Evocação nazista derruba secretário; tema se destaca na mídia

Evocação nazista derruba secretário de Cultura. Este é o principal destaque da grande mídia, neste sábado, 18 de janeiro de 2020, na sinopse diária do Anexo 6.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Destaques do dia:

“Exibição nazista derruba secretário de Cultura do governo Bolsonaro. Roberto Alvim imita Joseph Goebels, ministro da Propaganda de Hitler, e é demitido; Regina Duarte é convidada para o cargo.” Manchete de capa da Folha.

“Secretário de Cultura cai após copiar discurso nazista. Alvim queria arte ‘nacional e heroica’; Regina Duarte é convidada.” Manchete de capa do O Globo.

“Vídeo de inspiração nazista faz Bolsonaro demitir secretário. Presidente exonerou Roberto Alvim, da Cultura, após sofrer forte pressão; Regina Duarte é convidada.” Manchete de capa do Estadão.

“Merval Pereira: Demissão não adianta se conceitos sobre arte permanecerem.” Destaque de capa do O Globo.

“Ancelmo Gois: Alvim processou colunista por comparação com nazista.” Destaque de capa do O Globo.

“Miriam Leitão: Roberto Alvim não estava só. Ele se foi, mas o projeto ficou.” Destaque de capa do O Globo.

“Tensão nas últimas horas de Alvim no cargo. Após primeiro telefonema de Bolsonaro às 7h30, Roberto Alvim viveu uma manhã de explicações tensas,d.” Destaque de capa do O Globo.

“CGU já encontrou 26 casos de conflito de interesses. CGU viu irregularidades em 26 situações similares à do titular da Secom.” Destaque de capa do O Globo.

“Agências: Bolsonaro vai indicar 22 diretores em 2020. Bolsonaro poderá indicar 22 nomes para diretorias até o fim do ano.” Destaque de capa do O Globo.

“Trump reforça seu time de advogados de defesa. Defesa de Trump terá promotor que processou Clinton e advogado de famososd.” Destaque de capa do O Globo.

“Anvisa proíbe a venda de cervejas Backer em todo o país. Anvisa proíbe venda de todas as cervejas Backer, e vítimas chegam a 19.” Destaque de capa do O Globo.

“Sem força máxima, Fla e Botafogo estreiam no Estadual. Alvinegro volta a apostar nos meninos neste Carioca. Delegação com média de 21,1 anos enfrenta hoje o Volta Redondaf.” Destaque de capa do O Globo.

“Simpatia e Banda de Ipanema vão desfilar entre 7h e meio-dia. Prefeitura determina que desfiles sejam das 7h ao meio-dia, para dividir público com os megablocos do Centro e evitar tumultos.” Destaque de capa do O Globo.

“Lei Seca móvel vai atrás de motorista que desvia da blitz. Equipes vão circular para abordar quem desvia de blitz; outra novidade são as operações diurnas perto de praias.” Destaque de capa do O Globo.

“Enseada de Botafogo afogada em resíduos. Tomada por lixo e esgoto, Praia de Botafogo agoniza.” Destaque de capa do O Globo.

“Governo quer vender ações que nem sabia que tinha. ” Destaque de capa do Estadão.

“Patrimônio à venda. Bancos públicos devem acelerar vendas e oferecer mais de R$60 bilhões em ativos no primeiro semestre deste ano.” Destaque de capa do Estadão.

“Cervejaria fala em sabotagens em barris.” Destaque de capa do Estadão.

“MP quer barrar contratação de militar no INSS. ” Destaque de capa do Estadão.

“Alvim acreditava que não seria demitido.” Destaque de capa do Estadão.

“Advogada foi a primeira a ver elo com o nazismo na fala.” Destaque de capa do Estadão.

“Marcos Guterman: Ele não é o único. Alvim apenas acrescentou teatralidade a discurso que é voz corrente entre figuras de proa do governo. ” Destaque de capa do Estadão.

“Sergio Augusto: Goebbels tabajara. Duvido que no momento exista país mais ridículo e ridicularizado do que o Bolsonistão.” Destaque de capa do Estadão.

“Adriana Fernandes: Quem compra o Brasil? É nesse clima que Paulo Guedes vai ao Fórum Econômico de Davos em busca de investimentos.” Destaque de capa do Estadão.

“Tragédia familiar. Livro conta como Suzane Richtofen matou os pais. ” Destaque de capa do Estadão.

“México. Rifa de avião presidencial.” Destaque de capa do Estadão.

“Crise da água causa demissão no Rio.” Destaque de capa do Estadão.

“Vírus na China eleva atenção em aeroportos. ” Destaque de capa do Estadão.

“Fernando Reinach: Recorde de calor acumulado nos oceanos é a mais sólida evidência experimental de que a Terra está aquecendo.” Destaque de capa do Estadão.

“José Márcio Camargo: País dará passo decisivo para o crescimento de longo prazo com aprovação de PECs de redução de gastos obrigatórios.” Destaque de capa do Estadão.

“Sob Dilma, comissão viu conflito em casos similiares ao da Secom. ” Destaque de capa da Folha.

“Alexa Salomão: Mercado diz que se for o caso, opera contra a democracia.” Destaque de capa da Folha.

“Reinaldo José Lopes: Estética e discurso são anteriores ao partido de Hitler.” Destaque de capa da Folha.

“Ana Paula Sousa: Passadista e dirigista, Prêmio das Artes continua.” Destaque de capa da Folha.

“Presidente da Casa da Moeda destitui comitê para nomear amigo. ” Destaque de capa da Folha.

“Para identificar vítimas de Brumadinho, IML analisou 854 restos.” Destaque de capa da Folha.

“Anvisa proíbe venda de produtos da Becker com validade após agosto.” Destaque de capa da Folha.

📃 Editoriais do dia:

“Peça tragicômica. Caso {Alvim} serve de alerta para sociedade sobre até onde o governo Bolsonaro é capaz de chegar.” Editorial da Folha.

“O INCONCEBÍVEL DISCURSO NAZISTA DO SECRETÁRIO. Roberto Alvim, da Cultura, copia Goebbels, avança sobre o estado democrático de direito e é demitido.” Editorial do O Globo.

“Bolsonaro e sua circunstância. O assessor que se inspirou em Goebbels só foi exonerado porque houve uma grita generalizada. O conteúdo da fala é o que Bolsonaro já disse inúmeras vezes.” Editorial do Estadão.

“Liberdade para reclamar. Direito a manifestações dentro dos limites da lei não deve ser cerceado.” Editorial da Folha.

“Receita proposta por Morales para a Bolívia é a do terrorismo das milícias. Ex-presidente reafirma desprezo pela democracia, já atestado nas manobras para a fraude eleitoral em outubro.” Editorial do O Globo.

” Só os caminhoneiros ganham. Caminhoneiros não têm hesitado em usar sua capacidade de mobilização para transformar autoridades sem coragem em reféns de suas reivindicações.” Editorial do Estadão.

“A tenacidade da imprensa. O jornalismo independente não se vergou quando foi atacado por forças muito mais poderosas. Não há de ser agora.”. Editorial do Estadão.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a sexta-feira, 17, em alta de 1,52%, a 118.478 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,67%, a R$ 4,16.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu