EUA se lançam na defesa ambiental; Butantan cobra governo sobre vacinas

Biden lança plano de US$ 2 tri contra mudança climática. Butantan cobra, mas governo não garante compra de vacinas. Governo avalia corte no imposto do diesel para atender caminhoneiros. Grandes empresas descartam aderir à compra de vacinas. Eleição no Congresso vai ditar reforma ministerial. 

Esses são destaques da grande mídia impressa, nesta quinta-feira, 28 de janeiro de 2021.

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano IV, Nº 810, de 28.01.2021

📃 *Manchetes do dia*:

“Biden lança plano de US$ 2 tri contra mudança climática. Proposta desestimula indústria petrolífera e cita proteção da Amazônia; maioria das medidas exige aval do Congresso” *Manchete de capa da Folha*.

“Butantan cobra, mas governo não garante compra de vacinas. Saúde diz ter até maio para adquirir aquisição de 54 milhões de doses. *Manchete de capa do O Globo*.

“Governo avalia corte no imposto do diesel para atender caminhoneiros. Categoria ameaça fazer greve a partir de 1º de fevereiro; Economia pede compensação” *Manchete de capa do Estadão*.

“Grandes empresas descartam aderir à compra de vacinas. Repercussão negativa na sociedade e divergências quanto ao percentual de doses que deverá ser doado ao SUS estão entre os motivos de recuo por parte de grupos como Vale, Itaú, Santander e Google” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Eleição no Congresso vai ditar reforma ministerial. O Palácio do Planalto entrou com força para decidir a eleição às Presidências do Senado e da Câmara, marcada para a próxima semana..” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

°”Dobrar o alcance. Há boas razões para adiar 2ª dose de vacinas contra Covid e atingir mais pessoas.” 

°”Rotina italiana. Em crise agravada por vírus, país pode trocar de governo pela 10ª vez desde 2000.”

_*O GLOBO*_. 

“Com falta de vacinas, é preciso reforçar prevenção do contágio. Alheio à disparada do número de infectados e mortos, país corre o risco de virar uma grande Manaus.” 

°”Paes acerta ao pôr ordem na casa e corrigir erros da gestão anterior. Prefeitura cancela samba em julho, anuncia negociação com Linha Amarela e prepara projeto para o Centro.” 

_*ESTADÃO*_

°”As urnas de 2018 e a altivez do Congresso. A altiva disposição do eleitor de renovar o Congresso em 2018 não merece ser convertida numa degradante vassalagem.”

°”Contas externas continuam seguras. Saldos permanecem confortáveis e a crise pouco afetou o total de reservas.” 

°”Hora de prestar contas. Eduardo Pazuello é um desastre, mas ele tem um chefe que nele manda e ao qual obedece.” 

°”Impacto da pandemia na arrecadação. Na crise da covid, não é improvável que muitas empresas tenham deixado de recolher tributos” 

_*VALOR ECONÔMICO*_

°“Os riscos de uma vacinação rápida ou de sua ausência. A pandemia não foi vencida e uma política monetária frouxa será mantida pelo tempo necessário.” 

_*CORREIO BRAZILIENSE*_

°“Confiança abalada. Não há como dissociar o ritmo da vacinação contra a covid-19 da retomada da economia. O entendimento é consenso entre empresários e investidores.” 

📈 *Bolsa de Valores*

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 27, em queda de -0,50%, a 115.882 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,50%, a R$5,40.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments