seu altar de admirações figuram generais da ditadura militar e um torturador, que é seu herói. Demite um ministro que se indispôs com o filho, e diz que ‘nenhum filho meu manda no governo, não há nada disso’. Há muitas incertezas em relação a 2019, mas o que talvez seja o único consenso é a necessidade da reforma da Previdência.” Na coluna de Zuenir Ventura, no O Globo.

Política:

“Dinheiro público estimula mercado de partidos. Legislativo e Judiciário ajudaram a fragmentar de forma excessiva a representação política.” Editorial do O Globo.

Política:

“Bolsonaro e os pobres. O discurso altamente ideologizado do presidente tem feito com que categorias como professores, ambientalistas, sindicalistas, ativistas e artistas sejam automaticamente associados ao PT e estigmatizados por aliados e por ele próprio.” Na coluna de Vera Magalhães, no Estadão.

Política:

“Alcolumbre vê ‘janela’ em pacto federativo. Ainda um tanto periférico nos debates sobre a reforma da Previdência, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), quer abraçar a agenda do pacto federativo.” Na Coluna do Estadão.

Política:

“Bolsonaro é legítimo, mas não é monarca absoluto. Meios de comunicação tradicionais perderam o poder que tiveram, mas não têm substitutos.” Na coluna de José Nêmanne Pinto, no Estadão.

Política:

“Resistência à hegemonia do PT fragmenta oposição. Partidos. Divisão que se aprofundou depois da eleição presidencial do ano passado emperra formação de bloco único na Câmara para avaliar projetos do governo Bolsonaro.” No Estadão.

Política:

“PSL cresce pouco após troca-troca no Congresso. Impulsionado nas eleições de 2018 por Jair Bolsonaro, o PSL não conseguiu crescer no Congresso durante o troca-troca partidário do início de legislatura. A sigla, que elegeu 52 deputados federais e quatro senadores, tem agora 54 deputados, empatando com o PT na Câmara. A bancada deve chegar a 55 e ser a maior da Casa, mas correligionários de Bolsonaro esperavam chegar a 60. No Senado, manteve os quatro nomes.” Na Folha.

Política:

“Disputa pela Alesp. Como grande parte de suas congêneres, a Alesp padece de governismo crônico, e um acirramento do debate programático fará bem à administração estadual.” Editorial da Folha.

Política:

“Lula discute o papel de Haddad e o comando do PT. A sala na Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Lula está preso tem sido palco de reuniões que vão definir os rumos do PT nos próximos anos. Nos últimos meses, o PT vem discutindo formas de dar protagonismo a Fernando Haddad – e mudanças no comando da legenda voltaram à agenda.” No Valor Econômico.

Política:

“Governo não parece ansioso em obter apoio no Congresso. Sem maioria segura no Congresso, e com uma coordenação política claudicante, Bolsonaro e seus ministros arruínam as bases com que poderiam governar.” No Valor Econômico.

📦 Previdência:

“Maquiavel e a PEC da Previdência. Uma ação política bem articulada na opinião pública poderá mitigar o desgaste político.” Por Adriano Cerqueira, na coluna Espaço Aberto, no Estadão.

📦 Previdência:

“Articulação da reforma em marcha lenta pós-carnaval. A equipe da Secretaria Especial da Previdência só retoma na quinta-feira a mobilização em prol da reforma.” No Estadão.

📦 Previdência:

“Ministro defende BPC mais alto e corte de patrocínios. Responsável pela área de social do governo, o ministro da Cidadania, Esporte e Cultura, Osmar Terra, defende uma mudança nas regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC).” No Valor Econômico.

🚑 Saúde:

“HIV some após britânico passar por transplante. Doze anos depois de americano receber o mesmo tratamento e ficar sem traço do vírus, pesquisadores repetem o feito em Londres; doador de células-tronco da medula óssea tem resistência à infecção.” No O Globo.

👥 Sociedade:

“Quarta-feira de cinzas sem feriado bancário: programe-se para pagar as contas sem multas. Agências devem abrir às 12h. Quem não pagar contas da Light e Ampla que vencem em 6 de março está sujeito a multa.” No O Globo.

👥 Sociedade:

“’Deixar o país agora é covardia’, diz Elza Soares. A cantora discorda da ministra Damares Alves para quem pais de meninas deveriam fugir com elas do Brasil.” Na coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

😱 Tragédia:

“Vale buscará dar agilidade a reparações. O presidente interino da Vale, Eduardo Bartolomeo, tem duas prioridades urgentes: melhorar o diálogo com as autoridades para chegar a um acordo, o mais rápido possível, sobre as indenizações às vítimas da tragédia de Brumadinho e reequilibrar a produção de minério de ferro em Minas Gerais”. No Valor Econômico.

Destaque histórico:

“O mestre do Renascimento Michelangelo Buonarotti (1475-1564) nasceu no dia 6 de março de 1475 na Itália. Entre as obras do arquiteto, escultor e pintor estão a Pietá, o Davi e, com certeza a mais conhecida de todos, a abóbada da Capela Sistina.” No portal Terra.

👍Positivo:

“Como tolerância zero a armas e álcool tornou o Japão um dos países mais seguros do mundo. De acordo com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes, o Japão tem 0,28 homicídios para cada 100 mil habitantes.” Na BBC Brasil.

👎Negativo:

“Sarampo no Brasil tem avanço preocupante, alerta Unicef. O Brasil vinha de uma sequência de zero casos em 2015, 2016 e 2017 – em 2016, inclusive, ganhou um certificado da OMS (Organização Mundial da Saúde) de eliminação do sarampo.” Na BBC Brasil.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu